LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Pesquisadores criam novo exame de sangue para diagnóstico precoce da tuberculose infantil

20 de maio de 2021 0

Uma estimativa da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontou mais de 1 milhão de casos de tuberculose em menores de 14 anos no ano de 2017. Ao avaliar os óbitos, 80% correspondiam a crianças menores de 5 anos, um dado alarmante corroborado pelo fato de que 96% das vítimas fatais não tiveram acesso ao tratamento.

Em preocupação com a saúde dos pequenos, os biólogos da Universidade de Tulane desenvolveram um tipo de exame capaz de detectar vestígios da bactéria Mycobacterium tuberculosis no sangue dos bebês, permitindo um diagnóstico precoce até um ano antes do potencial desenvolvimento da doença.

A tuberculose acomete mais de 10 milhões de pessoas todos os anos, segundo estimativa da OMS.

Através de uma pequena amostra de sangue, o teste detecta secreções expelidas pela bactéria na corrente sanguínea, podendo rastrear também as diversas formas em que a tuberculose se manifesta, apontou Tony Hu, presidente das inovações biotecnológicas da universidade e líder do estudo.

Este é um avanço para bebês com tuberculose porque não temos esse tipo de tecnologia de rastreamento para capturar infecções precoces entre os grupos mais jovens que são mais propensos a não serem diagnosticados. Espero que este método possa ser empurrado para a frente rapidamente para alcançar essas crianças o mais cedo possível.

Tony Hu
Biomédico e Presidente das Inovações Biotecnológicas da Universidade de Tulane

O diagnóstico precoce deve beneficiar esse público mais fatalmente acometido, visto que os atuais exames não permitem uma visão clara sobre os variados sintomas apresentados. Além disso, as atuais tecnologias são menos eficazes para identificação da baixa carga bacteriana que os bebês apresentam em relação aos pacientes adultos.

Através de um anticorpo específico para a proteína CFP-10 que as bactérias secretam, sua proliferação no corpo é destacada, possibilitando uma detecção mais precisa da substância patogênica.

Para contrastar, Hu e sua equipe usaram seu teste para rastrear as amostras de sangue de 519 crianças. As amostras foram coletadas para a realização de uma pesquisa paralela conduzida entre 2004 e 2008 e, com precisão de 100%, o exame detectou a parcela de crianças que desenvolveu a doença anos depois.

O ensaio também detectou 83,7% dos casos de tuberculose que foram perdidos pelos exames paralelos, mas que posteriormente foram diagnosticados através das metodologias padrões empregadas pelos médicos de cada uma das crianças.

O teste também detectou a proteína CFP-10 em 77% das amostras de sangue coletadas 24 semanas antes que as crianças testassem positivo para a doença com outros métodos. O biomédico notou que alguns casos positivos também puderam ser detectados com uma antecedência de até 60 semanas, isto é, mais de um ano.

Agora, os pesquisadores estão trabalhando para desenvolver um instrumento para ler o teste, permitindo que ele seja mais facilmente utilizado por pessoas em cenários menos favorecidos em áreas onde a tuberculose é comum. Tudo isso, é claro, através do menor custo possível.


0

Comentários

Pesquisadores criam novo exame de sangue para diagnóstico precoce da tuberculose infantil
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020