LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Steam Deck 2: Valve pretende melhorar a tela e duração da bateria do console, dizem executivos

15 de dezembro de 2022 5

Não é mais segredo que a Valve está preparando o lançamento de uma nova geração do Steam Deck, seu console portátil com processador da AMD. Em entrevista ao The Verge, executivos da desenvolvedora de jogos confirmaram nesta quinta-feira (15) vários detalhes sobre o projeto da nova versão da plataforma.

Lawrence Yang e Pierre-Loup Griffais, engenheiros por traz do Steam Deck, afirmam que a evoluções na tela e autonomia da bateria são prioridades para a próxima geração do console, e as melhorias de desempenho devem ficar para o futuro, quando a companhia tiver certeza de que o novo dispositivo oferecerá um “ganho significativo”, segundo Griffais.

(Imagem: Petar Vukobrat/Unsplash)

Com isso, os executivos deixaram claro que o objetivo do sucessor do Steam Deck é melhorar a experiência visual e a duração da bateria, deixando possíveis mudanças em seu processador e memória para uma revisão posterior, uma vez que a atual plataforma “Aerith SoC” — projetada com a AMD — ainda é mais eficiente que as soluções da concorrência.

Segundo Griffais, o Aerith SoC ainda entrega alto desempenho consumindo pouca energia — apenas entre 8 e 12 watts —, o que é excelente para garantir que os gamers fiquem on-line por mais tempo. “Não acho que você verá ofertas baseadas em chips para notebooks superando essa eficiência dentro de algumas gerações”, disse o especialista.

Consoles rivais ostentam os processadores mais recentes da AMD, como o GPD Win 4, que saiu da fábrica equipado com o Ryzen 7 6800U. Esse processador de 8 núcleos que atinge clock de 4,7 GHz possui arquitetura Zen 3+ de 6 nanômetros, que está um passo à frente do Aerith SoC utilizado no Steam Deck, baseado em Zen 2 de 7 nanômetros.

Embora a Valve pareça mais interessada em otimizar o software do Steam Deck, os executivos afirmam que a próxima versão terá melhorias no sistema de ventilação, construção da bateria, botões e outros detalhes que visam aprimorar a qualidade geral do console.

(Imagem: Reprodução)

Os entrevistados não arriscaram dar previsões para o lançamento de uma nova versão do Steam Deck, mas o ecossistema da marca pode se tornar ainda mais completo — e a conquista de mais de 4 mil jogos compatíveis é apenas o início.

Além das expectativas para uma segunda geração do Steam Controller — descontinuado em 2019 —, a Valve pretende trazer melhorias a nível de software para tornar a experiência de jogos entre console e PC mais fluida e com controles granulares para gráficos e áudio.


5

Comentários

Steam Deck 2: Valve pretende melhorar a tela e duração da bateria do console, dizem executivos
Economia e mercado

Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos