LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

INSS não divulgou vazamento de dados de aposentados ocorrido em 2022

24 de junho de 2024 2

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) confirmou a ocorrência do vazamento de dados pessoais de pensionistas e beneficiários sociais atrelados ao órgão previdenciário. O caso teria ocorrido em 2022 e hackers podem ter tirado proveito das informações para cometerem crimes.

Falando ao jornal Folha de São Paulo, o presidente do instituto – Alessandro Stefanutto – que afirmou que a ocasião levou à descontinuação do Sistema Único de Informações de Benefícios (Suibe) no começo de maio, efetivamente paralisando a produção de informações estatísticas relacionadas à Previdência Social.

Veja também

De acordo com Stefanutto, o problema residiu no fato de que, durante o período quando ocorreu o vazamento, o INSS havia estocado um alto volume de senhas concedidas a usuários e serviços externos – essa “terceirização” nunca havia sido revisada, ainda que viesse ocorrendo há décadas.

O Suibe mantinha as descrições e informações de beneficiários do INSS, com um volume bem aprofundado de detalhamento (se o beneficiário recebia aposentadoria ou vale-doença, por exemplo), bem como valores expressos, reajustes e datas pertinentes.

Ainda pela Folha, todas essas informações são uma mina de ouro para cibercriminosos, que podem usá-las para cometer ações fraudulentas em nome das vítimas. O INSS não confirmou se houve alguma ocorrência do tipo que tenha decorrido deste vazamento de 2022, mas a Folha cita diversos relatos de cidadãos que alegam terem empréstimos consignados retirados em seus nomes – as datas desses relatos se sobrepõem ao vazamento, o que indica que sim, cibercriminosos se aproveitaram da falha em algum momento.

Hackers podem ter usado dados de beneficiários do INSS em caso de vazamento ocorrido em 2022

"Uma fonte de vazamento, provavelmente, era lá, porque as pessoas roubam a senha dos outros. Alguém também decidiu ceder ao crime organizado”, disse Stefanutto à Folha. “Daí vende isso para as financeiras, provavelmente. Por isso o cara liga para vender empréstimo consignado. Arranjou o telefone, arranjou tudo, porque lá tem dados cadastrais das pessoas.

O presidente do INSS vê essa relação em um embasamento estatístico: segundo ele, até maio, o volume de reclamações de empréstimos consignados não reconhecidos era de 903 ocorrências por mês. Em maio, quando o Suibe foi suspenso, esse número caiu – quase que imediatamente – para 405, após um recuo para 533 em abril, quando o INSS começou o processo de suspensão.

A parte da terceirização pode parecer irresponsável, mas na verdade é um aspecto bastante importante para a União: ao liberar essas informações para outros ministérios, o INSS assegura isonomia de dados em diversas ações. A Folha citou como exemplo a Advocacia Geral da União (AGU), que usa dados do Suibe para defender o governo federal em ações judiciais movidas contra ele.

Pense assim: você trabalha em algum órgão governamental que usa dados do Suibe. Então lhe é concedido um acesso pertinente à sua posição. Posteriormente, por qualquer motivo, você sai do órgão – mudança de emprego, exoneração, por exemplo. Esse acesso que você tinha não necessariamente era revisto – esta é a parte da vulnerabilidade, segundo o entendimento do presidente.

O Suibe também é o pilar central de informações estatísticas para o para a produção do Boletim Estatístico da Previdência Social (Beps), que o INSS divulga todo mês, com atualizações sobre benefícios e concessões que o órgão paga. O boletim não é atualizado desde fevereiro de 2024.


2

Comentários

INSS não divulgou vazamento de dados de aposentados ocorrido em 2022
  • É a omissão do amor %uD83D%uDC46%uD83C%uDFFD

      • É mesmo né, o vazamento ocorreu em 2022, quem era o presidente era o Bolsonaro, então onde o Lula tem culpa nisso, lembrando que o mito vinha simplesmente sucateando os órgãos federais, então quando for comentar leia a matéria e não passa vergonha tentando impor ao atual presidente.

        Economia e mercado

        Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

        Android

        Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

        Android

        Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

        Windows

        Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos