LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Xiaomi é acusada de dificultar o uso de ROMs personalizadas no Redmi Note 8 Pro

18 de dezembro de 2019 8

Quando a Xiaomi anunciou que o Redmi Note 8 Pro seria lançado com o novo processador MediaTek Helio G90T, alguns usuários não gostaram da escolha da chinesa. Isso porque muitos lembraram da dificuldade que é encontrar ROMs compatíveis com dispositivos que não usam chipset Snapdragon.

Contudo, em busca de acalmar a situação, a Xiaomi foi rápida e liberou o código-fonte do aparelho na semana seguinte ao seu lançamento. Além disso, a empresa prometeu suporte ágil e até enviou alguns aparelhos para o pessoal do fórum XDA. A ideia era agradar os desenvolvedores e incentivar novas soluções.

Mas, ao que tudo indica, as coisas começaram a desandar. Isso porque muitos usuários e desenvolvedores tem reclamado de uma barreira imposta pela própria Xiaomi na hora de restaurar ou instalar uma ROM personalizada no Redmi Note 8 Pro.


Diferente dos modelos equipados com processador Snapdragon, onde é possível usar comandos fastboot, dispositivos com MediaTek precisam de um software especial para "flashar uma ROM". A ferramenta SPFlash até está disponível no site de suporte da Xiaomi.

No entanto, para conseguir acessá-la, é necessário ter uma conta autorizada pela própria Xiaomi. Assim, muitos usuários estão recorrendo a serviços pagos para efetuar o desbloqueio do Redmi Note 8 Pro. Em outros casos, a fabricante não está certificando a conta de alguns desenvolvedores.

O resultado prático é que muitos suspenderam o desenvolvimento de ROMs personalizadas aguardando um posicionamento oficial da fabricante. Até o momento, a Xiaomi não se manifestou sobre o assunto. Por isso, o recomendável é não se arriscar e aguardar um posicionamento da chinesa.

Veja mais

O Redmi Note 8 Pro está disponível na Amazon por R$ 1.790. O custo-benefício é bom e esse é o melhor modelo nessa faixa de preço. Para ver as outras 33 ofertas clique aqui.
(atualizado em 15 de agosto de 2020, às 02:44)

8

Comentários

Xiaomi é acusada de dificultar o uso de ROMs personalizadas no Redmi Note 8 Pro
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 106.523 mortes em 3.275.520 casos confirmados | Relatório diário

LG

Moto G8 Plus vs LG K51S: mais câmeras fazem fotos melhores? | Comparativo

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review

Google

Nearby Share: "AirDrop do Google" começa a chegar aos usuários Android em versão beta