LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Proteção do DuckDuckGo agora se estende aos scripts da Microsoft

05 de agosto de 2022 3

Atualização (05/08/2022) - HA

Após polêmica de rastreamento de endereços IP de usuários que acessam domínios da Microsoft, o navegador DuckDuckGo anunciou recentemente que irá garantir a privacidade até mesmo contra scripts da big tech. O navegador já tinha proteção de carregamento de rastreador e bloqueava scripts do Facebook e Google, mas agora a medida se estende para o domínio de Bing e LinkedIn.

O pesquisador de segurança chamado Zach Edwards apontou a exclusão após auditar as reivindicações de privacidade do navegador. Na época, o CEO da DuckDuckGo, Gabe Weinberg, disse que havia um acordo de distribuição de pesquisa com a Microsoft, o que contradizia o slogan “rastreamento é rastreamento” da empresa — que chegou a criticar a tecnologia de anúncios “sandbox de privacidade” do Google.

“Eu ouvi de vários usuários e entendo que não atendemos às suas expectativas em relação a uma das proteções de rastreamento da web do nosso navegador

Gabe Weinberg, CEO da DuckDuckGo

Deste então, o DuckDuckGo garantiu que seria mais transparente em relação aos rastreadores e extensões do navegador, oferecendo informações sobre proteções de rastreamento dos usuários e disponibilizando as listas de bloqueio de rastreadores. Ao The Verge, o vice-presidente de comunicações da empresa, Kamyl Bazbaz, afirmou que os scripts da Microsoft já estavam sendo bloqueados nas outras proteções do navegador.

Ele alegou que, desde a nova atualização, a empresa realizou um teste para saber quantos bloqueios estão sendo realizado, com base em 1.000 sites, e descobriram que foi apenas 0,25%. A única restrição que o navegador não consegue bloquear é para o endereço bat.bing.com em que os scripts são carregados diretamente depois que um usuário clica em um dos anúncios de pesquisa do DDG.

A plataforma DuckDuckGo direciona seus principais esforços para combater os perfis de publicidade do Google e da Netflix, que coletam muitos dados dos usuários com seus produtos.

O DuckDuckGo, um dos mecanismos de busca que prometem mais privacidade aos usuários, foi descoberto coletando dados e rastreando endereços IP de pessoas que acessam domínios da Microsoft — como o Bing e o LinkedIn — devido a um acordo firmado com a empresa.

As informações foram descobertas na segunda-feira (23) por Zack Edwards, pesquisador de privacidade. Segundo ele, o navegador até bloqueia rastreadores de sites como o Google e Facebook, mas há uma espécie de “contrato de exclusividade” com a Microsoft, permitindo que a big tech rastreie usuários e envie anúncios personalizados.

(Imagem: Reprodução)

Isso significa que a Microsoft ainda pode ter acesso aos dados da navegação tida como “privada” pelos usuários do DuckDuckGo. Edwards divulgou uma prova de conceito em seu perfil no Twitter. Ao visitar um site do Facebook — o Workplace, por exemplo — os únicos rastreadores permitidos são relacionados aos domínios do LinkedIn e Bing.

Ao expor o caso em sua rede social, o especialista recebeu o parecer de Gabriel Weinberg, CEO da DuckDuckGo. O executivo afirma que não associa os dados coletados para identificar os usuários, mas não pode impedir que a empresa tenha acesso ao comportamento dos indivíduos na web devido ao seu acordo.

O CEO reitera ainda que a política é válida somente no navegador, e não no mecanismo de busca. “Infelizmente, nosso acordo de sindicância de pesquisa com a Microsoft nos impede de fazer mais [contra] as propriedades da Microsoft”, comenta.

A DuckDuckGo é transparente quanto ao seu contrato com a Microsoft, mas obviamente esses detalhes não tiveram recepção positiva entre os usuários ao serem expostos. Alguns se mostraram pouco impressionados, uma vez que o mecanismo de buscas da DuckDuckGo utiliza os resultados encontrados através do Bing.

Nós temos parcerias com diferentes fontes de informação para entregar a Busca do DuckDuckGo (anúncios da Microsoft e mapas da Apple, por exemplo). [...] A Microsoft e DuckDuckGo firmaram acordo para entregar uma solução de pesquisa que leva anúncios relevantes enquanto protege sua privacidade. Se você clicar em um anúncio fornecido pela Microsoft, você será redirecionado. Nesse ponto, o Microsoft Advertising utilizará seu endereço de IP e string de agente de usuário para processar o clique e cobrar a taxa do anunciante.

DuckDuckGo

A empresa diz que intervirá para dar uma descrição mais clara de sua política, mas o caso não deixa de levantar dúvidas quanto à promessa de privacidade de outros navegadores. Por sinal, a DuckDuckGo está desenvolvendo uma versão do navegador para Windows, mirando rivalizar com o Brave, que também promete transparência e segurança na navegação.

"Sempre fomos extremamente cuidadosos para nunca prometer anonimato ao navegar, porque isso francamente não é possível, dada a rapidez com que os rastreadores mudam a forma em que trabalham para escapar das proteções e ferramentas que oferecemos”, comenta a DuckDuckGo.

DuckDuckGo

Desenvolvedor: DuckDuckGo

Grátis

Tamanho: Varia de acordo com o dispositivo


3

Comentários

Proteção do DuckDuckGo agora se estende aos scripts da Microsoft
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas