LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: agência americana aponta que 35% das contaminações são assintomáticas

22 de maio de 2020 0

A pandemia causada pela covid-19 fez com que o isolamento social fosse a melhor alternativa para tratar as pessoas infectadas e evitar uma amplificação nos casos, algo que contribui diretamente para a lotação de hospitais, que já precisam de leitos para tratar de outras doenças em conjunto diariamente.

Porém, existem pessoas que fazem parte do grupo de trabalhadores nos serviços essenciais e até mesmo que não se enquadram no grupo de risco e tentam “levar uma vida normal”. Todavia, esse tipo de comportamento se deve ao fato de, tanto a OMS quanto o Ministério da Saúde de cada país, ter divulgado uma lista de sintomas.

Em contrapartida ao que é rotineiro, percebeu-se que há uma boa porcentagem de pessoas que vêm passando pelo processo de contaminação assintomático, não apresentando qualquer um dos sinais que apontariam para o diagnóstico rápido de coronavírus.

Esta informação tem como base as informações divulgadas pelo Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), onde há uma estimativa de que 35% dos contaminados estão dentro do grupo de assintomáticos, um número alarmante, já que essas pessoas podem estar contribuindo diretamente para o crescimento na curva de casos, por não estarem cumprindo a quarentena obrigatória em caso de infecção.

Levando em conta as pessoas sintomáticas, a agência estima que 3,4% das pessoas precisam passar pelo processo de internação, mas que esse número pode apresentar uma duplicação se forem pacientes acima de 65 anos, indo para 7,4%.

Além deste dado, o CDC aponta que 0,4% dos indivíduos que sofrerem contágio pela COVID-19 virão a óbito. Calculando com base na população mundial isso significa que, até encontrarem uma cura, 30.8 milhões de pessoas podem vir a óbito por causa da doença, caso os números continuem no nível de crescimento atual.

Obviamente que são apenas estimativas, mas é importante ficarmos de olho nos estudos científicos para saber como proceder para evitar contaminações que façam com que esses números se concretizem.


0

Comentários

Coronavírus: agência americana aponta que 35% das contaminações são assintomáticas
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 24.512 mortes em 391.222 casos confirmados | Relatório diário da Covid-19

Samsung

Dividindo com a TSMC! Samsung fabricará GPUs básicas de 7 nanômetros para a Nvidia

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Maio 2020

Tech

De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular