LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

TSE encerra teste público e confirma segurança da urna eletrônica para as eleições de 2022

30 de novembro de 2021 29

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) segue enfatizando que as urnas eletrônicas são confiáveis e não demonstram risco ao pleito de 2022, afirmação que deve ser reiterada pelos próximos meses em decorrência da divulgação de notícias falsas que questionam a confiabilidade do equipamento e pedem a instauração do voto impresso, proposta rejeitada pela Câmara dos Deputados em agosto deste ano.

Na última segunda-feira (29), o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, concedeu uma entrevista em que apresentou aos cidadãos resultados do Teste Público de Segurança (TPS) do Sistema Eletrônico de Votação, análise que permite que terceiros tentem violar as camadas de proteção da urna de modo a avaliar a segurança do aparelho.

O teste foi realizado entre os dias 22 e 27 de novembro e contou com a participação de especialistas na área de segurança digital e 26 investigadores. Nesse período o software sofreu um total de 29 ataques e não apresentou intercorrências graves, isto é, ameaças capazes de alterar o voto dos eleitores, conforme explicou o ministro.

Segundo Barroso, a descoberta mais preocupante é a violação de duas camadas iniciais de segurança do sistema da urna, falha achada por técnicos da Polícia Federal e que não tem capacidade de alterar o resultado da apuração. Assim como em ensaios promovidos em eleições passadas, novamente a urna eletrônica se mostrou confiável e segura.

Consideramos esse feito o mais importante, mas eles não conseguiram mexer em nenhum sistema, muito menos alterar os votos já existentes, porque isso não é possível. Mas a simples entrada já é uma preocupação que iremos enfrentar”, destaca Barroso.

Veja também

Foto de capa: © Antonio Augusto/Ascom/TSE


29

Comentários

TSE encerra teste público e confirma segurança da urna eletrônica para as eleições de 2022
  • Infelizmente !!! Vão colocar o Lula como Presidente , esse sistema está corrompido ... não temos nem forças armadas.. já era....

      • Brasil dos países mais corrupto do mundo tem idiota acredita palavras de político que e segundo.

        Ingenuidade pura.

          • Confio nas urnas, é só ver o tipo de ser humano que ganha eleições no Brasil que percebe que foi eleito por nosso povo.

              • SQN

                  • Sei kkkkk

                      • Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

                          • O problema pode não estar na votação, mas sim na apuração.
                            Computar os votos corretamente até pode ser, mas contar direito os votos (ou contar de forma confiável) é algo que precisa ser melhor comprovado.

                              • Kkkkkkkk. Cara, acha que eles leem urna por urna? O processo é automático e toda urna tem backup que também tem que ser comprovado. Os dados que chegam lá são vários e todos tem que bater, qualquer alteração daria problema no sistema pois as informações não bateriam. A urna tanto usa informação digital como física.

                                • Confia . SQN

                                    • O que eu acho engraçado é o Barroso tentando defender nossas urnas de primeira geração, quando o mundo já está nas de segunda e terceira geração. E a galera da "ciensa" bate palmas pra ele...

                                        • Não existe sistema infalível mas eu prefiro continuar votando nas urnas eletrônicas...muito mais prático...

                                            • Enquanto Japão e EUA, os dois países mais tecnológicos do mundo usam o voto em papel por ser mais confiável, a República das bananas usam a super urna eletrônica.

                                                • Onde que é confiável? Se fosse não precisavam recontar, e durante todas as recontagens que esses países mostraram, tiveram resultados diferentes do primeiro... Muito confiável.

                                                    • Mais confiável? acho que não te falaram no grupo do zap, mas só na ultima eleição nos EUA, foram perdidas 300.000 cédulas e sem contabilização, ai lhe pergunto, por que o Brasil não pode ser pioneiro nessa tecnologia? Se você conseguir provar que a urna é fraudável, entra com os viés democrático e pronto, ficar no achismo é fácil né, já que até hoje nenhum expert conseguiu sequer invadir as urnas sem que houvesse a destruição material das mesmas.

                                                      • Isso é variável cara, existem sistemas infalíveis... Porém depende de como é o acesso. Se você coloca seus dados em um computador que não possui nem wifi, Bluetooth e nem conector de Rj45, além disso o PC está em uma ilha, no bunker sem energia... Como que alguém vai acessar ele? Sei que é uma comparação extrema, mas é válida. A urna possui limitações que tornam ela segura, o fato de não ter nenhuma conexão sem fio, nenhuma rede e tanto backup digital como impresso a torna segura. Para alguém burlar teria que ter acesso físico e ainda burlar todos esses sistemas de backup, e a chance de dar erro é grande. Um exemplo é a digital que temos no smartphone (ou face ID da apple/Windows hello), a única forma de burlar é tentando copiar o dedo ou rosto de forma externa, porque internamente os dados são guardados se forma embaralhada... Não teria como alguém burlar isso.

                                                        • Bolsonaro ainda não demonstrou fraude até agora das urnas eletrônicas brasileiras. Isso demonstra que ele mentiu e os trouxas caíram na lorota dele. E vão cair na lorota do próximo político que disser o mesmo.

                                                            • bem. eu como não sou especialista... indicaria um desafio premiado, como Apple, Microsoft e outras fazem. pra quem acredita na fragilidade do sistema, seria simples financiar a invasão ou tentativa durante os testes. Que os conspiracionistas coloquem uns milhões no jogo e provem, parem de mimimi. parem de falar o que não sabem, para quem tavm não sabe. Apoiem uma invasão, financiada ou sei la de que forma, mas que tenha provas.

                                                              • Bixo eu nem sei o que dizer. Tem gente que acredita em qualquer coisa. E o pior, eles sabem que não é verdade e tentam iludir o povo com a segurança dessas urnas....

                                                                • "contou com a participação de especialistas na área de segurança digital e 26 investigadores. "

                                                                  só não falou q o Exército tinha especialistas tbm auditando.. e isso sim deu mais credibilidade pras urnas..

                                                                  se Bolsonaro perder.. q tenha uma derrota limpa e democrática.. q a vontade do povo prevaleça.. %uD83D%uDC4D%uD83C%uDFFB

                                                                  Android

                                                                  Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

                                                                  Android

                                                                  Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

                                                                  Especiais

                                                                  Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas