LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Mais uma! Fast Shop ficou fora do ar depois de ataque cibernético; sistema foi restabelecido

23 de junho de 2022 0

Atualização (23/06/2022) por LL

Assim como outras grandes lojas brasileiras, incluindo Americanas, Submarino, Shoptime e até MercadoLivre, as plataformas da Fast Shop ficaram fora do ar na última quarta-feira (22) após ser atacada por hackers.

Até então a razão por trás da instabilidade no site não passava de uma suposição, mas a Fast Shop confirmou nesta quinta-feira (23) que a causa foi um ataque hacker. A empresa acionou medidas de segurança e, por esse motivo, o site e o app da companhia ficaram indisponíveis temporariamente.

Em um comunicado oficial divulgado no Facebook, a Fast Shop informou que "identificou uma tentativa de acesso não autorizado aos sistemas da companhia" e que não houve danos aos dados dos clientes. Além disso, a empresa alega que o sistema já foi restabelecido.

Confira o comunicado completo abaixo:

Imagem: Divulgação/Fast Shop no Facebook

No final de fevereiro deste ano, os sites Americanas, Submarino e Shoptime ficaram por dias fora do ar por conta de um ataque hacker. Em março, o Mercado Livre também teve seu banco de dados invadidos em um ataque.

Quando tudo parecia calmo, eis que a Fast Shop também ficou fora do ar esta semana ao ser supostamente atacada.

Na última quarta-feira (22), a varejista Fast Shop parece ter sido alvo de um ataque hacker que envolveu até mesmo suas redes sociais. Além do site e do aplicativo da rede terem ficado fora do ar, o perfil oficial da marca no Twitter fez publicações que indicavam que os hackers tiveram acesso a alguns terabytes do VCenter e de diversos outros serviços usados pela rede, incluindo AWS, Azure, GitLab e IBM.

Os hackers revelaram que os dados obtidos incluem o código-fonte da plataforma, informações de funcionários, clientes e outros dados corporativos, finalizando a publicação com a mensagem "ficaremos felizes em negociar com vocês para prevenir o vazamento desses dados e em ajudá-los a resolver os problemas."

Até o momento, a Fast Shop não se pronunciou sobre o assunto, mas os serviços da rede parecem estar voltando ao ar de forma gradativa, com o site abrindo lentamente e com alguns erros.

Você costuma comprar muito em lojas pela internet?


0

Comentários

Mais uma! Fast Shop ficou fora do ar depois de ataque cibernético; sistema foi restabelecido
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas