LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Por pouco: asteroide gigantesco passará muito perto da Terra

15 de janeiro de 2020 27

Um asteroide gigantesco, dom um diâmetro de quase 200 metros, nos fará uma visita no próximo sábado (18), podendo ser visto por volta das 11h30, no horário de Brasília.

O corpo celeste foi descoberto no ano de 2009, sendo chamado de 2009 BH2 e seu tamanho realmente impressiona, ainda mais quando se aproxima do planeta Terra, já que as agências espaciais costumam monitorar os NEO (Near-Earth Object), classificação dada aos asteroides que estão em órbita próximo ao planeta Terra.

Apenas para questões de curiosidade, o tamanho estimado do 2009 BH2, que fica entre 88 e 200 metros de diâmetro, se mostra maior que a estátua do Cristo Redentor, encontrado no Rio de Janeiro, que mede seus 38 metros de altura e pode até ser maior que o Big Ben, conhecido cartão postal de Londres, com 96 metros.

O tamanho exato do corpo celeste, não é algo possivelmente computado no momento, tendo em consideração que está em órbita, por isso a grande variação entre 88 e 200 metros de diâmetros. De qualquer modo, se trata sim de um asteroide realmente gigantesco.

Risco de colidir com a terra?


O 2009 BH2, de primeiro momento não possui risco direto de colisão com o Planeta Terra, logo pode ficar sossegado quanto a isso, pois se o objeto fosse considerado perigoso, teria sua classificação em PHO (Potentially Hazardous Object - Objeto Potencialmente Perigoso), mas como dito anteriormente sua classificação ficou em NEO (Objeto Próximo da Terra).

Por mais que as agências espaciais definiram como um corpo celeste próximo da Terra, o asteroide não está tão próximo assim, já que segundo informações passadas pelas agências espaciais, o asteroide estará em 4,5 milhões de quilômetros de nosso planeta.

Essa distância nos garante a segurança que precisamos e retira qualquer risco de colisão. Para melhor entendimento, é 11 vezes a distância entre a Terra e a Lua, logo fique despreocupado e se conseguir, observe o asteroide passando.


27

Comentários

Por pouco: asteroide gigantesco passará muito perto da Terra
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Janeiro 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular