LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Governo de São Paulo mantém uso obrigatório de máscaras até 31 de janeiro

20 de dezembro de 2021 9

Atualização (20/12/2021) - HA

O período das festas de final de ano no estado de São Paulo, ao contrário da expectativa criada antes da chegada da variante ômicron, manterá o uso obrigatório de máscaras, aponta nota oficial do governo. Mais especificamente, a medida vale até o dia 31 de janeiro em espaço coletivos de todo o território.

Além de considerar a Covid-19 e suas variantes, a medida também minimizar o contágio pelo vírus Influenza, causador da gripe H3N2, cepa que ainda não é coberta por vacinas. A obrigatoriedade estava prevista para acabar já em 31 de dezembro.

“O nosso compromisso é com a saúde da população. Há vírus respiratórios circulando e a máscara é uma aliada no combate à transmissão e, consequentemente, na prevenção”, explica o Secretario de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, no comunicado.


O não uso de máscaras em locais públicos prevê multas de R$ 552,71 por pessoa física e de R$ 5.294,38 por estabelecimento, conforme resolução estadual, uma vez que estes devem prezar pela segurança dos seus colaboradores e consumidores.

Atualizado às 16h50, de 02/12/2021 - LR

O governador do Estado de São Paulo, João Doria, anunciou na tarde desta quinta-feira (02) a redução no intervalo necessário entre a aplicação da segunda dose da vacina contra a covid-19 e a administração do reforço, passando de 5 para 4 meses, medida válida para os cidadãos imunizados com a CoronaVac, AstraZeneca ou Pfizer.

O político ressalta que São Paulo é "a porta de entrada do Brasil e o país infelizmente não exige esquema vacinal completo dos viajantes", afirmação que reitera a necessidade de manter a população do estado imunizada contra a doença, especialmente após a Secretaria de Estado de São Paulo ter confirmado ontem (1º) o terceiro caso da variante Ômicron.

Tweet do governador

Além de ter reduzido o intervalo para aplicação da dose de reforço, o Comitê Científico do Coronavírus também recuou quando a desobrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre, medida que entraria em vigor no dia 11 de dezembro, mas que devido ao surgimento da cepa Ômicron foi suspensa.

Atendendo recomendação do Comitê Científico, o estado de SP vai manter a exigência do uso de máscara em espaços abertos. Todos os números demonstram que a pandemia está recuando em São Paulo, mas vamos optar pela precaução. O nosso maior compromisso é com a saúde da população.", afirmou o governador.

Matéria original (02/12/2021)

Prefeitura de SP decide cancelar festa de réveillon e manterá uso de máscara

A Prefeitura de São Paulo decidiu cancelar a festa de réveillon desse ano, feita tradicionalmente na Avenida Paulista, grande cartão-postal da cidade. Além disso, a obrigatoriedade do uso de máscaras será mantida, algo que já havia sido sugerido pelo secretário municipal de saúde.

Conforme o Secretário Municipal da Saúde, Edson Aparecido, a medida será anunciada na manhã desta quinta-feira pelo prefeito da cidade e tomada após um estudo, conduzido pela própria gestão do município, sobre a situação epidemiológica da cidade indicar a necessidade de cautela. O cancelamento vem logo após casos confirmados da nova variante Ômicron em São Paulo, dois na capital e um em Guarulhos. O estudo também indica a necessidade de se manter o uso de máscaras na cidade e evitar eventos de grande porte com aglomerações.

A realização do evento não estava confirmada e dependia do quadro epidemiológico da pandemia no município. Na última terça-feira (30), o prefeito Ricardo Nunes chegou a afirmar que a festa aconteceria. A previsão inicial para a flexibilização de máscaras em ambientes externos na cidade de São Paulo estava marcada para o dia 11 de dezembro, conforme o cronograma estadual.

O governo do estado deve anunciar hoje se manterá ou não a liberação de máscaras ao ar livre para todo o estado. Outras cidades também optaram pelo cancelamento da festa de réveillon devido à Covid-19. Recentemente, a prefeitura de Salvador tomou a mesma decisão.


9

Comentários

Governo de São Paulo mantém uso obrigatório de máscaras até 31 de janeiro
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas