LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Entalhe em tudo? Patente da Apple volta a sugerir desbloqueio facial com Face ID no iMac e MacBook

15 de agosto de 2023 0

A Apple sempre bateu na mesma tecla afirmando que seus notebooks e desktops não devem receber o Face ID, recurso que utiliza a biometria facial do usuário para desbloquear o sistema, realizar pagamentos, entre outras funções do iPhone. Contudo, uma nova patente reacende as especulações de que essa ferramenta conveniente pode, de fato, chegar ao Mac.

Conforme descoberto pelo Patently Apple nesta terça-feira (15), a fabricante registrou uma patente que descreve um “módulo de reconhecimento de luz para determinar um usuário de um dispositivo de computação”. Curiosamente, a detecção de luz é um dos mecanismos do Face ID que permite detectar os traços únicos do rosto do usuário de um iPhone.

(Imagem: USPTO)

O documento explica que essa tecnologia seria utilizada em dispositivos móveis, portanto, supõe-se que a primeira aplicação ocorreria no MacBook. Essa possibilidade é corroborada pelos esboços incluídos na descrição da patente, que mostra notebooks com um entalhe muito parecido com o visto nas telas das gerações mais recentes de MacBook Air e Pro.

Com o Face ID, o MacBook poderia adquirir uma experiência mais fluida ao desbloquear o sistema e realizar pagamentos on-line, além de aproveitar melhor a área do entalhe que abriga sua webcam. Bastaria que o usuário abrisse o notebook e olhasse para o sistema de câmeras para se autenticar sem precisar inserir sua impressão digital no sensor do Touch ID.

(Imagem: USPTO)

Observando as ilustrações da patente, é possível deduzir que o iMac — o computador all-in-one da Apple — seria mais um produto da marca com o famigerado “notch”, isto é, o recorte na tela que sofre críticas devido ao espaço ocupado desde o lançamento do iPhone X.

A patente não confirma, necessariamente, que a Apple esteja preparando o lançamento um MacBook com Face ID, portanto, ainda não há previsão de estreia dessa tecnologia nos desktops e notebooks da marca.

Como o Face ID funcionaria no Mac?

A patente descreve o uso de um sistema de câmera alternativo ao TrueDepth do iPhone, uma vez que o espaço disponível para aplicar sensores próximos à tela do notebook é pouco suficiente. Com isso, a Apple planeja desenvolver mecanismos menores, mas igualmente eficientes para garantir a segurança do computador.

Esse sistema teria um projetor de pontos de luz que é capaz de emitir um padrão predeterminado de luz em direção à face do usuário na frente da tela, a fim de criar um mapa de profundidade da superfície de seu rosto.

Esse funcionamento é parecido com o Face ID, que já está disponível em vários celulares da marca lançados desde 2017. Ao longo do tempo, a Apple tentou reduzir o espaço ocupado pelo entalhe que abriga os sensores da câmera TrueDepth, e o resultado mais eficiente até o momento é a Ilha Dinâmica do iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max.

Caso o entalhe não seja viável para alguns computadores, a big tech também descreve a possibilidade de inserir os sensores de profundidade do Face ID na Touch Bar, uma pequena tela sensível ao toque localizada acima do teclado do MacBook Pro de 13 polegadas, embora esse modelo esteja cada vez menos evidenciado no portfólio da Apple.

Veja mais!


0

Comentários

Entalhe em tudo? Patente da Apple volta a sugerir desbloqueio facial com Face ID no iMac e MacBook
Economia e mercado

Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos