LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

SpaceX lança segundo foguete e prepara com a NASA estratégias de defesa contra asteróides

12 de abril de 2019 4

Após lançar seu primeiro foguete no início de 2018 a SpaceX – que começou a testar escudos térmicos para proteger suas naves – realizou nessa quinta-feira (11) seu segundo grande lançamento.

Da segunda vez, a empresa atentou para falhas ocorridas no primeiro lançamento (o impulsionador principal, que havia apresentado problemas no pouso), resultando em um procedimento melhor executado.

Ainda assim, a empresa não conseguiu se livrar de alguns problemas; a câmera remota perdeu o sinal durante a aterrissagem, mas segundos após ela acontecer, o mesmo foi restaurado.

Foi a primeira vez que a SpaceX realizou um trio de recuperações de um único lançamento, e a primeira vez que a Falcon Heavy levou um satélite em órbita para um cliente pagante – ou seja, ontem foi, sem sombra de dúvidas, um grande dia para a empresa.

Parceria com a NASA

Nessa sexta-feira (12) a NASA anunciou que escolheu a SpaceX como parceira para seu projeto DART (Double Asteroid Redirection Test), que tem previsão de lançamento para junho de 2021.

A missão visa desviar colisões de asteróides que possam colocar em risco a raça humana, algo que até parece coisa de cinema.

Anunciada em fevereiro, a DART ainda não tinha selecionado um parceiro. Agora, a SpaceX estará cuidando das tarefas de lançamento com seu foguete Falcon 9, que será lançado do Complexo de Lançamento Espacial 4E na Base Aérea de Vandenberg, na Califórnia.

O alvo da missão é uma das pequenas luas do asteróide Didymos, e supondo que tudo saia como planejado, a espaçonave interceptará Didymos e sua lua em outubro de 2022 (quando o asteróide passará a 11 milhões de quilômetros da Terra).

A técnica chamada de “impactor cinético” utiliza altas velocidades para desviar um corpo celeste de seu curso; apesar da Didymos não ser uma ameaça para a Terra, a NASA e a SpaceX a utilizarão para testar essa missão, que deve custar cerca de US$ 69 milhões.

Ainda não sabemos se o lançamento e pouso bem sucedidos do Falcon Heavy tiveram alguma influência na decisão da NASA em nomear a empresa como sua parceira de lançamento, mas não ficaríamos surpresos se isso fosse o motivo.


4

Comentários

SpaceX lança segundo foguete e prepara com a NASA estratégias de defesa contra asteróides
Android

Melhores smartphones: TOP 5 do TudoCelular para você | Abril 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular