LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: máscaras podem reduzir contágio em até 60%, mostra estudo feito com hamsters

19 de maio de 2020 5

O que hamsters e o coronavírus tem em comum? Os roedores acabam de fazer parte de um importante estudo que serve para alertar o mundo sobre a importância do uso de máscaras em meio à pandemia do coronavírus Covid-19.

Especialistas da Universidade de Hong Kong utilizaram hamsters para determinar que portadores da doença – sejam estes assintomáticos ou não – podem acabar sendo impedidos de contaminar outras pessoas caso utilizem proteções faciais (máscaras ou viseiras).

Liderados pelo professor Yuen Kwok-yung, um renomado especialista em coronavírus, os testes separaram um grupo de animais em duas gaiolas, onde a primeira continha hamsters infectados e a segunda exemplares saudáveis.

No experimento as jaulas foram colocadas uma ao lado da outra, e no espaço entre elas os pesquisadores colocaram máscaras cirúrgicas e ativaram um fluxo de ar indo do local onde estavam os animais infectados para o que continha os saudáveis – e os resultados foram surpreendentes.

A proteção reduziu em até 60% o contágio. Em uma outra etapa, onde a proteção não estava presente, pelo menos dois terços dos animais saudáveis foram contaminados em até uma semana.

Em entrevista, Yuen declarou:

Está muito claro que utilizar máscaras em pessoas infectadas é mais importante do que em qualquer outra. Agora que sabemos que grande parte dos infectados não apresentam sintomas, o uso universal das máscaras é realmente fundamental.

Estudo concluiu que as máscaras podem reduzir o contágio em até 60%

Enquanto a Hong Kong e seus 7,5 milhões de habitantes, quatro meses após o aparecimento dos primeiros casos de infecção por Covid-19, o país conseguiu não só baixar o número de infectados para apenas 1.000 como também reduziu potencialmente as mortes (apenas quatro foram registradas).

O cenário atual com número de casos muito abaixo quando comparado, por exemplo, ao Brasil e seus mais de 254 mil casos confirmados, deve-se principalmente ao uso das máscaras de proteção, além de, é claro, campanhas de testagem em massa para os residentes.

Tendo em vista os resultados da pesquisa, o TudoCelular reforça agora mais do que nunca: use máscaras ao sair de casa!


5

Comentários

Coronavírus: máscaras podem reduzir contágio em até 60%, mostra estudo feito com hamsters
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 26.754 mortes em 438.238 casos confirmados | Relatório diário da Covid-19

Samsung

Dividindo com a TSMC! Samsung fabricará GPUs básicas de 7 nanômetros para a Nvidia

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Maio 2020

Tech

De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular