LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Xiaomi se manifesta após Redmi Note 5 Pro explodir e matar criança de 8 anos

27 de abril de 2023 18

Atualização (27/04/23) - JB

Após grande repercussão da explosão de um Redmi Note 5 Pro que resultou na morte de uma criança de oito anos na Índia, a Xiaomi emitiu uma nota oficial sobre o assunto.

Na Xiaomi Índia, a segurança do cliente é de extrema importância, e levamos esses assuntos extremamente a sério. Estamos com a família neste momento de dificuldade e esperamos apoiá-los de qualquer maneira possível. O assunto está sendo investigado. Trabalharemos com as autoridades para determinar a causa real do incidente e as apoiaremos de qualquer maneira necessária.

A empresa também está movendo uma investigação técnica para determinar a causa da explosão do smartphone, mas ainda não está claro se o resultado será divulgado publicamente.

Segue abaixo a matéria original.

Texto original (25/04/23)

Xiaomi Redmi Note 5 Pro explode e mata criança de 8 anos na Índia

Em outubro de 2022 noticiamos o caso de uma criança que faleceu com a explosão de uma bicicleta elétrica na Índia e hoje temos mais um triste acontecimento, desta vez envolvendo um Xiaomi Redmi Note 5 Pro que explodiu e matou uma criança de 8 anos no mesmo país, que já viu diversos acontecimentos similares.

Segundo o portal GizmoChina, a explosão ocorreu em 24 de abril às 10h30 no horário local da Índia na cidade de Thiruvilwamala, em Thrissur, Kerala, quando a menina chamada Adithyashree estava com o celular na mão. O relato da investigação forense diz que o smartphone não estava carregando e explodiu repentinamente.

Redmi Note 5 Pro. Imagem: Xiaomi

Infelizmente Adithyashree não sobreviveu aos ferimentos graves causados pela explosão, que resultaram em queimaduras na face e cortes e fraturas na mão direita que estava segurando o celular.

Ashok Kumar, pai da menina de 8 anos, diz que a avó da criança estava em casa quando o celular explodiu. Segundo ele, a menina estava usando o celular para jogar ou assistir vídeos na cama sob o cobertor quando a avó ouviu uma explosão.

A Xiaomi ainda não se pronunciou a respeito do ocorrido, mas a polícia local segue investigando para determinar o que pode ter causado a explosão do celular, pois a morte de Adithyashree comoveu muito a comunidade local, principalmente os estudantes da Christ New Life School em Thiruvilwamala, onde a menina estudava.


18

Comentários

Xiaomi se manifesta após Redmi Note 5 Pro explodir e matar criança de 8 anos
  • Sempre na Índia, sempre o mesmo problema.

    Índia = altas temperaturas.
    Bateria antiga = bomba.

      • Sempre na Índia.
        Algo de errado não está certo.

          • A maioria dessas explosões tem um componente em específico que tem uma vida útil extremamente baixa: a bateria. Já está mais que na hora de abandonarmos o padrão íon de lítio com cobalto para armazenar energia. Mas não... As empresas não querem tomar prejuízo, mesmo que isso custe vidas no processo.

              • Mas existem bilhões de aparelhos em utilização, sendo recarregados diariamente, e as notícias de explosões (no mundo todo) são pouquíssimas.

                Se fossemos falar em percentual, seria algo irrisório, pois estimasse que existam 8 bilhões de smarphones no mundo atualmente, e mesmo que acontecessem 100 explosões em 1 ano (o que não temos notícias de tanto), seria algo como 0,00000125%.

                Além disto, quase sempre, quando se vai apurar as causas da explosão, foi em razão da utilização de carregadores inadequados (falsificados ou com potência indevida para o aparelho). São ainda mais raros os casos de real falha na bateria especificamente.

                E mesmo nos casos mais raros do mundo, onde se fale em falha da própria bateria, é defeito de fabricação (pontuais) ou de projeto (Galaxy Note 7, por exemplo), jamais se falando em defeito da tecnologia Li-Ion.

                É claro que toda vida é importante e fatos como esse que aconteceu são lamentáveis e devem ser evitados a todo custo, assim como é um fato que as fabricantes fazem todo o possível para reduzir os custos dos aparelhos. Mas acho que sua observação foi equivocada, não é culpa da fabricante nesse caso.

                • F pra criança

                    • xing ling é assim mesmo mas vão culpar o usuário e a criança por mal uso.

                        • %uD83D%uDE25

                            • Se fosse um iPhone iriam querer preservar a Marca.

                              • Há alguns dias atrás, sexta feira se eu não me engano, uma colega minha postou algumas fotos do Redmi note 8 da mãe que explodiu enquanto carregava. A bateria simplesmente entrou em combustão, na foto dava para ver as folhas de metal que possui dentro bateria expostas e carbonizadas. O celular estava em cima da cama que acabou pegando fogo também. A sorte foi que elas estavam em casa e elas conseguiram apagar o fogo

                                  • nunca o termo bomba foi tão fiel.. BOMBAS XING LING.

                                      • Aprendiz de Galaxy Note 7, a maioria das marcas "famosas" já tiveram casos de combustão espontânea de seus dispositivos

                                          • não se esqueça do Samsung Note 7 ein..

                                            esse sim era uma verdadeira bomba viu..

                                              • Pelo menos ela admitiu o erro, recolheu td de volta... a xiaomi vai colocar N desculpas e dizer que foi culpa da pessoa

                                                  • Era um Note 5, mano... Esse celular nem era mais pra existir. Já lançaram o Note 12...

                                                      • Cara esse Redmi note 5 pro e de 2018, a bateria já pelo tempo, provavelmente estava bem desgastada...
                                                        Já os Galaxy eles explodiam do nada quando novos, até foi proibido em vários lugares o uso do smartphone em vôos de grandes empresas de aviação, a Samsung não reconheceu o problema de início, quando um monte de incêndio aconteceu ela, primeiro queria fazer recall branco, mas depois viu que o único jeito era recolher e tirar o modelo de linha...
                                                        Esse Xiaomi e antigo..E nem chega perto do problemão que a Samsung colocou no mercado..

                                                  Economia e mercado

                                                  Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

                                                  Android

                                                  Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

                                                  Android

                                                  Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

                                                  Windows

                                                  Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos