LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

OnePlus Nord 2: carregador explode após três smartphones entrarem em combustão

29 de setembro de 2021 88

Atualização (29/09/21) - JB

Ao que tudo indica, a OnePlus está cada vez mais próxima de enfrentar uma grande crise de imagem após o lançamento do Nord 2. Isso porque, além dos três casos onde o smartphone simplesmente entrou em combustão, agora temos outra situação que chama a atenção.

De acordo com relatos do usuário Jimmy Rose, o seu carregador Warp simplesmente explodiu enquanto estava conectado à tomada. Ele chegou a postar duas fotos no Twitter para comprovar o estrago feito no carregador e também na tomada da sua casa.

Mesmo assim, ninguém ficou ferido e o Nord 2 saiu ileso do sinistro.

Segundo relatos do próprio usuário, ele estava carregando o smartphone durante uma tempestade na cidade indiana de Kerala. Isso possivelmente provocou a explosão.

Comentando o assunto, a OnePlus reconheceu o problema e pediu que Rose levasse seu smartphone e carregador ao centro de reparo. A empresa deu um novo carregador ao rapaz e recomendou que o público siga todas as instruções de segurança do manual.

Os carregadores OnePlus contêm capacitores integrados que controlam e armazenam energia. Neste caso, após uma análise completa, os capacitores permaneceram intactos, concluindo que a explosão foi causada por fatores externos, como flutuações de tensão.

Vale lembrar que a empresa segue sendo processada por outra explosão.


Atualização (21/09/2021) - FM

OnePlus é processada por vítima de explosão do Nord 2; fabricante volta a negar acusações

Após o lançamento do promissor OnePlus Nord 2, a fabricante não esperava enfrentar os múltiplos relatos de explosão do celular. Foram três casos de combustão em pouco mais de dois meses e, na última reportagem, a vítima foi o advogado indiano Gaurav Gulati, que resolveu processar a empresa.

Nesta terça-feira (21), a companhia respondeu ao autor do processo com uma carta de cease and desist, solicitando que o advogado retire suas queixas e afirmando que as acusações são "depreciativas" e "difamatórias".


Contextualizando, em agosto, um usuário indiano relatou que sua esposa sofreu um acidente devido à explosão de seu OnePlus Nord 2. A fabricante negou defeitos de fabricação e alegou que o incidente ocorreu devido a “fatores externos”. Uma semana depois, um novo relato emergiu na Índia e, no dia 10 de setembro, o mesmo ocorreu com Gulati.

O advogado se recusou a enviar o dispositivo acidentado à fabricante e prontamente decidiu mover uma ação judicial contra a mesma, mas em nota, a chinesa confirma que “emitiu um aviso de cessar e desistir ao indivíduo em causa” e que “seguirá os procedimentos legais adequados para resolver a questão”.

A OnePlus reforça que o autor se recusou a fornecer qualquer prova do dano e voltou a afirmar que as imagens divulgadas pela vítima sugerem que houve alguma força externa aplicada à bateria.

A carta da fabricante, agora, solicita que Gulati remova todas as publicações sobre o caso de suas redes sociais e não publique novas acusações em seu Twitter. Além disso, é requerido um pedido escrito de desculpas pelas declarações. Por ora, o autor do processo não se manifestou publicamente.

Atualização (10/09/21) - JB

OnePlus Nord 2 explode pela terceira vez na Índia e vítima resolve processar fabricante

E aconteceu mais uma vez: uma unidade do OnePlus Nord 2 explodiu novamente e acendeu o sinal de alerta entre os consumidores na Índia. No entanto, desta vez a fabricante chinesa vai ter uma longa batalha judicial pela frente, uma vez que a vítima resolveu processar a empresa.

O incidente aconteceu com o advogado Gaurav Gulati, sendo que o seu Nord 2 entrou em combustão instantânea quando estava dentro do bolso do seu paletó. Segundo a vítima, o caso aconteceu dentro de um tribunal, sendo que o smartphone tinha 90% de bateria.

O smartphone não estava sendo usado e o ambiente até tinha ar condicionado. Gulati afirma que a explosão pegou todos os membros da corte de surpresa e a fumaça assustou todos os presentes na audiência.

Veja abaixo que o smartphone ficou completamente destruído.

Segundo o pessoal do MySmartPrice, a OnePlus entrou em contato com Gulati após ele postar o relato no Twitter. A empresa solicitou o envio do smartphone para que uma análise fosse feita no hardware destruído.

Contudo, Gulati resolveu que vai enfrentar a empresa nos tribunais indianos. Por isso, ele se recusou a seguir as orientações da fabricante chinesa.

Processo contra a OnePlus

Além de não enviar o Nord 2 danificado para a OnePlus, o advogado solicitou uma perícia oficial por parte da polícia. Na ação movida contra a fabricante, Gulati exige uma liminar para proibir a venda do smartphone na Índia.

O advogado diz que sofreu diversas queimaduras na altura do estômago, mas a OnePlus "se demonstrou insensível".

Gulati também pede que o tribunal obrigue a OnePlus a recolher todas as unidades já vendidas do Nord 2. A intenção é que todos os aparelhos passem por testes que garantam a sua segurança.

