LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Mais um passo para a medicina! Algoritmo detecta autismo em crianças com 90% de precisão

19 de fevereiro de 2018 0

Uma pesquisa realizada na Europa e publicada no jornal Molecular Autism no último domingo, dia 18 de fevereiro mostrou que eles conseguiram detectar o autismo através de um teste sanguíneo com 90% de precisão.

Segundo a principal autora do estudo, Naila Rabbani, bióloga da Universidade de Warwick no Reino Unido, o objetivo é melhorar a precisão dos diagnósticos de quem sofre Transtorno do Espectro Autista, já que os métodos atuais conseguem avaliá-lo com 60 a 70% de acerto. Além disso, os pesquisadores consideram este "mais um passo" para entender como o autismo acontece.

Para o estudo, foram desenvolvidos quatro algoritmos s para analisar o sangue e a urina de 38 crianças italianas que sofrem com autismo e comparados com 31 crianças que não têm a condição. Todas elas possuíam, em média, sete anos, e os cientistas conseguiram detectar sinais de danos a algumas proteínas no plasma do sangue que eram causadas por processos que envolvem oxigênio ou o glicose.

O algoritmo mais bem sucedido avaliou os níveis de ditirosina, que são aquelas que aparecem quando as proteínas são alteradas por radicais livres, conseguindo uma precisão de 90% quando os autistas foram avaliados, enquanto os não autistas tiveram precisão de 87%. O estudo também comprovou que as crianças que sofrem de autismo tinham mais sinais de que os neurônios tinham menos aminoácidos.

O estudo também reforça a crença de que o autismo pode ser provocado por mutação genética e o próximo passo da equipe de Rabbini quer estudar o sangue de crianças ainda mais jovens, já que desse modo será possível avaliar a progressão da condição.

Aqui no Brasil, um aplicativo chamado bHave foi desenvolvido para facilitar o trabalho de profissionais e terapeutas quanto ao tratamento de pessoas com autismo.


0

Comentários

Mais um passo para a medicina! Algoritmo detecta autismo em crianças com 90% de precisão
Android

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia

Android

10 melhores smartphones top de linha para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular