LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Tesla defende que acidente que levou duas pessoas à morte não foi causado por sistema Autopilot

27 de abril de 2021 24

Atualização (27/04/2021) - BB

A Tesla rebateu algumas informações divulgadas pela polícia do Texas, nos Estados Unidos, em relação a um acidente que supostamente teria sido causado por conta de uma falha no sistema Autopilot da montadora estadunidense.

Para relembrar, no dia 17 de abril, por volta das 21h no horário local, um veículo Tesla Model S de 2019 trafegava em alta velocidade em uma estrada no Texas quando perdeu o controle e colidiu com uma árvore. O forte impacto deu início a um incêndio nas baterias que demorou cerca de quatro horas para ser apagado. No acidente, dois homens, de 59 e 69 anos foram mortos.

Imagem: acidente levou à morte duas pessoas dentro de um Model S da Tesla.

Na ocasião, a polícia local informou que as investigações preliminares indicavam que não havia nenhum motorista no assento do motorista na hora do impacto e que o Model S era guiado apenas pelo sistema de piloto automático da Tesla.

Agora, após algumas análises conduzidas pela Tesla em conjunto com a Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário (NHTSA) e o Conselho Nacional de Segurança de Transporte (NTSB), essa declaração foi contestada. Lars Moravy, vice-presidente de engenharia de veículos da montadora rebateu que o volante do automóvel estava deformado de tal forma que indicava que havia alguém no banco do motorista no momento do impacto.

Além disso, Moravy explica que “todos os cintos de segurança estavam desafivelados após o impacto” e que o Autopilot só pode ser operado quando eles estão afivelados — análise que indica que o sistema de piloto automático da marca não estava ativo na hora do acidente.

Vale lembrar que, logo após o acidente, o CEO da empresa, Elon Musk, já havia se pronunciado sobre o assunto e declarou, na ocasião, que as investigações feitas até aquele momento indicavam que o Autopilot não estava ativado e que o proprietário do veículo sequer tinha comprado o recurso “Full Self-Driving”, que permite que o piloto automático da empresa seja utilizado em estradas locais.

Texto original (18/04/2021)

Um incêndio causado pela colisão de um carro da Tesla levou à morte de duas pessoas na região de Spring, no Texas. No momento do acidente, de acordo com as autoridades locais e conforme reportado pela mídia de Houston, o veículo não tinha nenhum motorista no assento do condutor do veículo elétrico.

Segundo as informações divulgadas pelo periódico KHOU de Houston, tudo aconteceu por volta das 21h do horário local – 23h em Brasília – e, até o momento, as autoridades ainda investigam a causa do acidente.

De acordo com as informações preliminares, o veículo andava a uma alta velocidade quando apresentou dificuldades para fazer uma curva, saiu da rodovia e colidiu com uma árvore. No momento do impacto, uma das vítimas estava no banco traseiro, enquanto a outra estava no assento do carona, sem nenhum condutor atento à direção.

As autoridades informam que os primeiros profissionais a responderem ao chamado utilizaram mais de 113,5 mil litros de água e levaram cerca de quatro horas para apagar o incêndio. Eles relatam que, apesar dos esforços, a bateria do automóvel continuava ligada.


Enquanto os bombeiros lutavam para conter o incêndio, as autoridades tentaram contatar a Tesla para obter ajuda sobre como diminuir o fogo, mas a empresa não respondeu. Apesar disso, a montadora já oferece um manual de auxílio para casos do tipo, no qual relata que o melhor a se fazer em momentos como este é deixar o fogo apagar sozinho do que tentar extingui-lo. A empresa justifica que as baterias dos carros continuam a ser ativadas mesmo durante um incêndio e, com isso, continua a armazenar energia, diferente de um motor movido à combustão.

No momento, pelo menos 23 acidentes relacionados ao sistema Autopilot da Tesla estão em investigação pela National Highway Traffic Safety Administration. No entanto, esse parece ter sido o primeiro com vítimas fatais em que não havia nenhum motorista na direção.

O modelo do carro envolvido no acidente não foi divulgado pela imprensa de Houston.

Orientação da Tesla

Apesar de oferecer uma solução de direção quase autônoma, a Tesla orienta que seus motoristas sempre fiquem atentos à direção, mesmo com o piloto automático ligado. No entanto, o único mecanismo disponível para confirmar que há alguém no volante é um sensor que mede o torque no volante – algo que dá espaço para possíveis usos indevidos.

Os engenheiros da empresa já orientaram quanto à necessidade de utilizar um método mais eficaz, como uma câmera com um sensor de olhos, mas a sugestão foi ignorada pelo CEO da empresa, Elon Musk. Como justificativa, o empresário destacou que essas alternativas são ineficazes.


24

Comentários

Tesla defende que acidente que levou duas pessoas à morte não foi causado por sistema Autopilot
  • Troca o título da matéria aí TC... Tá feio... E outra, mesmo que não houvesse piloto, que o dono tivesse comprado o pacote, que ele estivesse ligado, ainda tá errado, o piloto é um assistente, ele não dispensa o motorista.

      • The music tesla girl OMD.%uD83C%uDFB8%uD83C%uDFB6

          • Tem que comprar o autopilot à parte pra usar no Tesla? EA fez escola com DLCs

            • Possivelmente estavam namorando ou conversando sobre como o autopilot era incrível.

                • O carro bateu e pegou fogo! Ninguém se ateve a essa informação? As pessoas estavam erradas, mas olha o absurdo de uma porcaria de carro desses que pega fogo e não apaga tão cedo?

                    • Se seu medo é do que poder acontecer caso de errado, então se mata, pq viver já é sinônimo de morrer um dia.

                        • Todo carro elétrico vai ter esse risco, quando pega fogo nas baterias vai ser pior do que um carro a combustão

                            • É cara, mas aí tem que dar um jeito ou então parar de fabricar.
                              Não pode um carro bater e pegar fogo e ainda por cima ser impossível de apagar. Imagina num acidente normal o motorista ficar desacordado sem um ferimento mortal e morrer porque o carro pegou fogo? É inaceitável.

                                • Na verdade não é pior pq não explode, apenas, queima até acabar, os carros à combustão são piores pq podem explodir e o risco de morte é muito maior

                              • A regra é clara: sistema semi autônomo e o fabricante pede para que tenha um motorista atendo ao volante. Se o motorista não cumpre o que o fabricante pede, paciência.... Menos mal que não machucou nenhum pedestre ou alguém de outro carro.

                                • Humanos sem noção, deixar um carro sem motorista, parece suicídio

                                    • Agora vai ter que filmar pessoas dirigindo é isso? Obvio que não, Elon não esta errado, não da para se responsabilizar pelos erros dos outros, o que precisa é de conscientização, obrigar pessoas nunca é uma boa ideia, não precisamos de estado para atrapalhar, tenho certeza que empresas vão brigar para vender essa solução o que no fim vai ser mais barato que gastar milhões para fazer leis que acabam limitando possibilidades e desenvolvimento, as pessoas sozinhas decidem mais rápido quem merece o dinheiro delas e isso acaba mudando a conversa toda.

                                        • Errado. Tudo precisa de um certo limite. Nem todos entendem as coisas da mesma forma. Nem todos aprendem no mesmo ritmo ou tem as mesmas condições de compreensão. Sabendo disso, não podemos liberar tudo esperando que o ser humano faça tudo certo, que seguirá as leis, ordens ou entenda o que tem em suas mãos.

                                            • mas bastava um simples sensor de peso e calor no banco do motorista. se o piloto automatico nao funcionasse sem alguem no banco do motorista isso nao ocorreria. mas ele quer aparecer como pioneiro dos carros autonomos, vai ter que lidar com isso

                                                • ai alguem colocava uma garrafa termica de 5 litros cheia de agua fervendo em cima do banco.

                                                  eh o mesmo argumento de quem quer proibir armas de dogo, culpa o objeto pelo erro do ser humano. armas nao matam, homens matam

                                                  entao vamos proibir todos os carros porque ocorrem atropelamentos, garfos e facas porque acontecem assassinatos, e etc...

                                                  e viva a hipocrisia

                                                  ou entao vamos punir quem for irresponsavel e nao culpar a ferramenta pelo erro do dono.

                                                    • mula burra, o sensor seria o mesmo que reconhece o cinto de segurança. ele nao reconhece qualquer objeto. se nao for uma pessoa mesmo, fica instavel
                                                      ele quer ir pra marte, nao vai ter um sensor que se certifique que tem uma pessoa no banco?????

                                                      e sobre as armas, eu penso o seguinte: vamos acabar com as leis. viver num mundo sem regras. cada um se defende como pode e se eu nao gostar de vc eu dou dou um jeito de tirar do meu caminho. la vc pode ter suas armas, mas nao vai ter seus privilegios pra defender seu rabo de um nabo enorme. cresce seu bosta

                                                      • Você mesmo disse: arma não dispara sozinha, o homem é quem puxa o gatilho. Correto até aqui?

                                                        Pois bem... Se sabemos dessa deficiência humana, temos que limitar o mesmo. Seja dando colher pra quem não sabe usar garfo e faca, não dar direito ao porte de arma e não vender esse tipo de Tecnologia pra qualquer um.

                                                        Nós não estamos preparados para muita coisa. Devemos trabalhar melhor nossa consciência e condições psicológicas. Amadurecimento, educação e compreensão de nossas deficiências, isso tem que ser levado em consideração.

                                                        • O problema é a quantidade de gente cometendo esse erro, a justiça não daria conta de julgar todos os casos ao mesmo tempo%uD83E%uDD14 já demora pra jungar o que tem imagina com um monte de gente cometendo esse erro que todo mundo sabe que não vai terminar bem

                                                      Android

                                                      Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

                                                      Android

                                                      Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

                                                      Android

                                                      Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

                                                      Android

                                                      Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020