Já decidimos ajuizar uma ação de indenização contra a empresa no tribunal de justiça. Se eles estiverem prontos para compensar, eles podem fazer um acordo por escrito em domínio público ou iremos buscar conforme a lei e pedir que descontinuem o dispositivo OnePlus Nord 2 5G, com efeito imediato.

A fabricante respondeu que está disposta a fazer uma análise do smartphone na presença da vítima, mas ele se recusa a negociar.

. Levamos cada reclamação como esta muito a sério por preocupação com a segurança do usuário. No entanto, apesar de várias tentativas de analisar o dispositivo, incluindo uma visita às instalações hoje cedo para examiná-lo na presença do indivíduo, ele até agora nos negou a oportunidade de realizar um diagnóstico adequado. Nessas circunstâncias, é impossível para nós verificarmos a legitimidade desta reclamação ou atender às demandas de indenização do indivíduo.

Atualização (10/08/21) - EB

OnePlus Nord 2 explode novamente na Índia após fabricante negar defeitos em celular

O OnePlus Nord 2 chamou muita atenção recentemente por um caso onde o celular explodiu na bolsa de uma usuária indiana. Logo depois, a fabricante analisou e afirmou que o caso ocorreu por fatores externos, mas agora mais uma unidade do OnePlus Nord 2 explodiu, dessa vez envolvendo um oficial do governo indiano.

O relato vem do usuário Shubham Srivastava, onde ele utilizou a sua conta do Twitter para afirmar que o OnePlus Nord 2 5G de seu pai, que é funcionário do governo indiano, também explodiu.

Infelizmente o usuário não publicou imagens para provar que o incidente de fato ocorreu, mas felizmente ele afirma que seu pai não se machucou, pois não estava segurando o smartphone no momento.

Imagem: GizmoChina

A OnePlus ainda não comentou o novo caso de explosão envolvendo o Nord 2 5G, mas este pode ser o segundo caso envolvendo o mesmo celular, o que certamente deixa muitas pessoas alertas sobre o que está ocorrendo com este smartphone, o que nos lembra dos casos com o Galaxy Note 7 da Samsung. Esperamos que não vejamos casos semelhantes novamente, pois este seria um enorme problema para a OnePlus.

Atualização (04/08/21) - JB

OnePlus diz que Nord 2 explodiu devido a "fatores externos" e nega defeito de fabricação

Após a repercussão global da explosão do Nord 2 com apenas cinco dias de uso, a OnePlus investigou o caso e divulgou uma nota oficial nesta quarta-feira (4). A chinesa explica que o problema teve origem em "fatores externos", e não está associado a defeitos de fabricação.

Nossa maior prioridade é a saúde e segurança de nossos clientes. Entramos em contato com o usuário em questão imediatamente após ouvir sobre este incidente e iniciamos uma investigação interna completa. Os resultados indicam que o dano a este dispositivo foi devido a um incidente isolado envolvendo fatores externos, e não devido a qualquer problema de fabricação do produto. No entanto, continuamos em contato próximo com esse usuário e oferecemos nosso suporte para tratar de suas preocupações e garantir seu bem-estar.

Gostaríamos de garantir aos nossos clientes que nossos produtos passam por testes completos de qualidade e segurança, incluindo vários níveis de testes de pressão e impacto, para garantir que eles permaneçam seguros para uso.

A empresa não esclareceu que tipo de suporte foi fornecido à mulher que viu seu aparelho entrar em combustão, e tampouco esclareceu quais seriam os "fatores externos" que influenciaram no acidente.

Smartphone ficou completamente destruído após o acidente.

Texto original (02/08/21)

OnePlus Nord 2 explode em bolsa de mulher na Índia; fabricante investiga o problema

Lançado recentemente, o novo OnePlus Nord 2 já está sendo usado pelos primeiros consumidores que compraram o dispositivo na pré-venda. Contudo, de acordo com um usuário indiano, a experiência com o smartphone não foi das melhores.

Ankur Sharma usou o Twitter para relatar que o Nord 2 simplesmente entrou em combustão dentro da bolsa de sua esposa. Isso aconteceu enquanto ela pedalava de bicicleta:

Hoje de manhã, por volta das 6h IST, minha esposa saiu para andar de bicicleta com seu novo OnePlus Nord 2 (5 dias de uso) na sua bolsa. De repente, o telefone explodiu e começou a sair fumaça dele. Devido a isso (explosão), ela sofreu um acidente. Ela está traumatizada após este incidente.

As fotos postadas por Ankur mostram que esse é mais um caso onde a bateria se tornou a grande vilã. O smartphone está completamente destruído e irreconhecível. Com a repercussão do caso no Twitter indiano, a OnePlus respondeu:

Olá, Ankur. Estamos muito ansiosos para ouvir sobre sua experiência. Estamos profundamente preocupados e queremos compensar você. Solicitamos que você nos envie uma mensagem direta para que possamos fazer as pazes e resolver o problema para você.

Pouco tempo depois, Sharma voltou ao Twitter para informar que o caso estava sendo resolvido e que a OnePlus deve investigar o que causou o problema.

Cabe lembrar que o Nord 2 tem bateria muito maior que a do seu antecessor. Além disso, o dispositivo traz suporte para carregamento rápido de 65W, que faz o celular ir de zero a 70% em meia hora.

O OnePlus Nord 2 5G ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

88

Comentários

OnePlus Nord 2: carregador explode após três smartphones entrarem em combustão
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas