LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Agência Científica da Austrália mapeia 3 milhões de galáxias em atlas 360º do universo

05 de dezembro de 2020 2

A Agência Científica da Austrália, ou CSIRO, ganhou as manchetes da mídia pelo mundo no mês passado ao ser a única a capturar a queda de um meteoro no céu australiano. Seu navio RV Investigator, dedicado a estudos marítimos, acabou capturando sem querer imagens exclusivas do corpo celeste, que caiu no mar na região entre a costa da Austrália e a Ilha da Tasmânia.

Agora, a CSIRO volta a chamar a atenção de especialistas e curiosos com seu mais novo estudo realizado com o radiotelecópio ASKAP. Em tempo recorde, a agência foi capaz de mapear 3 milhões de galáxias em um atlas interativo em 360º. Processos semelhantes costumam levar anos para serem concluídos, enquanto os australianos levaram cerca de 12 dias.

Com acesso a um amplo campo de visão do céu, o ASKAP utilizou ondas de rádio para registrar imagens de dois milhões de galáxias conhecidas pelos pesquisadores. A melhor parte é que, no processo, o equipamento acabou descobrindo ainda mais de 1 milhão de galáxias que ainda não haviam sido identificadas pelos astrônomos. Este foi o primeiro grande levantamento do radiotelescópio, que observa o espaço por meio de 36 antenas.

Para chegar ao resultado final, a CSIRO reuniu mais de 13 exabytes de dados brutos, que foram então processados pelo supercomputador Galaxy, com hardware e software desenvolvidos pela própria agência. No total, 903 imagens com 70 bilhões de pixels foram obtidas, que representam 26TB de dados e cobrem 83% de todo o céu.

Composto por 36 antenas, o ASKAP da CSIRO pode se tornar referência em pesquisa espacial ao mapear 3 milhões de galáxias em apenas 12 dias.

Conforme destaca David McConnell, principal autor da pesquisa, “este censo do universo será usado por astrônomos de todo o mundo para explorar o desconhecido e estudar tudo, desde a formação de estrelas até como as galáxias e seus buracos negros supermassivos evoluem e interagem”.

Uma versão simplificada do atlas foi disponibilizada para o público, contendo os principais e mais conhecidos corpos celestes organizados em uma vista panorâmica em 360º. Você pode conferi-lo neste link.


2

Comentários

Agência Científica da Austrália mapeia 3 milhões de galáxias em atlas 360º do universo
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020