169

Nokia Asha 311

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral
Introdução e unboxing

A linha Asha é o que sobrou dos S40, celulares simples da Nokia. Porém, muito mais do que simples, estes celulares contam com tamanha evolução com o tempo, que encostam facilmente no mundo dos smartphones. É o caso deste Asha 311, que pode peitar o interesse de muito consumidor, que procura um smartphone de baixíssimo custo. Com um processador de 1 GHz, 128 MB de memória RAM e tela de 3 polegadas, será que ele desbanca um Android, dos baratos?

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

Infelizmente a Nokia não nos enviou a caixa do gadget. Apenas recebemos um envelope com o celular, carregador e cabo de dados. Porém, oficialmente, a caixa deste Asha acompanha ainda um cartão microSD de 2 GB. Não é muito mimo da empresa, mas é bom lembrar do baixo custo do aparelho. Pelo que custa, está de bom tamanho.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

O carregador é no padrão já adotado pela empresa para seus celulares, mas com entrada microUSB. Esta alteração permite que qualquer cabo microUSB possa carregar a bateria.

Parte externa

O Asha 311 tem cara de smartphone e isso fica explícito na parte externa. A tela é bem preta, quando desligada, impedindo a visualização das bordas do display. Esta é uma tecnologia que os aparelhos Lumias utilizam, deixando a tela totalmente preta. De ponta a ponta. A tela é de 3 polegadas e conta com resolução de 200 x 400 pixels - algo próximo dos 155 pixels por polegada.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

Ainda na frente, encontramos dois botões físicos. Um verde, que atende ligações. Outro vermelho, que desliga a ligação, volta ao menu inicial e ainda liga/desliga todo o aparelho. Fechando o pacote, encontramos ainda um sensor de luminosidade e um LED para notificações.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

Na lateral esquerda, não há qualquer botão. Do outro lado, encontramos os botões de volume e um botão que trava a tela inicial. Diferente de outros Nokias, este botão não destrava a tela. Para isso, você precisa deslizar a imagem do bloqueio para um dos lados.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

Na parte superior, há a entrada microUSB que funciona tanto para carregar a bateria, quanto para enviar ou retirar arquivos da memória do aparelho. Além disso, encontramos uma entrada para fones de ouvido no padrão de 3,5mm.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

Na parte traseira, a Nokia instalou uma câmera de 3,15 megapixels que filma em resolução VGA com 25 quadros por segundo, e o alto-falante para o viva voz, ou música.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

A bateria é o modelo BL-4U de 1.110mAh, com a promessa de até 14 horas de conversa em 2G e 6 horas diretas de papo em 3G.

Dimensões, pegada e peso

Este celular é bem pequenino e com bordas arredondadas, além de ser bem leve. Ele é confortável nas mãos, sem pensar duas vezes. Você consegue controlar todo o dispositivo com apenas uma mão, sem cansar se segurar por muito tempo. As dimensões são: 106 milímetros de altura, por 52 milímetros de largura e 12,9 milímetros de espessura. Soma-se isso aos 95 gramas de peso, já com a bateria instalada e carregada.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

Ele não é o celular mais fino, o que faz com que mesmo com esta espessura e peso, ele ainda faça certo volume na calça jeans. Mesmo aquelas mais largas, onde um celular passa desapercebido, junto de carteira, chaves ou outros gadgets.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

A tampa da bateria é de plástico (assim como todo o aparelho), que é amante de marcas de dedo. É só usar por alguns minutos e suas impressões digitais estarão por toda parte. Este problema existe por conta da tampa receber um tratamento que evidencia o reflexo.

Desempenho do S40

Este é o nome do sistema operacional que a Nokia utiliza em seus aparelhos que não são smartphones. Porém, a Nokia gosta de afirmar, com toda força do mundo, que a linha Asha é sim smartphone. Não há uma regra que delimite quais aparelhos são smartphones, quais aparelhos são mais simples e baratos. Pois é, acabei de encontrar um denominador comum: o preço. Outro limitador de categorias é a possibilidade de rodar mais de um aplicativo por vez.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

Pensando assim, estamos olhando para um feature phone. Porém, pensando por outro lado, estamos olhando para um smartphone. Motivo? Ele tem uma loja de apps que pode instalar algo como o WhatsApp e Angry Birds. Como os aplicativos não rodam ao mesmo tempo, sobra mais memória para rodar melhor tudo que está aberto. Este é o trunfo do S40, ele roda tudo sem dar uma travada que daria um Android que custa algo aproximado dos R$ 399 sugeridos pela Nokia.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

O sistema operacional é leve, rápido e robusto. Nele há uma tela inicial com todos os aplicativos, outra com o discador do telefone e uma final com atalhos de alguns apps. Assim como nos Androids, é possível puxar uma aba superior que aciona alguns recursos do aparelho - como a conexão de dados, Wi-Fi, Bluetooth ou aciona o modo silencioso.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

Nesta aba, também é possível ter acesso para algumas áreas do celular, como escrever uma mensagem nova, ligar para alguém, ou então reproduzir uma canção. Tudo em uma interface bacana, com bordas arredondadas e que não ocupa a totalidade da tela. Infelizmente nada pode ser utilizado nesta aba, cortina, do que o que já está por aqui.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

O teclado apenas conta com a opção de escrita via T9, o antigo - e prático - método de escrita para celulares sem teclado QWERTY. Não combina com um aparelho que quer ser um smartphone, principalmente quando não há qualquer escolha entre modos de entrada de texto - vulgo, novos teclados.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

De fábrica, há um Angry Birds bem simples, o Orkut, Twitter, gravador de voz, rádio FM, leitor de e-mail e só. Nada de produtividade, como leitor de arquivos PDF. Por outro lado, há o serviço padrão de mapas e uma loja de apps que não é algo tão incrível como Google Play ou App Store da vida. Muito pelo contrário, os apps são feios e lerdos para conseguir alguma coisa. Até o Twitter é muito limitado, não conta com a parte de menções. Imagine só.

O navegador é bem simples, mas mesmo assim permite o download de alguns arquivos e ainda utiliza dois dedos para o zoom. Ele não ocorre recheado de animações, mas funciona muito bem, obrigado.

Jogos e multimídia

Jogos, não há muitos jogos por aqui. O Angry Birds está instalado e completo. Para um celular que roda um processador de 1 GHz, em sistema operacional próprio da Nokia e 128 MB de memória RAM, poderíamos encontrar títulos bacanas e bem produzidos. Não é o que acontece. Voltando ao Angry Birds, ele roda muito bem. Não trava e nem reclama - com um app rodando por vez, era de se esperar que ele fizesse tudo com maestria, e faz.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

Na hora de reproduzir músicas, o player é bastante competente, mas não foi capaz de exibir a foto do álbum que coloquei na pasta de músicas. O Asha 311 apenas substituiu por uma imagem aleatória do sistema, deixando a informação da TAG ID3 de lado. No lugar de textos, o player exibe apenas um ícone com o que significa - ou o que você acha que significa. Um pequeno CD não significa que você vai listar os álbuns, mas sim a lista de todas as músicas da biblioteca. É possível reproduzir músicas em segundo plano, controlando a canção pela aba de controle de recursos do sistema.

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311

Na hora de reproduzir vídeos, o celular não faz feio. Ele reproduziu arquivos em 480p sem problemas. O mesmo não pode ser comentado sobre arquivos em alta definição - o que não é um ponto negativo, já que a resolução de tela é pequena. A interface do player é bacana, mas há uma opção que pode confundir muita gente, uma seta na diagonal. Ao tocar, o vídeo é pausado. Não imagino que uma seta na diagonal possa significar "pause".

Nokia Asha 311
Nokia Asha 311
Câmera

Você não está com um aparelho de bela qualidade, criado pela Nokia. A empresa finlandesa sabe como criar bons aparelhos e sensores de imagem, mas não é o caso aqui. Porém, por outro lado, a qualidade é bastante bacana se compararmos os Androids de baixo custo, é superior até.

As fotos tiradas com boa luminosidade, carecem de cores. Este é o único ponto negativo nesta situação. Em baixa luminosidade, não espere nada satisfatório. O mesmo vale para vídeos, que são gravados em resolução VGA. É o suficiente para uma TV tradicional, mas em aparelhos de alta definição, o resultado não é tão bacana assim. A quantidade de quadros por segundo também dificulta o trabalho, são 25.

Pontos fortes e pontos fracos

Pontos fortes

  • Baixo custo
  • Bateria dura muito, muito
  • Quase um smartphone
  • Interface bastante simples

Pontos fracos

  • Player de música poderia ser melhor
  • Poucos apps e quase todos feios
  • Plástico brilhante atrás
  • Interface de vídeo confusa
Conclusão

Se você procura uma forma de economizar dinheiro, mas não quer um celular dos mais simples. Pode ser uma boa pedida. O problema é que é fácil encontrar um Android pelo mesmo preço. O Android oferece o Google Play, que conta com tudo que você já conhece, como Instagram e apps bem feitos.

Como qualquer celular mais simples, há um grande ponto positivo aqui. Dois, na verdade: a bateria dura muito e o sistema não trava, nunca. A câmera é razoável pelo preço e o navegador funciona sem reclamar, com o direito de deitar o celular para ver melhor a página. Por outro lado, o player de vídeo e música é confuso. Muito confuso.

Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

Pelo custo, vale cada centavo

Embalagem e características

Não pudemos avaliar a embalagem, ela não foi enviada

Comodidade

leve e pequeno, encaixa nas mãos

Facilidade de uso

S40 sempre é simples de usar

Multimídia

Ficou devendo pela falta da capa do álbum

Votação Geral

Beira a briga de um Android, mas perde feio se os apps e jogos estiverem na disputa.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Nokia Asha 311