LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Reino Unido reconhece que caranguejos, lagostas e polvos têm consciência

25 de novembro de 2021 10

Um paper, de autoria da London School of Economics and Political Science (LSE) e financiado pelo governo britânico, concluiu que existem evidências significativas de que cefalópodes e decápodes, a família de animais como caranguejos, lagostas e polvos, são seres sencientes, capazes até de experimentar dor e sofrimento. Cerca de 300 estudos científicos foram avaliados na pesquisa. No Reino Unido, animais vertebrados já são classificados e incluídos na nova legislação de proteção animal em debate, mas não reconhecia animais sem estrutura óssea definida.

O estudo indica que há fortes evidências de que os animais citados tem um senso próprio de existência. Ela levou em conta diversos elementos como a capacidade de aprendizagem, a conexão entre os receptores de dor e certas regiões cerebrais, resposta a analgésicos e anestésicos e comportamento de acordo com situações de perigo e proteção contra ferimentos. Os especialistas avaliaram cerca de 300 estudos científicos para tirar essa conclusão.

A proposta de lei é chamada de “Animal Welfare Sentience Bill” e tem como objetivo garantir o bem-estar animal na criação de novas leis, visando regulamentar a forma como é feita a produção e consumo desses animais no país. Pelo fato deles sentirem dor e sofrimento, a prática de fervura para preparo de caranguejos e lagostas deverá ser revista.


Caso seja sancionada, a nova lei terá um comitê específico formado por especialistas no setor que deverá criar meios para que esses animais sejam manuseados de forma ética, utilizando boas práticas durante todo o processo de transporte e abate, além de medidas de proteção animal. A indústria pesqueira que lida com esses animais não deve ser afetada.

Há alguns anos, a Xiaomi teve uma ideia inusitada: colocar um caranguejo para brincar com a Mi4. Em um aquário na Nova Zelândia, a atração era um polvo chamado Rambo conseguia tirar fotos, até mais rápido do que um ser humano.

O que você achou dessa descoberta?


10

Comentários

Reino Unido reconhece que caranguejos, lagostas e polvos têm consciência
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas