LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Huawei Sound Joy: som poderoso para silenciar a concorrência | Análise / Review

01 de maio de 2022 3

Anunciada globalmente em novembro do ano passado, mas oficializada no Brasil apenas no começo desse mês de abril, a Huawei Sound Joy é a primeira caixa de som da empresa chinesa projetada em parceria com a conhecida marca de áudio Devialet.

Mas será que essa parceria conseguiu render bons frutos e o novo dispositivo carrega os aspectos necessários para que a marca consiga bater de frente com grandes concorrentes como JBL e LG? É isso que você descobre a seguir na nossa análise completa.

Construção

Dona de um design requintado, envolta em um tecido especial que oferece proteção a água e poeira com classificação IP67, a Huawei Sound Joy traz consigo um formato que já estamos acostumados a ver nesse tipo de caixa de som, lembrando bastante os modelos Flip, da JBL.

Além dos radiadores passivos em cada um dos lados trazendo a assinatura da Devialet – sendo um deles munido de um anel luminoso, em meio ao acabamento texturizado ainda encontramos dois botões grandes de volume, a marca da gigante chinesa, suportes de apoio e um painel completo para controle de funções, carregamento e encaixe da alça de mão.

A resistência dos botões dispostos no painel é um pouco alta, mas não chega a atrapalhar a experiência de uso. Na verdade, ela pode ser até proposital. Afinal, não seria exatamente positivo ativar o modo de pareamento, pausar a música, ativar o assistente do smartphone ou, pior, desligar a caixa ao manuseá-la sem pretensão.

De qualquer forma, todo o acabamento é de excelente qualidade, deixando a Sound Joy muito bem equiparada aos outros produtos da marca, e o anel luminoso localizado em uma das pontas soma positivamente ao design da caixa, deixando a experiência de uso mais dinâmica.

Mas ele não é só beleza. Além do aspecto estético, o anel também serve para informar o nível da bateria e do volume, recebimento de chamadas e para indicar o modo estéreo (quando a caixa está ligada com outro alto-falante compatível da marca). Para quem procura uma apresentação mais discreta, pode ficar tranquilo que ele pode ser desligado – mas suas cores não podem ser manipuladas.

Qualidade do som

Mas vamos ao que mais importa: a qualidade de som da Sound Joy.

Contando com um sistema de áudio assinado pela Devialet, empresa francesa de áudio mundialmente reconhecida, a poderosa caixinha da Huawei carrega consigo um sistema de alto-falantes bidirecionais, com um tweeter de 10W com cúpula de seda e um alto-falante de frequência plena de 20W. Dois radiadores passivos duplos nas pontas completam o conjunto de especificações.

Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

Colocando tudo isso à prova, temos um som com graves bem presentes, que não chegam a sobrepor outras frequências e mantém uma reprodução relativamente equilibrada na maioria das faixas; mesmo nos volumes mais altos.

No entanto, por vezes pode ser necessário alternar o modo de equalização para uma experiência mais agradável, revezando entre um dos três modos disponíveis no app.

O modo “Devialet”, por exemplo, fecha um pouco as frequências mais altas, sobressaindo com os graves. Isso pode acabar abafando timbres de guitarras em alguns estilos de metal, mas sobressaindo as batidas de um 808 em algumas músicas pop. Mas se você é fã dos estilos mais pesados, fica tranquilo que o modo “Hi-Fi” costuma resolver o problema.

Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

Mas se os modos de equalização são a solução, eles também fazem parte do problema – ou quase isso. Apesar de ser possível mexer com os níveis de grave através de um seletor dedicado no app, o aplicativo da Huawei disponibiliza apenas três modos de equalização: Devialet, Hi-Fi e Voz. Ponto que pode decepcionar quem gosta de ter controle sobre cada faixa de frequência da sua reprodução.

De qualquer forma, quem procura volume, vai encontrar. Mantendo uma certa distância da caixa, é possível chegar à marca dos 79 dBA, sobrepondo com tranquilidade grande parte das campainhas, sendo suficiente para animar uma festinha na beira da piscina.

Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

E por falar em piscina, se seu smartphone não é à prova d’água, pode ficar tranquilo. Graças aos 3 microfones embutidos, você poderá atender uma chamada sem precisar recorrer ao celular conectado. A qualidade do registro é bem semelhante à dos microfones embutidos nos smartphones, garantindo que o outro lado entenderá sua voz com clareza.

Além disso, o atalho de microfone localizado no painel da Sound Joy ainda possibilita que você acione e use o assistente pessoal do seu smartphone, seja ele a Siri ou o Google Assistente. A velocidade de resposta é um pouco comprometida, mas ainda assim é possível executar comandos básicos com alguma adaptação.

Bateria, conectividade e app

Dona de uma bateria de 8.800 mAh, segundo a Huawei, a Sound Joy oferece autonomia para até 26 horas de reprodução; marca que se provou verdadeira ao mensurarmos o consumo do dispositivo ao longo do nosso período de testes.

Com entrada para carregamento USB Tipo-C, o modelo ainda conta com suporte a carregamento rápido de 40 Watts, o que garante 1 hora completa de reprodução mesmo após apenas 10 minutos ligada à tomada.

Conectada a um carregador de 5 Watts e com o cabo que vem na caixa, no entanto, a Joy levou, aproximadamente, longas 08 horas para ir de 0 a 100%. Ou seja, como não vem acompanhada de um adaptador de parede, pode ser um pouco custoso encher os 8.800 mAh com um carregador simples de celular ou uma porta USB comum; então já fica a dica de comprar um carregador mais potente se você está pensando em pegar a nova caixinha da Huawei.

Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

Partindo para conectividade, toda a experiência por aqui se mostrou bastante agradável e ágil. Assim como acontece com outros produtos do gênero, basta ligar a caixa e apertar o botão de pareamento no painel para que o modelo fique disponível para uma nova conexão via Bluetooth.

Ao ser pareada com um smartphone Android ou iOS, o usuário ainda tem a opção, através do aplicativo da Huawei, de realizar algumas configurações e checar alguns status do dispositivo.

Através do Huawei AI Life, é possível acompanhar o nível de bateria do modelo, conferir se há atualizações de firmware disponíveis, realizar ajustes do Bluetooth, escolher entre (apenas) 3 opções de equalização, definir a intensidade dos graves e, até mesmo, definir um tempo para desativação automática caso a caixa não esteja em uso.

Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

Mostrando fazer parte do ecossistema da gigante chinesa, a caixa ainda pode se conectar a outra Sound Joy para formar um sistema de alto-falantes estéreo, trazendo uma experiência de som mais rica. É capaz, ainda, de conectar-se a um smartphone da Huawei apenas com uma simples aproximação e pode ser controlada, facilmente, através do relógio inteligente da própria marca.

Mas há inconvenientes. Apesar das múltiplas possibilidades de conectividade, a caixinha fica devendo na ausência de uma porta auxiliar de entrada, o que implica em ficar limitado a conexão via Bluetooth, e de uma porta auxiliar de saída, o que determina ficar dependente da potência dos alto-falantes embutidos.

HUAWEI AI Life

Desenvolvedor: Huawei Device Co,. LTD

Grátis

Tamanho: Varia de acordo com a plataforma

Conclusão

Comercializada nas grandes redes de varejo por valores que rondam a casa dos R$ 800, a Huawei Sound Joy entrega, sem sombra de dúvida, uma boa experiência de uso, com bateria de longa duração e qualidade de som que supera grande parte das expectativas.

Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

Mas nem tudo é festa! Apesar de ficar em um meio termo quando o assunto é preço, localizada abaixo da JBL Flip 6, mas consideravelmente acima da LG XBOOM GO PL7 – ambas suas concorrentes diretas, a caixinha da Huawei fica devendo em alguns aspectos que podem ser considerados importantes para parte dos usuários.

Além de não possuir um modo mais completo de equalização, permitindo o controle quase que total das frequências, a caixinha não traz consigo uma entrada auxiliar, forçando que o usuário permaneça limitado a conexões Bluetooth e a potência dos alto-falantes embutidos. Além disso, não permite um melhor controle das cores do seu anel luminoso – algo que pode incomodar os mais exigentes.

Mas, como ficou implícito, esses não são pontos chave para boa parte dos usuários. Isso é, se você busca uma caixa de som portátil de bom acabamento, resistente a água, com boa qualidade de som e boa bateria – inclusive com suporte a carregamento rápido, a Huawei Sound Joy pode ser uma excelente opção para você, já que bate de frente com grandes concorrentes tanto em qualidade quanto em preço.

Pontos fracos e pontos fortes

Suporte a carregamento rápidoSom alto e de qualidadeResistente a águaPareamento ágil
Sem porta auxiliar de saída e entradaPoucas configurações de equalizaçãoNão tem como personalizar as luzes

E se você ficou tentado a adquirir uma, como é de costume, os links para as melhores ofertas da Huawei Sound Joy você encontra nos cartões abaixo! Eu fico por aqui, um abraço e até a próxima.


3

Comentários

Huawei Sound Joy: som poderoso para silenciar a concorrência | Análise / Review
Economia e mercado

Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos