LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Política do Google para banir anúncios de aplicativos espiões não está funcionando, diz MIT

13 de maio de 2022 0

No último trimestre do ano passado, o Google anunciou um enorme esforço para encontrar e remover tanto aplicativos quanto anúncios denominados "stalkerware", categoria usada para designar aplicações cujo foco é monitorar secretamente a navegação do usuário no smartphone e, posteriormente, enviar os dados ao destinatário.

Embora não despertem muita atenção, esses aplicativos maliciosos são um grande risco à privacidade e segurança de todo o sistema operacional, pois podem coletar dados sensíveis como histórico de chamadas, localização, mensagens, teclas digitadas e outras informações que podem ser exploradas por cibercriminosos.

Conforme apurado pelo MIT Technology Review, revista do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, o Google está falhando em combater a presença de anúncios stalkerware no Android, exibindo nos resultados de pesquisa propagandas que recomendam aplicativos espiões.

Ao que tudo indica, ao buscar por termos como "ler conversas da namorada", "rastrear localização do namorado", etc. o Google Search retorna com anúncios que apontam para softwares espiões, classificação que viola os termos de uso da plataforma e, consequentemente, não pode ser veiculada ao buscador — exceto para apps destinados ao controla parental.


Segundo informações do MIT Technology, desenvolvedores maliciosos se aproveitam da brecha na política do Google para anunciar serviços focados ao monitoramento infantil, mas comprando publicidade que tem como público-alvo adultos que pesquisam por formas de espiar outras pessoas.

Em nota enviada ao instituto, o Google afirma que "não permitimos anúncios que promovam spyware para vigilância de parceiros. Revisamos os anúncios em questão e estamos removendo aqueles que violam nossa política" e conclui reforçando seu compromisso em retirar esses apps e anúncios.

Veja também

Na sua opinião, o Google está muito atrás da Apple no quesito privacidade? Conta pra gente, comente!


0

Comentários

Política do Google para banir anúncios de aplicativos espiões não está funcionando, diz MIT
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas