LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: prefeitura de São Paulo endurece rodízio na cidade para evitar lockdown

07 de maio de 2020 6

No mesmo dia que começa a valer no estado a lei que proíbe a circulação de pessoas sem máscaras, a cidade de São Paulo, epicentro da pandemia de coronavírus no Brasil,, que já é visto como futuro epicentro global da doença anunciou medidas mais restritivas para tentar conter o avanço da doença. A partir da próxima segunda (11), o rodízio de veículos está de volta e ampliado.

A partir da data estipulada só poderão circular pelas ruas da capital em todo seu perímetro, e não apenas no centro expandido, carros com veículos com placa final par em dia par, e carros com final ímpar em dia ímpar. Segundo o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, a medida foi necessária para evitar decretar lockdown, que já vale em cidades como São Luis (Maranhão) e Belém (Pará). e de forma parcial no Rio de Janeiro.

A contagem de dias vale para o dia do mês, ou seja, no primeiro dia do novo rodízio (11), podem circular apenas carros com placas finais 1, 3, 5, 7 e 9. Já no dia seguinte, 12, os carros com placas finais 2, 4, 6, 8 e 0 poderão andar pelas ruas da capital, e assim sucessivamente.

Diferente do rodízio anterior, que valia apenas para os horários de pico, a restrição vale para todo o dia (24 horas), e vale também para o fim de semana.

Ficam isentos de rodízio as categorias já isentas anteriormente e os profissionais de saúde e agregados e atividades profissionais consideradas essenciais, como a imprensa. Estes deverão se cadastrar, através do e-mail (isensao.covid19@prefeitura.sp.gov.br). O prazo é de 10 dias para solicitar a liberação com isenção de multa. Ficam liberadas desse rodízio as motocicletas e táxis - já liberados anteriormente -, enquanto carros de aplicativos estão dentro das restrições.

Taxa de isolamento em SP está em 48% (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

O rodízio só será interrompido quando a secretaria municipal de saúde definir que é possível relaxar as medidas. Os números justificam o endurecimento das medidas. São 1.910 mortes na capital, com 23.187 casos, e a taxa de isolamento social segue em queda, em 48%. No início da semana a prefeitura testou bloqueios parciais em algumas avenidas de São Paulo, sem sucesso. A pandemia elevou ainda a média histórica de homicídios em São Paulo em 28%.

Para compensar o rodízio amplo, a frota de ônibus será ampliada na cidade. Mil novos ônibus serão acrescentados na rede municipal, e outros seiscentos estarão em bolsões.


6

Comentários

Coronavírus: prefeitura de São Paulo endurece rodízio na cidade para evitar lockdown
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 25.598 mortes em 411.821 casos confirmados | Relatório diário da Covid-19

Samsung

Dividindo com a TSMC! Samsung fabricará GPUs básicas de 7 nanômetros para a Nvidia

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Maio 2020

Tech

De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular