LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Histórico! Sonda espacial chinesa realiza primeiro pouso no lado oculto da Lua

03 de janeiro de 2019 12

A Administração Nacional Espacial da China divulgou que a sonda espacial Chang'e 4 fez o primeiro pouso da história no lado oculto da Lua, parte do satélite que não é visível da Terra. O feito histórico aconteceu hoje (3).

O pouso foi divulgado pela Rede Global de Televisão da China (CGTN, sigla em inglês) no Twitter.

A nave deve estudar composição mineral, terreno, relevo e manta da superfície lunar. Além disso, fará observações astronômicas através de baixas frequências de rádio, chamada radioastronomia. Para isso, a nave possui um módulo e um rover (veículo de exploração espacial).

"O lado oculto da Lua é um raro lugar calmo, que está livre da interferência de sinais de rádio vindos da Terra. Essa sonda pode preencher o vazio de observação de baixa frequência na radioastronomia, e irá fornecer informações importantes para estudar a origem das estrelas e da evolução da nébula [solar]".
Yu Gobin, porta-voz da missão.

A aterrissagem na superfície lunar, também conhecida como alunagem, foi realizada à 0h26 do horário de Brasília. Para a agência chinesa, o feito abriu um novo capítulo na exploração humana na Lua. O procedimento foi feito na cratera Von Karman, localizada no polo sul lunar e que possui 24mil km de largura e 13km de profundidade. O lado oculto da Lua possui composição diferente da localizada da parte visível, e é pouco explorado.

De acordo com a Associated Press, a escolha da localidade foi feita para possibilitar a coleta de novas informações sobre a manta lunar.

Segundo a Nasa, essa parte do satélite foi observada pela primeira vez em 1959, quando a nave soviética Luna 3 enviou as primeiras imagens do lado oculto lunar. Em 1962, os Estados Unidos tentaram enviar uma missão não tripulada ao lado oculto da Lua, que não deu certo.


Objetivos chineses

A agência espacial chinesa tem o objetivo de realizar uma missão tripulada à Lua, que ainda não possui data definida. O programa Chang'e teve início com o lançamento de uma sonda orbital em 2007.

A sonda Chang'e 4 foi lançada em 8 de dezembro de 2018 pelo foguete Long March 3B, do Centro de Lançamento de Satélites de Xichang, na província de Sichuan. A nave entrou na órbita lunar quatro dias depois.

Histórico espacial da China

A primeira missão espacial tripulada chinesa foi realizada em 2003. O país é o terceiro a enviar uma tripulação para o espaço, depois de EUA e Rússia.

A China já colocou em órbita duas estações espaciais e pretende lançar ainda um 'rover' em marte no meio da próxima década.


A antecessora da nave que está em solo lunar fez seu primeiro pouso no satélite terrestre desde 1976, quando a soviética Luna 24 alunou. Contudo, o único país a enviar uma pessoa para a Lua foi os Estados Unidos.

Houve também uma falha, quando o foguete Long March 5 não obteve o resultado esperado no ano passado.


12

Comentários

Histórico! Sonda espacial chinesa realiza primeiro pouso no lado oculto da Lua
Android

Melhores smartphones: TOP 10 do TudoCelular para você | Março 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular