LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Snowden releva programa de espionagem "Smurfs" que permite à GCHQ controlar smartphones

07 de outubro de 2015 5

A BBC relatou um alerta de Edward Snowden de que a GCHQ, agência de espionagem do Reino Unido, tem a capacidade de invadir smartphones com mensagens de texto criptografadas e ganhar "controle total" do dispositivo.

Segundo o delator, existe uma uma coleção de programas de espionagem, chamada "suíte Smurf", que a agência pode usar para invadir os telefones de suspeitos de terrorismo. Snowden disse que o acesso pode ser obtido pelo envio de uma mensagem de texto criptografado e assim usar o aparelho para coisas como tirar fotos e escutar conversas.

Uma dessas ferramentas é chamada de "Dreamy Smurf", e permite que o GCHQ possa ligar telefones celulares sem o usuário saber. Há também "Nosey Smurf", que pode ser usado para ligar o microfone do telefone. Outra ferramenta na "suíte Smurf" do GCHQ é "Tracker Smurf". Ele pode ativar o recurso de geolocalização do smartphone, que permite que agências de inteligência possam rastrear com precisão a localização do usuário.

Um dos programas da suíte da GCHQ é voltado para proteger o sistema de invasão de alvos que detectam algo errado. É chamado de "Paronoid Smurf". Se um usuário suspeitar que algo está acontecendo com seu smartphone e tentar inspecioná-lo, o Paronoid esconde o software espião da GCHQ.

Snowden explicou ainda, como mencionado no início da matéria que a GCHQ ganha acesso a smartphones com uma mensagem de texto simples.

É chamado de 'exploit'. Essa é uma mensagem especialmente criada que manda um texto para o seu número como qualquer outra mensagem de texto, mas ele chega ao seu telefone escondido de você. Ele não será exibido. Você paga [pelo telefone], mas a pessoa que controla o software se torna o dono do aparelho

Uma vez a GCHQ ganha acesso ao aparelho de um usuário, a agência é capaz de ver "para quem você faz chamada, o que você mandou em uma mensagem, as coisas onde você navegou, a lista de seus contatos, os locais onde esteve , as redes sem fio que seu telefone está associado."

Snowden também falou sobre a relação entre GCHQ e o seu homólogo norte-americano. "A GCHQ é para todos os efeitos, uma subsidiária da NSA. Eles [a NSA] fornecem tecnologia, eles fornecem tarefas e direção sobre o que eles [GCHQ] deveriam ir atrás."

A NSA aparentemente possui um programa semelhante à Suíte Smurf usada pela GCHQ em que é relatado ter gasto US$ 1 bilhão, em resposta ao aumento do uso de smartphones por terroristas.

As agências tem como alvo os suspeitos de envolvimento com o terrorismo ou outros crimes graves como a pedofilia, mas "para descobrir quem são esses alvos, eles têm de recolher dados em massa".

Eles dizem, e em muitos casos isso é verdade, que eles não estão indo ler seu e-mail, por exemplo, mas eles podem e se eles fizeram você nunca saberá

O governo acredita que os relatos de Snowden causam um grande prejuízo nos esforços de combate ao terrorismo pelas agências de inteligência.


5

Comentários

Snowden releva programa de espionagem "Smurfs" que permite à GCHQ controlar smartphones
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Agosto 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular