LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: americano com reinfecção grave levanta debate científico sobre a imunidade

14 de outubro de 2020 5

Desde o início do ano o mundo vem passando por um período de imensa preocupação, já que a Covid-19 já vitimou mais de um milhão de pessoas a nível global, e o processo de pesquisa científica pela vacina mais eficaz ainda segue a todo vapor, já que ainda não foi alcançado um resultado 100% eficaz.

Porém, enquanto um tratamento cientificamente comprovado não é divulgado, os líderes mundiais vão administrando a quarentena de acordo com o comportamento de cada país, mas focando em manter um movimento mínimo da economia, algo que tem causado a volta das pessoas para as ruas.

Com isso, tem se visto um fenômeno esperado, porém raro, acontecendo: a reinfecção. Recentemente um paciente norte-americano de 25 anos precisou ser hospitalizado e tratado para conseguir fazer com que os pulmões voltassem a trabalhar, pois eles não conseguiam ingerir oxigênio.

"Nossos achados apontam que a infecção anterior pode não necessariamente proteger contra futuras infecções", afirma Mark Pandori, médico da Universidade de Nevada.

Este é o segundo paciente no mundo a ter a reinfecção confirmada, já que uma idosa holandesa de 89 veio a óbito após ser contaminada pela 2ª vez. Ela estava em processo de tratamento contra o câncer, o que dá uma amplitude para a vulnerabilidade por colocá-la em grupo de altíssimo risco, porém o jovem não tinha nenhum problema antes da primeira infecção por Covid-19, mostrando que não há justificativas para esta quebra na imunidade.

Com base nos casos que já foram relatados, acreditava-se que a reinfecção seria mais leve do que a primeira, mas o caso do jovem mostrou que existem algumas possibilidades que precisarão ser analisadas: a resposta do sistema imunológico na segunda infecção foi pior do que na primeira, ou ele pode ter sido exposto a uma carga viral maior.

"A possibilidade de reinfecções pode acarretar implicações significativas para o nosso entendimento da imunidade contra a Covid-19", disse Mark.

Levando em conta esta situação, a comunidade científica começou a ficar em alerta, já que ele pode ser a chave para uma investigação genética que permitirá saber qual é o período máximo de imunidade da população ao coronavírus após a primeira contaminação, independente de comorbidades.

Visando manter a população protegida de uma possível reinfecção, o cientista informou que, mesmo após a primeira contaminação, é preciso manter os cuidados anteriores, como o distanciamento social, máscara de proteção e a higienização das mãos, fazendo com que a prevenção seja um processo contínuo.


5

Comentários

Coronavírus: americano com reinfecção grave levanta debate científico sobre a imunidade
  • Em universo de BILHOES de pessoas, um indivíduo, com organismo suscetível ao vírus, "levanta o debate". PELO AMOR DE DEUS. Até mesmo o mais imbecil sabe que isso é a exceção da exceção da exceção da exceção. Por causa de 1 cara tem que rever tudo .... então pra que a disciplina estatística? Cara na boa...é muito patético. O mundo esta se imbecilizando...

      • Debater não doi, no maximo vai deixar vc mais sabido.

          • Se existe a possibilidade...

              • Ciência não é exata amigo, se estudou o minimo de biologia vc saberia disso.

                Ainda é uma doença enigmática em muitas partes.

                Tão pouco se sabe se ela vai ser sazonal, coisa que teremos mais informações ano que vem, com o ciclo climático que geralmente é acompanhado de doenças infecciosas pulmonares.

                Essas informações são boas, me diga qual a vantagem de não expor uma noticia dessas?
                Ja que há muitos negacionistas por ai?

                Confundem informação com tacar o terror, coisa digna da idade média!

                  • Concordo

                    Tech

                    Coronavírus: Brasil chega a 154.176 mortes em 5.250.727 casos confirmados | Relatório diário

                    Android

                    Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Setembro 2020

                    LG

                    Moto G8 Plus vs LG K51S: mais câmeras fazem fotos melhores? | Comparativo

                    Android

                    Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review