LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Atualização da MIUI 10 Beta para o Redmi Note 5 Pro adiciona proteção contra downgrade

12 de julho de 2018 22

A Xiaomi é uma empresa muito adorada pelo fãs por conta dos seus smartphones, principalmente. Parte disso é por conta do grande suporte que a marca oferece para os seus produtos, ainda mais no quesito atualizações. Para se ter um exemplo, a empresa chinesa revelou no final de abril a sua nova interface, chamada MIUI 10, com novos interessantes recursos e modificações na interface, e vai ser levada para um aparelho de três anos atrás, o Mi 4i, oficializado com MIUI 6.

gora, o mais recente Xiaomi Redmi Note 5 Pro, chamado apenas de Redmi Note 5 na China, está testando nova interface por meio de uma versão beta liberada pela marca. Agora, ele recebeu uma versão nova do sistema com número 8.7.5, que acaba ativando a proteção contra downgrade do Android Oreo. A única forma de tentar evitar essa questão é desbloqueando o bootloader e fazer o flash de outra ROM, antes de instalar a nova MIUI 10.


A questão é que muitos fizeram a atualização sem saber que essa proteção tinha sido ativada. Assim, várias pessoas tentaram fazer o downgrade do software no Redmi Note 5 sem saber dessa mudança, e acabaram com seus dispositivos sendo brickados, quando o aparelho simplesmente para de funcionar, se tornando um peso de papel, visto que não executa nenhuma função.

Isso acontece porque é visto como um recurso de segurança. Por exemplo, quando um invasor instala uma versão mais antiga do sistema, pode acabar usando alguma brecha aberta que um patch de segurança específico não corrigiu.

Especificações técnicas - Redmi Note 5 Pro
75.4 x 158.6 x 8.05 mm
5.99 polegadas - 2160x1080 px
Ir para página de comparação
  • Tela IPS LCD de 5,99 polegadas
  • Resolução Full HD+ (2160 x 1080 pixels) com proporção 18:9
  • 4 GB ou 6 GB de RAM
  • 64 GB de memória para o armazenamento interno
  • Entrada para cartão microSD
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 636
  • Processador de oito núcleos Kryo 260 rodando em até 1,8 GHz
  • Qualcomm Adreno 509 como placa gráfica
  • Câmera principal dupla de 12 MP (f/2.2, 1.25 μm) + 5 MP (f/2.0, 1.12 μm)
  • Câmera frontal de 20 MP (Smart Beauty 5.0 e gravação Full HD a 30 fps)
  • Leitor facial (frente) e de impressões digitais (traseira)
  • Dual SIM híbrido, porta microUSB e entrada padrão de fones de ouvido (P2)
  • Conectividade 4G LTE, Wi-Fi 802.11 b/g/n, GPS e Bluetooth 4.2
  • Dimensões de 158,8 x 75,4 x 8,1 milímetros e peso de 181 gramas
  • Bateria de 4.000 mAh

A Xiaomi ainda não se manifestou sobre a situação dos dispositivos brickados, mas enquanto isso muitos seguem esperando por alguma solução para a situação. Caso tenha um dispositivo desse e esteja testando a MIUI 10 nele, tome cuidado para não passar pelo mesmo problema.


22

Comentários

Atualização da MIUI 10 Beta para o Redmi Note 5 Pro adiciona proteção contra downgrade
Android

Se o Brasil for hexa... o TudoCelular vai sortear um smartphone!

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones intermediários com melhor desempenho | Guia do TudoCelular