LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Lua é utilizada como "espelho" por astrônomos para detectar Ozônio na atmosfera da Terra

07 de agosto de 2020 2

A Lua é um objeto de fascínio da humanidade, já sendo destino e alvo de diversos estudos sobre sua existência e história. Os mais recentes deles descobriram detalhes sobre os primórdios do satélite natural da Terra, que podem nos dar uma nova visão sobre a formação do Sistema Solar, além de terem traçado nova possibilidade de colonização envolvendo os tubos de lava do corpo celeste.

Agora, o astro acaba de ganhar uma "nova função", servindo como uma espécie de espelho de telescópio para os astrônomos. A descoberta foi feita em estudo ocorrido em janeiro de 2019, quando os cientistas foram capazes de detectar presença de Ozônio na atmosfera da Terra por meio dos reflexos de luz solar na superfície da Lua, durante um eclipse lunar. A técnica é inédita, e deverá facilitar a busca de vida em outros planetas distantes.

O "efeito espelho" que permitiu aos cientistas detectar Ozônio na atmosfera terrestre aconteceu durante um eclipse lunar, em que a Lua é recoberta pela sombra da Terra.

Isso porque o Ozônio pode ser considerando um possível indicativo da presença de vida em um planeta. O gás Ozônio (O3) se forma quando um átomo de Oxigênio (O) se une à uma molécula de gás Oxigênio (O2). Assim sendo, a presença de O3 leva a entender que há Oxigênio na atmosfera estudada, e consequentemente que há chances de haver vida naquele local.

Ainda assim, outros fatores devem ser levados em conta antes de haver uma confirmação sobre a presença de vida em um corpo celeste, conforme reforça a NASA em comunicado sobre a novidade. "É necessário que haja outros sinais além do ozônio para chegar a uma conclusão, e esses sinais não necessariamente podem ser vistos por meio desse método", afirmou o astrônomo Allison Youngblood.

De toda forma, o novo método de observação empolga a comunidade científica, já que permite que atmosferas distantes sejam observadas sem a necessidade de envio de sondas, algo crucial se levarmos em conta que muitos dos candidatos à presença de vida então a anos-luz de distância da Terra.


2

Comentários

Lua é utilizada como "espelho" por astrônomos para detectar Ozônio na atmosfera da Terra
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas