LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Lenovo Legion Y530: bom desempenho e corpo compacto, mas implora por SSD | Análise / Review

08 de abril de 2019 36

O Legion Y530 é a resposta da Lenovo para o crescente mercado gamer de entrada, buscando competir com modelos como Samsung Odyssey, Dell G3 e Acer Aspire Nitro 5.

Para descobrir se seu notebook é realmente uma boa opção aos consumidores brasileiros, a Lenovo nos cedeu uma unidade do Legion Y530 para testes, sendo essa a versão com GPU Nvidia GeForce GTX 1050, processador Intel Core i5-8300H , 8 GB de RAM e 1 TB de HD.

Recentemente a empresa lançou também uma versão mais parruda, então se estiver pensando em conseguir resultados ainda melhores do que os encontrados aqui basta gastar um pouco mais.

Design e construção

O Legion Y530 tem no design um dos principais atrativos para os gamers mais "introvertidos", o que pode agradar também quem busca apenas um notebook potente e com boa mobilidade, mas para tarefas como edição e renderização de fotos ou vídeos.

O corpo do notebook é construído quase que inteiramente em plástico, com textura na parte externa que ajuda a criar um visual mais premium e ótimo aproveitamento frontal, entregando assim dimensões mais do que razoáveis para um modelo com tela de 15,6 polegadas.

Além das dimensões compactas de 36 x 26,7 x 2,52 cm, seu peso de 2,3 kg é ligeiramente abaixo do que temos na categoria, o que ajuda a transportar o Legion Y530 por aí por períodos maiores sem sentir tanto desconforto.

Não fosse o "Y" em LED branco na parte externa do Legion Y530 ele poderia facilmente se passar por um modelo voltado para ser uma workstation portátil, e não para o meio gamer.

Já para o lado negativo temos especialmente a posição da câmera frontal, que por ficar rente ao teclado acaba entregando um ângulo de visão que desagrada. A qualidade da câmera também não é das melhores, mas fica dentro do esperado para realizar videochamadas.

Na parte frontal do Legion Y530 temos as duas saídas de som, das quais falaremos logo abaixo. A lateral esquerda abriga uma porta USB 3.1 e a conexão combo para fone e microfone. Do lado oposto temos mais uma USB 3.1 e um botão especial para manutenção.

A parte traseira do notebook é onde ficam todas as demais conexões, incluindo USB-C, mini DisplayPort, mais uma USB 3.1, HDMI, RJ-45, entrada de energia e trava Kensington.

As entradas/saídas de ar ficam tanto abaixo do Legion Y530 quanto em grades que pegam desde a parte lateral até a traseira dos lados direito e esquerdo. Isso permite boa dissipação de calor ao usar o notebook sobre uma bancada, mas apoiá-lo no colo pode não ser a ideia mais sábia especialmente ao executar tarefas mais intensas e/ou em dias quentes.

Seu teclado é no padrão ABNT e conta com três níveis de iluminação graças ao LED na cor branca, sendo eles: desligado, médio e alto. A posição do teclado incomoda em um primeiro contato, mas após algum tempo de uso será possível se adaptar sem problemas.

É válido destacar ainda que o touchpad tem sensibilidade razoável para navegação web, mas certamente um mouse é obrigatório ao jogar, especialmente em títulos como FPS ou MOBA.

Tela e áudio

O Legion Y530 tem um painel IPS LCD de 15,6 polegadas com resolução Full HD que pode ser inclinado em até 180º, o que é ótimo para mostrar o que está sendo exibido para outras pessoas em reuniões, por exemplo. O ângulo de visão é muito bom e o nível de reflexo também, mas o brilho poderia ser um pouco mais alto para melhorar a experiência em ambiente externo, ainda que para uso interno seja mais do que satisfatório, mesmo próximo à uma janela.

Se a tela merece destaque, porém, o mesmo não pode ser dito sobre o áudio. Temos uma boa localização dos alto-falantes e um bom nível de graves, mas o volume definitivamente poderia ser mais alto, especialmente considerando a parceria da Lenovo com a Harman-Kardon. Usando headphones você não terá problemas, e a experiência fica muito boa durante os jogos ou para assistir filmes.

Bateria

Eis que chegamos a um ponto delicado do Legion Y530.

O notebook da Lenovo tem uma bateria de 3 células com 52,5 Wh, o que ajuda a tornar seu peso mais leve mas também prejudica a autonomia do dispositivo.

Em uso básico (navegação no Chome, edição de textos no Word e planilhas no Excel) foi possível conseguir em média entre 3 e 4 horas de duração, dependendo se você decidir por usar o brilho em 75 ou 100%. Já para reprodução de vídeos offline essa média aumentou um pouco, ficando entre 4 e 5 horas com as mesmas intensidades de brilho.

Se em uso básico a autonomia não é das melhores, a situação fica ainda pior em jogos, pois além do desempenho ser prejudicado pela otimização de consumo você ainda terá apenas cerca de 2 horas de diversão até que a bateria atinja um nível crítico.

O lado positivo é que o carregador de 135 W não demora tanto para recarregar a bateria, precisando em média de 1 hora e meia a 2 horas para ir de 0 a 100%. Claro, isso vai depender se você está usando o notebook ou não.

Desempenho

O principal fator que faz alguém buscar por um notebook gamer é, muito provavelmente, seu desempenho. Seja em jogos ou em aplicações gráficas, o Legion Y530 se mostrou um companheiro, conseguindo lidar com boa parte dos títulos que testamos com fluidez aceitável.

As exceções ficam para Forza Horizon 4 e Crackdown 3, com o jogo de corrida da Microsoft apresentando travamentos monstruosos em alguns momentos, enquanto o jogo de aventura acabou se saindo um pouco melhor, mas com taxa de quadros média bem abaixo do ideal para uma boa experiência.

Títulos como Overwatch, CS:GO, League of Legends, Fortnite, PES 2019 e Jump Force rodaram com qualidade alta ou superior, enquanto Gears of War 4 foi executado no médio sem maiores problemas.

Abaixo pode ser visto um compilado dos gameplays realizados com o Legion Y530:

Também executamos alguns benchmarks no notebook da Lenovo, com os seguintes resultados:

  • GeekBench: 4.557/13.699/71.626 pontos
  • 3DMark: 1.817 pontos
  • Benchmark Gears of War 4: 55,2 fps (média mínima de 28,3 fps)
  • Benchmark Forza Horizon 4: 46,6 fps (mínima 5,8 fps e máxima de 70,3 fps)

Nossos testes mostraram que o Legion Y530 tem sim potencial para ser uma ótima opção para os gamers, mas é mais do que recomendada a aquisição de um SSD, sendo o uso de um HD de 5.400 rpm a principal crítica em relação ao dispositivo. Enfrentamos travamentos até mesmo em tarefas básicas como navegação web, e os lags apresentados em alguns jogos são característicos da baixa velocidade no acesso aos dados.

O ponto positivo é que o Legion Y530 tem um slot M2 2280 PCie 3.0 x 4, permitindo assim que você use um SSD de alta velocidade sem precisar abrir mão do HD que vem de fábrica para guardar seus dados.

Sistema e conectividade

Algo que vemos logo ao ligar o Legion Y530 pela primeira vez é que o dispositivo vem com poucos aplicativos extras instalados de fábrica, sendo os mais notáveis o antivírus McAfee e alguns utilitários da própria Lenovo para ajudar na manutenção e avisar de ofertas de produtos. Ambos podem ser desinstalados, sendo isso recomendável especialmente no caso do antivírus.

Em conectividade wireless temos uma placa WiFi 802.11ac 1x1 e Bluetooth 4.1, possibilitando que você conecte o notebook tanto a redes WiFi de 2.4 quanto de 5 GHz.

Infelizmente, a porta USB-C não é usada para carregar o Legion Y530 como acontece com alguns outros modelos, sendo necessário carregar a fonte dele por aí.

Conclusão

Preço oficial de R$ 4.999 o coloca na mesma faixa do Dell G3, que tem especificações similares mas vem com HD Híbrido com cache de 8 GB, o que ajuda principalmente no desempenho do sistema operacional.

Ao olharmos para o varejo, o modelo da Lenovo está bem acima do Dell G3, ficando na mesma faixa em que já é encontrado o Dell G7, que vem com a GTX 1050 Ti e também oferece HD Híbrido com cache de 8 GB.

Com isso, podemos indicar o Legion Y530 especialmente para quem quer uma opção mais fina, leve e com design discreto, além de oferecer teclado no padrão brasileiro (algo ausente em muitos modelos gamers do Brasil, que chegam importados), boas opções de conectividade, bom conjunto multimídia e desempenho suficiente para a maioria dos jogos por algum tempo.

Os principais pontos negativos são a bateria e o HD entregue de fábrica, sendo quase que obrigatório colocar um SSD para ter uma experiência satisfatória. Além disso, a posição do teclado pode incomodar em um primeiro contato, a câmera de videochamadas tem um ângulo ruim, e usar o notebook no colo é um incômodo especialmente em dias mais quentes.

Ofertas

36

Comentários

Lenovo Legion Y530: bom desempenho e corpo compacto, mas implora por SSD | Análise / Review
Android

Melhores smartphones: TOP 10 do TudoCelular para você | Abril 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular