» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
8.454

Apple iPhone 14 Pro

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

Depois de conferirmos o iPhone mais básico e o mais top, chegou agora de analisar o modelo que tem tudo para entregar o melhor custo-benefício da linha, o iPhone 14 Pro. Assim como o Max, ele também traz novo entalhe, tela aprimorada, processador mais veloz e câmeras avançadas para uma experiência superior. Será que muda apenas o tamanho comparado ao mais caro? Vamos conferir tudo o que o iPhone 14 Pro tem a oferecer.

Acessórios

O iPhone 14 Pro vem na mesma caixa pequena do seu antecessor e continua pobre em acessórios:

  • Cabo no padrão USB-C em uma ponta e Lightning na outra
  • Chavinha para a gaveta do SIM card
  • Guia básico de uso
  • Adesivo da Maçã
Design e conectividade

Como você já deve saber, o clássico entalhe que estava presente na linha de celulares da Maçã desde o lançamento do iPhone X em 2017 finalmente foi abandonado. Agora temos um entalhe em formato de pílula que lembra o que já vimos em aparelhos com Android.

Ele fica na parte central e serve para esconder a câmera frontal e os sensores do Face ID. Mas diferente do que já foi visto em modelos da concorrência, no iPhone 14 Pro há animações que integram o novo entalhe com apps e serviços, o que a Apple decidiu chamar de Ilha Dinâmica.

Por mais que o novo recorte passe a impressão de ser menor que o antigo, ele fica em posição mais baixa, o que acaba roubando mais espaço da área útil da tela e pode atrapalhar um pouco em certos conteúdos.

Se a parte frontal finalmente teve mudanças, a traseira continua igual à da geração anterior. A novidade fica apenas para a nova opção de cor roxa, enquanto as demais em preto, prata e dourado continuam disponíveis.

A estrutura de metal possui acabamento brilhante nas laterais. No lado direito temos apenas o botão de energia, enquanto do lado oposto há os dois botões de volume, o slider para silenciar o aparelho e a gaveta para o SIM card. É bom lembrar que o modelo vendido nos EUA não tem entrada para chip físico, enquanto o brasileiro além de ter a gaveta ainda é possível ter duas linhas digitais por eSIM.

Na parte inferior temos a entrada Lightning, o microfone e o alto-falante principal. As medidas são quase as mesmas de antes, assim como o peso. A certificação IP68 continua presente para proporcionar resistência à água e à poeira.

Em conectividade houve apenas uma evolução no Bluetooth que passa para a versão 5.3. O iPhone 14 Pro tem suporte a Wi-Fi de sexta geração, NFC e 5G. O carregamento sem fio segue com suporte máximo a 15W com uso de acessórios MagSafe.

Tela e som

O iPhone 14 Pro possui tela de 6,1 polegadas com resolução de 1179 x 2556 pixels e painel OLED do tipo LTPO que a Apple vende como Super Retina XDR. A taxa de atualização varia entre 10 e 120 Hz a maior parte do tempo, mas consegue ir até 1 Hz quando o Always-on display está ativado.

Sua tela possui brilho forte, tanto quanto o iPhone 14 Pro Max. Isso garante que terá boa visibilidade em qualquer lugar, mesmo que o sol esteja batendo diretamente na tela do iPhone. Além disso, há suporte a HDR10 e Dolby Vision para tirar o máximo proveito de serviços de streaming.

A calibração nativa é excelente e terá cores bastante próximas da realidade. Há o já conhecido recurso True Tone que regula a temperatura das cores a depender da iluminação do ambiente. Sem dúvidas é uma das melhores telas da atualidade.

O iPhone 14 Pro usa o alto-falante de chamadas para canal secundário. Por ser menor que a saída de som na parte inferior, o volume e a reprodução de graves ficam mais limitados. Ainda assim terá som imersivo e de alta qualidade com bom equilíbrio entre graves, médios e agudos.

A potência sonora fica um pouco abaixo do iPhone 13 Pro, o que pode soar um pouco decepcionante, mas está a par de rivais como o Galaxy S22 Plus.

Desempenho

O iPhone 14 Pro vem equipado com o chip A16 Bionic, diferente dos modelos mais baratos da nova série que herdaram o A15 do ano passado. A Apple alega que seu novo hardware é 40% mais potente que os rivais com Android. No entanto, não temos um salto tão expressivo quando comparamos com o iPhone 13 Pro.

Primeiramente temos o nosso teste de velocidade focado no multitarefas e aqui os dois ficam praticamente empatados. Porém, quando se compara com o Galaxy S22 Plus ou Xiaomi 12 Pro, o novo iPhone realmente se mostra mais veloz no carregamento de apps e jogos, assim como na reabertura.


Em benchmarks vemos uma diferença mais significativa entre as duas gerações do iPhone Pro. No caso do AnTuTu registramos um ganho de 150 mil pontos, o que seria equivalente a um salto de quase 20% no poder bruto. E nos jogos?

Todos que testamos rodaram suave na qualidade gráfica máxima. Não é de se espantar que um celular com hardware deste porte não apresente qualquer problema de engasgos. Aqui ele leva vantagem contra os iPhone 14 e 14 Plus por ter tela de 120 Hz para usufruir de fluidez superior.

Bateria

De todos os novos iPhones, este foi o que teve o maior incremento de bateria, saindo de 3.095 para 3.200 mAh. Tudo bem que não é grande coisa ter um aumento de apenas 3%, mas o que importa é que o iPhone 14 Pro até consegue entregar autonomia para o dia todo.


Aqui há um pequeno detalhe que precisa ser comentado: fizemos nosso teste com o Always-on display ligado, como ele vem por padrão. Por mais que o novo hardware consuma menos energia e a bateria tenha crescido, ainda acabou rendendo duas horas a menos do que seu antecessor.

O tempo de recarga não evoluiu e a Apple continua decepcionando neste ponto. Além de ter que comprar o carregador por fora, por mais que você adquira o carregador mais potente da Maçã, ainda terá que esperar mais de uma hora e meia para ter a bateria do iPhone 14 Pro completamente cheia.


Com um bom carregador terá quase um terço da bateria para usar em 15 minutos de carga e mais da metade com meia hora na tomada, o que já garante algo em torno de 10 horas de autonomia.

Câmeras

O conjunto fotográfico do iPhone 14 Pro é similar ao do Pro Max. Temos três câmeras na traseira com a principal estreando o primeiro sensor de 48 MP em um celular da Apple. Além disso, temos duas câmeras de 12 MP, sendo uma com lente teleobjetiva com zoom óptico de 3x e uma ultra-wide com foco automático para macros.

Como temos o mesmo conjunto fotográfico entre os dois modelos mais avançados, a qualidade das fotos é similar. O iPhone 14 Pro registra muitos detalhes com poucos ruídos, cores próximas da realidade e contraste acertado sem matar detalhes das sombras.

Principal | Ultra-wide



Assim como em celulares Android com 48 MP, a câmera do iPhone 14 Pro comprime quatro pixels em um, o que resulta em arquivo final com 12 MP de resolução. O novo sensor permite usar zoom digital de 2x sem perda notável de qualidade, enquanto cores, contraste e alcance dinâmico ficam próximos do que temos por padrão.

A câmera teleobjetiva consegue aproximar bem mantendo a qualidade mesmo quando você fotografa algo que está bastante distante. Pode não ser o melhor zoom do mercado, mas é suficiente para o que a maioria precisa.

Zoom



A ultra-wide impressiona pela qualidade com imagens vívidas sem distorção de lente e com bordas nítidas registrando todos os detalhes, o que é algo bem raro. O HDR funciona bem nesta câmera e o contraste fica próximo ao que é visto na principal. A ultra-wide permite chegar a até 4 cm de distância do que pretende fotografar, o que faz com que registre ótimas macros.

Macros



O iPhone 14 Pro ativa o modo noturno por padrão quando detecta que a luz do cenário é insuficiente para capturar boas fotos. No geral, temos ótimas imagens registradas com a principal, seja em nitidez, cores ou contraste. A ultra-wide já sofre mais e perde definição nas bordas e apresenta um pouco mais de ruídos.

Noturno



A frontal também evoluiu, apesar de manter a resolução de antes, agora traz estabilização óptica para filmagens com menos tremidos e foco automático para que registre boas selfies a qualquer distância.

O iPhone 14 Pro registra ótimas selfies com fotos nítidas e cores sem saturação exagerada. O contraste e alcance dinâmico ajudam a realçar corretamente o tom de pele, enquanto o desfoque de fundo gera um ótimo efeito com o mínimo de erros. Selfies noturnas não sofrem com ruídos e estão entre as melhores que já vimos.

Selfies



Assim como o Max, o iPhone 14 Pro também filma em 4K a 60 fps com todas as suas câmeras. Há estabilização óptica e via software que a Apple chama de filmagem cinemática por conta da fluidez superior. Também há Smart HDR para ampliar o alcance dinâmico mesmo na resolução máxima.

Há também o Modo Ação que faz um pequeno corte para reduzir ainda mais os tremidos e gerar uma filmagem próxima de câmeras dedicadas para esportes. Independente de qual modo você escolha, terá vídeos de qualidade com foco ágil e som limpo e claro.

Software

O iPhone 14 Pro vem com iOS 16 de fábrica e tem como diferenciais o Always-on display e os recursos em volta da Ilha Dinâmica, sendo estes exclusivos para os dois modelos mais caros.

A Ilha Dinâmica na maior parte do tempo é apenas um entalhe em formato de pílula, mas possui pequenos pontos coloridos que alertam quando o microfone ou câmera estão em uso, para que o usuário fique ciente sobre qualquer risco de invasão de privacidade por algum app executando em segundo plano.

E existe o modo ativo em que o entalhe é ampliado para exibir informações de ambos os lados relacionadas a eventos, notificações ou alertas. E temos um terceiro modo que expande o entalhe para uma janela pop-up no topo em aplicativos compatíveis, como o discador ou o reprodutor de músicas.

Claro que ainda há muito a ser explorado em nem todos os aplicativos nativos possuem suporte, assim como apps de terceiros precisam ser adaptados. De qualquer forma, é um extra bacana que não está presente nos iPhones mais baratos.

Rivais

Quais os principais rivais do iPhone 14 Pro? Da Samsung temos o Galaxy S22 Plus que apesar de ser maior e está bem mais barato atualmente, é o modelo do meio da linha top da coreana. Ele garante ótima experiência multimídia, mas perde em desempenho no multitarefas. Em bateria e recarga tem pequena vantagem sobre o iPhone, enquanto em câmera cada um tem seus pontos fortes e fracos, mas a filmadora da Apple é mais completa.

O Xiaomi 12 Pro também é um ótimo top de linha que fica como modelo do meio entre os mais avançados da fabricante chinesa. Ele possui tela do tipo LTPO de 120 Hz e com suporte a Dolby Vision, mas acaba perdendo pro iPhone em brilho e calibração de cores. O Xiaomi também poderia ter maior potência sonora, enquanto fica atrás em desempenho no multitarefas e autonomia de bateria (apesar de compensar no rápido tempo de recarga). O top chinês tem ótimas câmeras, mas o rival da Maçã é melhor neste ponto.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Potente em corpo compacto
  • Experiência multimídia exemplar
  • Desempenho bastante ágil
  • Boa duração de bateria
  • Ótimas câmeras

Pontos fracos

  • Demorado tempo de recarga
  • Preço salgado por apenas 128 GB
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

Seu preço próximo do iPhone 14 Pro Max complica a relação custo-benefício se você não se importa com o tamanho

Embalagem e características

Embalagem traz apenas o básico, nada de carregador ou fone de ouvido

Comodidade

Ele é mais confortável de usar comparado ao iPhone 14 Pro Max, mas é igualmente escorregadio

Facilidade de uso

É o mesmo iOS do outros iPhones com algumas novidades relacionadas ao Always-on display e a Ilha Dinâmica

Multimídia

A experiência multimídia é excelente com bela tela com brilho forte e som potente e de qualidade

Votação Geral

O iPhone 14 Pro é quase tão bom quanto o Pro Max, sendo praticamente o mesmo aparelho em forma mais compacta

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Apple iPhone 14 Pro