LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Vai atrasar? Governo de SP adia envio de resultados da CoronaVac para a Anvisa

14 de dezembro de 2020 10

O governo de São Paulo adiou em oito dias o envio do resultado dos testes da CoronaVac para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Se a previsão inicial era de envio da documentação até a próxima terça-feira (15), a tendência é que o Estado encaminhe a documentação no dia 23 de dezembro. O imunizante é produzido em parceria entre o laboratório chinês Sinovac Biontec e o Instituto Butantan.

Segundo o governador João Dória, houve uma mudança de estratégia para a obtenção da aprovação da agência regulatória. A ideia é enviar os dados completos para, aí som, solicitar o registro definitivo da vacina. O pedido na Anvisa será feito de forma simultânea com a apresentação do estudo conclusivo.

Além da Anvisa, a ideia é levar o resultado do estudo à NMPA (National Medical Products Administration), órgão chinês que cumpre o mesmo papel da Anvisa, de regulação de medicamentos, na China.

Os testes com a CoronaVac estão na terceira fase, e neste momento conta com 170 voluntários contaminados, e a ideia é que o estudo meça a taxa de eficiência da vacina comparada à administração de placebos. A Anvisa recomenda taxa mínima de 50% como parâmetro de proteção. Para que a vacina se torne uma realidade, é necessário que o Butantan envie um relatório que aprove o uso do imunizante.

O instituto iniciou o envase da vacina a partir da matéria-prima que chegou da China na última quarta-feira, 9 de dezembro, e trabalhará 24 horas no dia. Segundo o governo estadual paulista, 12 estados formalizaram a solicitação para compra da CoronaVac: Acre, Pará, Maranhão, Roraima, Piauí, Mato Grosso Sul, Espirito Santo, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Sul, além de São Paulo.


Segundo o governo de SP, há capacidade para fornecer 4 milhões das 46 milhões de doses para vacinar profissionais da área de saúde de outras regiões do país. Na última semana, foi divulgado um plano de vacinação com a CoronaVac, previsto para iniciar no dia 25 de janeiro de 2021, com a primeira fase voltada ao grupo prioritário, que conta com pessoas com idade acima de 60 anos e dividida em cinco etapas, com previsão de imunizar 9 milhões de pessoas.

Vale destacar que todo esse processo de vacinação acontece enquanto o governo de São Paulo e o Federal acirram a rivalidade em busca do primeiro a obter a vacina. Houve, em outubro, um anúncio por parte do Ministério da Saúde de compra da CoronaVac, que foi desautorizada pelo Palácio do Planalto menos de 24 horas depois. Posteriormente houve uma sucessão de ataques de parte a parte, e a estratégia do governo paulista foi seguir paralelamente ao governo federal.

Estudo feito com 743 pacientes apontou que a CoronaVac mostrou segurança e resposta imune satisfatória durante as fases 1 e 2 de testes.


10

Comentários

Vai atrasar? Governo de SP adia envio de resultados da CoronaVac para a Anvisa
  • É um absurdo o governo federal não ter negociado a compra de vacinas antes. Até os países Chile, Peru e México vão receber a vacina pfizer antes do Brasil por terem reservado! Isso é incompetência.

      • A vacina não é do instituto Butantã ? Pq vcs falam como se fosse do estado de SP ? De QQ forma n tomarei nenhuma vachina

          • Isso, não toma mesmo não. É bom que que sobra para outras pessoas mais produtivas no mundo.

              • Parabéns! O problema é que você pode se prejudicar e acabar prejudicando outras pessoas.

                  • Se vacina funciona, o prejuizo é só quem não toma.

                      • De maneira resumida... uma certa quantidade de pessoas que não tomam vão continuar adoecendo e espalhando os vírus, e não é só um tipo de vírus, são pelo menos 3, é uma questão de tempo até o vírus diferente entrar em contato com a pessoa que tomou a vacina e ela adoecer de novo causando essa merda toda. Além disso, tem as vacinas que ´´falham´´ seja por ´´culpa´´ da vacina não ter sido bem armazenada ou algum erro no processo(pode acontecer), quanto o corpo não responder adequadamente ao estímulo da vacinação e isso é relativamente comum, certas doenças não voltam porque mais de 90% das pessoas estão imunizadas e ai a doença fica regionalizada até acabar. Por isso é importante a obrigatoriedade da vacinação.

                    • Kkkkkkkkk agora o tudocelular fica desesperado.... pois não sabe ser imparcial na política....

                        • "completos para, aí som" %uD83D%uDCFB

                            • Acabou a pressa por que Doriana!?

                                • www.slashleaks.com/l/redmi-k40-live-photos-leaked

                                    Android

                                    Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

                                    Android

                                    Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020

                                    Android

                                    O melhor celular para comprar de presente no Natal 2020

                                    Especiais

                                    Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas