LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: tratamento com soro de plasma de cavalos será testado em humanos na Argentina

25 de julho de 2020 0

A corrida por uma vacina ou mesmo um tratamento eficaz para a COVID-19 continua a todo vapor, e já tivemos algumas boas notícias nos últimos dias. A Pfizer anunciou sucesso nos testes mais recentes que realizou, e pretende iniciar a produção em massa de sua solução ainda neste ano, seguida dias depois pelo governo russo, que revelou expectativas ainda mais otimistas, com início da produção na segunda semana de setembro.

Ainda assim, enquanto aguardamos por uma alternativa para imunização, grupos de pesquisadores seguem em busca de um tratamento que seja realmente eficaz contra a COVID-19. A mais nova iniciativa parte de cientistas da Universidade de Nacional de San Martín, na Argentina, que desenvolveu um soro que utiliza anticorpos de cavalos para combater a presença do vírus no corpo do paciente, portanto sendo válido apenas para quem já estiver contaminado.

Os testes clínicos em humanos permitirão avaliar a segurança e a eficâcia da novidade, tendo sido aprovados pela Administração Nacional de Medicamentos, Alimentos e Tecnologia Médica (ANMAT), equivalente da Anvisa, nesta sexta (24). A princípio, quatro hospitais de Buenos Aires terão acesso ao soro, com a possiblidade de expansão para outros dez na região metropolitana, que concentra 90% dos casos de COVID-19.

Conforme explica o pesquisador Fernando Goldbaum, o desenvolvimento do soro parte da aplicação de proteínas do Sars-CoV-2 em cavalos, que gera uma resposta imune com a produção de um grande número de anticorpos neutralizantes, sem que o animal fique doente. O plasma, no qual estão localizadas as células imunizantes, é retirado, purificado e processado para então ser utilizado em humanos. Em laboratório, a solução se mostrou 50 vezes mais eficaz do que o plasma retirado de pacientes curados.

O soro contém anticorpos de cavalos, gerados a partir de uma forte resposta do sistema imunológico do animal após aplicação de uma das proteínas do vírus.

É importante ressaltar que ainda não há vacina ou tratamento comprovadamente eficaz contra a nova doença, mas caso o novo estudo argentino traga bons resultados, as chances de cura aumentarão, com possível redução significativa do número de internados sendo uma consequência, aliviando assim os sistemas de saúde em todo o mundo.

Vale lembrar que uma pesquisa semelhante está sendo realizada no Brasil, por equipe do Instituo Vital Brazil, no Rio de Janeiro. O tratamento brasileiro segue os mesmos princípios do argentino, com o diferencial de uma segunda linha de estudo que utiliza o vírus inativado, como forma de gerar uma resposta imune para destruição do agente infeccioso.


0

Comentários

Coronavírus: tratamento com soro de plasma de cavalos será testado em humanos na Argentina
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 94.660 mortes em 2.750.153 casos confirmados | Relatório diário

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review

Google

Nearby Share: "AirDrop do Google" começa a chegar aos usuários Android em versão beta

Apple

Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo