LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: vacina de Oxford está ligada a casos de trombose, revela agência europeia

06 de abril de 2021 8

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) revelou nesta terça-feira (06) que a aplicação da vacina contra o novo coronavírus produzida pela Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca está ligada a alguns casos de trombose.

Em uma entrevista ao jornal italiano Il Messaggero, o diretor de estratégias da agência, Marco Cavaleri, confirmou a ligação entre o imunizante e os casos de coagulação sanguínea, destacou que ainda é preciso entender o motivo dessa relação e afirmou que um comunicado oficial será feito nas próximas horas:

Agora podemos afirmar, está claro que há um vínculo com a vacina, que provoca esta reação. Mas ainda não sabemos por quê [...]. Em resumo, nas próximas horas, vamos declarar que existe um vínculo, mas ainda temos que entender por quê acontece.

A hipótese de que a vacina de Oxford poderia causar alguns efeitos colaterais graves surgiu há algumas semanas, com a possibilidade de o imunizante levar a casos de trombose atípica, com chances de agravamento e risco de morte. No Reino Unido, foram registradas sete mortes em 30 casos após a aplicação de um total de 18,1 milhões de doses até o dia 24 de março.

O diretor da agência explicou que a agência ainda precisa entender qual a relação e admitiu que há um número inesperado de casos de trombose em cidadãos que foram imunizados: “Estamos tentando ter um quadro preciso do que está acontecendo, para definir a síndrome devido à vacina (...) Entre as pessoas vacinadas se registrou um número de casos de trombose cerebral entre jovens superior ao que esperávamos. Vamos ter que afirmar isto.”

Há algumas semanas, quando os Estados Unidos divulgaram que a vacina de Oxford teve eficácia de 79% nos testes clínicos realizados no país, a AstraZeneca afirmou que os benefícios da vacinação contra a COVID-19 superam os potenciais riscos de efeitos colaterais que, segundo o laboratório, são raros.


8

Comentários

Coronavírus: vacina de Oxford está ligada a casos de trombose, revela agência europeia
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020