» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
1.969

Motorola Moto G60

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

Celular com tela de 120 Hz e câmera de 108 MP era algo exclusivo de top de linha até recentemente, mas agora é possível ter tanta tecnologia sem precisar fazer um financiamento para comprar um celular novo. Tudo isso graças à Motorola que vem ampliando a sua linha Moto G com diversos lançamentos e apostando em preços que cabem no orçamento dos brasileiros. Mas será que tem pegadinha ou o Moto G60 realmente é uma boa compra? O TudoCelular vai desvendar isso nesta análise completa.

Acessórios

O Moto G60 vem em embalagem escura com o logo branco da Motorola e o nome do aparelho em verde. Além do celular, você recebe os seguintes acessórios:

  • Carregador de 20W de potência
  • Cabo USB no padrão C
  • Fone de ouvido básico
  • Capinha transparente de silicone
  • Chavinha da gaveta do SIM card
  • Guia do usuário
Design e construção

O Moto G60 traz corpo de plástico com acabamento brilhante na traseira que reflete muita luz. O modelo chega ao mercado brasileiro em duas opções de cores: essa que testamos que mistura cinza com verde e uma outra com tom dourado.

O G60 é um aparelho grande e parte da culpa está na sua tela esticada de 6,8 polegadas, além de ainda ter um pouco de queixo, normalmente comum em celulares mais baratos. Ele também é pesado devido à generosa bateria de 6.000 mAh.

Dito isso, não espere uma boa pegada de um celular grande e escorregadio, mas a Motorola manda capinha na caixa, o que ajuda a resolver o problema. O leitor biométrico é mais tradicional e segue no logo da marca na traseira. Ele fica em posição confortável e funciona bem respondendo de forma ágil.

Na lateral direita há um botão dedicado ao Google Assistente, como já é padrão em lançamentos recentes da Motorola, além do botão de energia e o controle de volume. Do lado esquerdo há apenas uma gaveta híbrida que permite expandir o armazenamento ao abrir mão de usar um segundo chip de operadora. No topo fica a entrada para fones de ouvido e na parte inferior a entrada USB-C, alto-falante e microfone.

Tela e som

A parte frontal é diferente do G30 que vem com entalhe de gota e do G100 que aposta em dois furos no canto esquerdo para câmeras de selfie. No G60 há apenas um furo central para melhor aproveitamento da área frontal. O painel adotado traz tecnologia IPS LCD com resolução Full HD+ e taxa de 120 Hz, que vem por padrão no modo automático.

Vamos para a primeira notícia ruim? O nível de brilho é apenas razoável. Esse é um ponto que a Motorola vem decepcionando na linha Moto G e esperávamos um brilho mais forte perto de outros intermediários. Você pode acabar sofrendo um pouco para usar o celular fora de casa em dias ensolarados.

O nível de contraste é bom, o que garante cores saturadas e evita ter preto com tom acinzentado. Há suporte a HDR10 compatível com vídeos no YouTube e boa calibração de cores sem pender muito para tons frios como é padrão nos celulares da Motorola.

O Moto G60 poderia se destacar na parte multimídia se não fosse a ausência de som estéreo, mas se nem mesmo o G100 tem duas saídas de som, já era de se esperar que o mais barato também ficasse sem. Pelo menos a potência sonora é alta e não apresenta distorção, só poderia ter um melhor equilíbrio sonoro, já que os médios ficam apagados e os graves são quase inexistentes. A boa notícia é que vem fone de ouvido na caixa.

Desempenho

O Moto G60 vem equipado com Snapdragon 732G, o mesmo chip encontrado no Poco X3 e Mi 11 Lite da Xiaomi, mas em nosso teste de velocidade ele acabou sendo mais ágil no multitarefas. Esta é realmente uma boa notícia, já que recentes aparelhos da Motorola que testamos sofreram para segurar os aplicativos e jogos abertos em segundo plano.


Agora se você é fã de benchmarks pode ficar decepcionado com os números conquistados pelo G60. No AnTuTu ele ficou abaixo dos modelos da Xiaomi com mesmo hardware e está mais próximo do Galaxy A52 que vem com Snapdragon 720G. Isso é realmente importante para você?

E a tela de 120 Hz faz diferença nos jogos? Infelizmente, a GPU Adreno 618 não tem força suficiente para empurrar jogos mais exigentes a 120 fps. Games casuais até tiram proveito deste tipo de tela, mas Call of Duty e PUBG ficaram abaixo dos 60 fps. Pelo menos não vimos nenhum problema de fluidez ao jogar com o Moto G60.

Bateria

A bateria de 6.000 mAh rende bem juntamente com o Snapdragon 732G e a tela de 120 Hz em modo automático. Como ela reduz para 60 Hz quando não é necessário ter uma fluidez maior, foi possível passar mais de um dia longe de tomadas. A fabricante promete autonomia média de 54 horas, mas em nossos testes mais exigentes conseguimos quase 28 horas, o que coloca o G60 entre os melhores que testamos.


O celular vem acompanhado de carregador TurboPower de 20W de potência. A Motorola poderia ter sido mais generosa, já que aqui temos uma bateria grande para recarregar. E como esperado, o G60 leva mais de 2 horas para ir de 0 a 100%, enquanto intermediários da Xiaomi levam metade do tempo.


Uma carga rápida de 15 minutos recupera 14% e chega a 28% com meia na hora, o que já é suficiente para garantir várias horas extras de uso.

Câmeras

O Moto G60 possui conjunto triplo de câmeras, sendo a principal de 108 MP com tecnologia Ultra Pixel que combina nove pixels em um para maior sensibilidade à luz, além de uma secundária de 8 MP com lente ultra-wide (que também serve como macro) e uma terceira responsável pelo desfoque de cenários. Na parte frontal há uma câmera de 32 MP com flash dedicado para selfies.

Principal | Ultra-wide



O Moto G60 registra boas fotos, tanto de dia quanto à noite. Ter um sensor com resolução tão alta realmente ajuda a capturar pequenos detalhes distantes e aqui vemos um grande salto comparado à câmera do Moto G30.

Macro



Por mais que a tecnologia Ultra Pixel prometa capturar muito mais luz, não espere fotos claras no fim de tarde. De qualquer forma, o Moto G60 não sofre com ruídos à noite e ainda tem modo noturno eficiente caso você esteja mais distante da luz.

Padrão | Noturno


A ultra-wide é que poderia ser melhor, mas fica claro que a Motorola torrou todas as suas fichas na câmera principal. A câmera secundária perde detalhes nas sombras, apresenta fotos mais escuras e perde muita nitidez ao fotografar à noite.

A parte mais curiosa é que a câmera secundária traz lente híbrida que também pode ser usada para macros e temos fotos com bom nível de detalhes, sendo possível chegar bastante próximo do que deseja fotografar.

Desfoque



A de desfoque se saiu melhor do que esperávamos para um sensor tão simples. Claro que nem sempre acerta na separação de planos, mas apresenta bons resultados no geral.

A frontal também comprime vários pixels em um para registrar mais detalhes e no geral é capaz de capturar ótimas selfies. Apenas evite forte luz de fundo já que as fotos acabam saindo com luz estourada. Em locais escuros não espere muito do modo noturno, mas pelo menos há flash dedicado para salvar a selfie da escuridão. Já em locais com luz artificial temos fotos granuladas, mas que ainda servem para publicar em redes sociais.

Selfies




Já na parte de filmadora é possível gravar em 4K a 30 fps com a traseira e frontal ou Full HD a 60 fps. Há estabilização na traseira na resolução máxima, mas na frontal terá que ficar limitado à resolução mais baixa se quiser se livrar dos tremidos. A captura de áudio é estéreo e tem boa qualidade.

Software

O Moto G60 vem com Android 11 e a interface limpa da Motorola. Esta versão traz melhor gerenciamento de conversas em aplicativos de mensagens, controle aprimorado de dispositivos conectados e uma abordagem mais prática à privacidade de dados.

O aplicativo Moto reúne toda a parte de customização para dar uma leve retocada na interface da Motorola. É neste app que também encontramos os famosos atalhos da linha Moto G para ativar rapidamente a lanterna ou acessar de forma mais prática a câmera. Em termos de funcionalidades não há nada de diferente, como temos no G100 com a plataforma Ready For.

Já em termos de compromisso com atualizações, a Motorola garante pelo menos um update do Android para o G60. No momento em que testamos o aparelho ele ainda estava com o pacote de segurança de março, o que mostra que manter seus celulares atualizados não é uma prioridade para a empresa.

Rivais

O Moto G60 é um celular bacana, mas será que temos opções melhores da Xiaomi e Samsung? Bem, o Poco X3 NFC sai mais barato quando importado e oferece desempenho quase tão bom, mas perde em bateria. Pelo menos recarrega muito mais rápido, o que acaba compensando. Em câmera, o da Xiaomi é capaz de registrar boas fotos, porém é mais limitado.

O Mi 11 Lite é outra alternativa da Xiaomi com hardware parecido, mas acabou perdendo em nosso teste focado no multitarefas. Pelo menos a bateria dura quase tão bem quanto a do G60 e ainda recarrega rápido. As câmeras são decentes e não superam o que o da Motorola entrega.

Da Samsung temos o Galaxy A52 na mesma faixa de preço. Ele tem boas câmeras e a bateria dura quase o mesmo, porém foi mais lento em nossos testes, parte da culpa está no software mal otimizado da Samsung que pode ser arrumado futuramente. Por outro lado, tem melhor tela e som estéreo para uma melhor experiência multimídia.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Bom desempenho
  • Ótima autonomia de bateria
  • Boas câmeras
  • Flash para selfies

Pontos fracos

  • Brilho da tela poderia ser mais forte
  • Faltou som estéreo
  • Tempo de recarga poderia ser melhor
  • GPU não roda muitos jogos a 120 fps
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O Moto G60 é um celular bacana que não tem preço inflacionado

Embalagem e características

Ele vem com capinha e fone de ouvido na embalagem

Comodidade

É um celular grande, pesado e escorregadio

Facilidade de uso

É o mesmo Android puro dos outros da linha Moto G

Multimídia

Tem tem brilho mediano, mas a falta de som estéreo compromete a boa experiência multimídia

Votação Geral

O Moto G60 é um bom intermediário que acerta em desempenho, bateria e câmeras

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Motorola Moto G60