LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da CoronaVac

23 de outubro de 2020 31

A semana foi marcada pelo conflito entre o presidente Bolsonaro e o governador do Estado de São Paulo, João Doria, que busca a adoção da vacina CoronaVac no Calendário Nacional de Imunizações. A polêmica ganhou fôlego hoje com a divulgação de que a vacina de Oxford, outra alternativa que tem a preferência de Bolsonaro, também conta com composto produzido por laboratórios chineses.

Pois o embate acaba de ganhar mais um capítulo: a Anvisa acaba de autorizar a importação de 6 milhões de doses da CoronaVac, em pedido feito em caráter excepcional pelo Instituto Butantan, um dos responsáveis pela produção e testes ao lado da empresa farmacêutica chinesa SinoVac. A agência já havia aprovado antes a realização dos testes com a vacina, que já encontram-se em seu estágio 3, sendo a mais segura entre todas as vacinas testadas, de acordo com Dimas Covas, diretor do Instituto.

Em seu pedido à Anvisa, a instituição paulista disse que "a liberação poderia antecipar o acesso à vacina a uma parte da população brasileira", além de garantir que "o Brasil tenha acesso a um quantitativo que a SinoVac se dispõe a reservar para o instituto". A autorização, no entanto, limita o uso da vacina para quando seu registro sanitário for obtido, além de responsabilizar o importador pela garantia de eficácia, segurança e qualidade.


Comentando a situação, Jean Gorinchteyn, secretário de saúde do Estado de São Paulo, defendeu o acesso à vacina para todos os brasileiros. "Não seria justo, republicano e nem humano que a vacina fosse direcionada apenas para os brasileiros de São Paulo. Tudo será feito para que isso seja atingido". O governador João Doria havia dado um prazo de 48 horas, que se encerra nesta sexta (23), desde a proibição do Governo Federal para que a situação fosse revertida. Do contrário, "medidas seriam tomadas", sendo o Superior Tribunal Federal (STF) uma opção.


31

Comentários

Coronavírus: Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da CoronaVac
Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020

Android

O melhor celular para comprar na Black Friday 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas