LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus impede limpeza de células mortas e favorece dano pulmonar, aponta estudo

22 de março de 2021 0

Em estudo divulgado na plataforma meRxiv, pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) apontam que o coronavírus causa disfunção no macrófago, uma espécie de "gari" do sistema imune responsável pela eliminação de restos de células mortas e outras partículas estranhas ao organismo, o que favorece os danos aos pulmões.

O artigo ainda não foi revisado por pares, mas pode significar avanço na identificação de qual desregulação no sistema de defesa é responsável pelos casos graves de coronavírus.

Por meio de experimentos in vitro, os cientistas descobriram que o macrófago passa a produzir quantidades excessivas de moléculas pró-inflamatórias quando em contato com uma célula morta infectada pelo SARS-CoV-2, contribuindo para o quadro conhecido como tempestade de citocinas bastante comum em pacientes com a forma grave da doença.

Além disso, o estudo revela que a internalização de uma célula morta infectada pelo coronavírus reduz em até 12 vezes a capacidade de reconhecimento e fagocitação de outras células mortas do macrófago. Como milhões de células morrem diariamente em nosso organismo, a falta de eliminação eficiente pode ser interpretada como perigo ou ocasionar autoantígenos, causando o surgimento de doenças autoimunes.

No caso do pulmão afetado pelo coronavírus, a remoção das células mortas é essencial para a regeneração do tecido. Se a presença do vírus na célula fagocitada pelo macrófago causa danos nessa configuração, por consequência o órgão terá dificuldade em produzir células saudáveis e se regenerar.

As pesquisas acerca do comportamento do coronavírus seguem levantando hipóteses importantes para a identificação e produção de medicações e vacinas eficazes. Os pacientes com resistência podem ser a chave para a criação de um tratamento, enquanto isso, cientistas ainda buscam descobrir o que tem ocasionado a mudança de perfil dos que são acometidos pela forma grave da doença.

O artigo "Efferocytosis of SARS-CoV-2-infected dying cells impairs macrophage anti-inflammatory programming and continual clearance of apoptotic cells" completo pode ser lido neste link.


0

Comentários

Coronavírus impede limpeza de células mortas e favorece dano pulmonar, aponta estudo
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020