LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: tratamento com radioterapia pode reduzir tempo de internação

16 de julho de 2020 0

Cientistas da Universidade Emory, em Atlanta, nos Estados Unidos começaram a testar o tratamento da COVID-19 com a aplicação de pequenas doses de radiação aplicadas diretamente no pulmão de pessoas já contaminadas com o vírus. De acordo com a equipe, os resultados preliminares desse estudo se mostraram bastante promissores, conseguindo reduzir consideravelmente o tempo de recuperação dos infectados.

A pesquisa utilizou como base de estudo 20 pacientes, sendo que 10 deles receberam o tratamento experimental, enquanto os 10 receberam o tratamento convencional e serviram como grupo de controle.

Os dados revelam que a parcela dos pacientes que recebem o tratamento com radioterapia apresentou uma recuperação bem mais rápida do que os demais. Foram necessários 12 dias para que recebessem alta hospitalar, enquanto o tratamento convencional fez com que os pacientes levassem 20 dias para deixar o hospital.

Além disso, a recuperação pulmonar também foi mais rápida para o grupo experimental. Em apenas três dias eles já apresentaram uma melhora significativa. Já o grupo de controle levou 12 dias para experienciar uma melhora similar.

Outra vantagem identificada é a redução da necessidade de uso de ventilação mecânica, que foi menor para os dez pacientes que receberam tratamento de radioterapia, com um risco de 10% de uso dos equipamentos, contra 40% para os demais. Vale mencionar que os dois grupos possuem idade similar, para obter resultados mais precisos em caráter de comparação.

Apesar dos resultados promissores, no entanto, é importante mencionar que esse estudo ainda não foi revisado por pares da comunidade científica, o que pode não garantir a eficácia desse tipo de tratamento.

Ainda segundo os responsáveis pelo estudo, esse resultado pode ter sido apenas sorte, portanto eles ainda esperam que mais centros médicos conduzam experimentos do tipo para obter detalhes mais precisos sobre sua eficácia.

Enquanto esse – além de outros estudos – é realizado, a Vale e a Fiocruz anunciaram um estudo para sequenciar o genoma do novo coronavírus e entender melhor o comportamento do vírus e suas mutações no Brasil.


0

Comentários

Coronavírus: tratamento com radioterapia pode reduzir tempo de internação
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 94.660 mortes em 2.750.153 casos confirmados | Relatório diário

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review

Google

Nearby Share: "AirDrop do Google" começa a chegar aos usuários Android em versão beta

Apple

Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo