» Anuncie » Envie uma dica Ei, voc um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
2.339

Samsung Galaxy S10 Lite

Review
Custo - benefcio
Embalagem e caractersticas
Comodidade
Facilidade de uso
Multimdia
Votao Geral

Quando Samsung anunciou a família S10 ano passado, pensávamos que o S10e fosse o modelo lite da geração por ter menos recursos que as versões mais caras. Mas eis que a sul-coreana decidiu tornar as coisas um pouco mais confusas com o lançamento do S10 Lite, que apesar do nome, ele é o maior de todos os membros da linha. Será que temos um celular inferior aos demais ou o nome escolhido não faz jus ao aparelho? É isso que você descobre nessa análise completa do TudoCelular.com

Acessrios

O S10 Lite vem em caixa preta com o nome do modelo estampado na cor prata. Além do aparelho, você encontrará os seguintes acessórios na cor preta:

  • Carregador de 25W
  • Cabo USC no padrão C em ambas as pontas
  • Fone de ouvido com ponteiras em três tamanhos
  • Chavinha para abrir gaveta do cartão SIM e microSD
  • Manuais
Design e construo

Sempre que uma fabricante lança uma variante de celular com o termo Lite no nome, você já imagina que ele seja um aparelho capado. Bem, este é o caso do S10 Lite, mas não necessariamente o seu hardware foi sacrificado para reduzir o custo de produção, mas sim a qualidade de construção e algumas tecnologias não tão essenciais.

O primeiro retrocesso está no material usado na traseira. Enquanto os demais membros da linha S10 são feitos de metal com vidro, o S10 Lite tem traseira em plástico... ou melhor, “Glasstic”, que é como Samsung chama o seu policarbonato especial que tem aparência de vidro. Isso pode ser inaceitável para um celular tão caro, mas veja pelo lado bom: não vai quebrar tão fácil.

A frete é plana como no S10e, mas o furo da tela está menor e agora fica alinhado no centro como na linha Note 10. A traseira ainda é curva nas bordas e as câmeras são agrupadas em um bloco gigante que lembra o S20 Plus. Tudo isso para abrigar apenas três sensores e o nome Super Steady OIS – a tecnologia de estabilização que Samsung parece ter tanto orgulho.

O que você perde no S10 Lite? Não há certificação IP68 para protegê-lo de água e poeira. Nada de carregamento sem fio também. Entrada para fones de ouvido? Terá que usar um adaptador para USB-C. É basicamente isso, demais tecnologias como NFC, Wi-Fi AC e Bluetooth 5.0 estão presentes.

O leitor biométrico fica na tela, diferente do S10e que traz um mais básico na lateral. E outra mudança está na tecnologia: sai a ultrassónica e entra a óptica, que é mais rápida e não sofre com películas de proteção. É interessante ver que o modelo Lite tem biometria mais avançada.

Tela e som

A tela do S10 Lite não faz parte da grife Dynamic AMOLED. Aqui temos um painel Super AMOLED Plus, que traz de diferencial para a tela do Note 10 Lite o suporte a HDR10+. Isso quer dizer que este aqui é melhor para conferir conteúdo em HDR no YouTube e Netflix.

O brilho máximo da tela também supera o do Note 10 Lite e chega muito próximo do S10 Plus. Samsung realmente não economizou no painel desta vez. Você terá contraste infinito, excelente ângulo de visão, ótima reprodução de cores no modo Natural e nada de reflexos excessivos no vidro por não ter bordas curvas.

Diferente da família S10, o Lite não tem traz duplo alto-falante com som estéreo. O som sai apenas pela parte inferior do aparelho. Apesar de ser mono a qualidade não decepciona, mas há excesso de agudos e os graves são praticamente inexistentes. Há o Dolby Atmos que não ajuda de nada.

O fone que vem na embalagem tem qualidade decente e é confortável. Ele se conecta na porta USB-C, o que evita ter que usar adaptador.

Desempenho

Enquanto o S10 nacional veio com Exynos 9820, Samsung apostou no Snapdragon 855 para a variante Lite. Ou seja, você pode não ter o hardware mais avançado da Qualcomm, mas não terá que se contentar com processador de intermediário.

Em nosso teste de velocidade tivemos resultado bom, mas poderia ser melhor. Ele ficou um pouco abaixo do S10 Plus, mas na prática nem dá para reparar na diferença. O S10 Lite consegue segurar muitos aplicativos abertos com seus 6 GB de RAM e a interface responde bem aos comandos.


Em benchmarks vimos uma diferença considerável nas pontuações, especialmente no AnTuTu que chega a passar de 100 mil pontos de vantagem para o S10 Lite. Em jogos não precisa se preocupar, o hardware da conta de garantir excelente fluidez mesmo na configuração mais alta de cada game – exceto quando começa a aquecer. Depois de algum tempo jogando PUBG ele acabou reduzindo o fps, mas não comprometeu a jogatina.

Cmera

No S10 Lite você tem um conjunto triplo de câmeras, com a principal tendo sensor de 48 MP, o mesmo que equipou uma enxurrada de intermediários que testamos em 2019. Há lente grande-angular com campo de visão de 123 graus e uma terceira que serve apenas para macros.

A câmera registra fotos com qualidade similar à de celulares chineses com mesmo sensor. Diferente de outros da Samsung, ele não satura as fotos e tem cores mais suaves. Se você curte cores mais vivas para aproveitar a tela Super AMOLED do aparelho, então vai curtir os resultados da câmera ultra-wide.

Com ela você consegue capturar muito mais dos cenários, mas o software que deveria cuidar da distorção de lente não faz um bom trabalho. Os cantos das fotos ficam distorcidos e há excesso de ruídos, especialmente em locais com iluminação mais fraca. E por ter abertura focal menor, terá fotos mais escuras.

Principal | Ultra-wide




Celulares intermediários sempre pecam ao fotografar à noite. Por padrão você terá fotos escuras com o S10 Lite, mas ele não sofre tanto com ruídos e ainda consegue manter bom nível de detalhes e cores.

Para ajudar a enxergar em locais mais escuros você pode ativar o modo noturno. Diferente de outros da Samsung que testamos, o S10 Lite não aumenta o tempo de exposição para deixar mais luz entrar no sensor, mas sim aumenta bastante o ISO para termos fotos mais claras. A diferença final é grande, mas em troca você terá imagens bastante granuladas.

Com a ultra-wide ele acaba sendo mais conservador e não abusa tanto do ISO. Assim terá fotos mais escuras, porém com menos ruídos.

Macro




A câmera macro é a mesma que vimos no A51 e A71, e faz o mesmo bom trabalho. Você conseguirá registrar pequenos detalhes de objetos, plantas e animais, mas desde que respeite a distância de 5 cm, já que o S10 Lite também não tem foco automático nesta câmera.

Apesar de não ter hardware dedicado para medição de profundidade, o S10 Lite até consegue fazer um ótimo trabalho com efeito retrato. Ele separa bem os planos sem apresentar muitas falhas.

Normal | Modo noturno



A frontal registra ótimas selfies de dia e em locais fechados com boa iluminação. O modo retrato também funciona bem e não erra muito onde deve realizar o desfoque. Já à noite as texturas perdem qualidade e você pode usar o modo noturno para compensar isso, mas terá fotos mais granuladas. Talvez usar o flash de tela seja uma melhor opção dependendo do cenário.

O Snapdragon 855 tem capacidade de gravar em 4K a 60 fps, e aqui no S10 Lite não é diferente. Desfoque de fundo também está disponível em vídeos e funciona muito bem. Ainda há espaço para melhorias, mas já está usável. Outro destaque fica para o Super Steady OIS, o sistema de estabilização que tem seu nome estampado na traseira. Ele realmente acaba com os tremidos.

Selfie | Retrato




Filmagens noturnas não apresentam tantos ruídos, desde que você evite gravar com a ultra-wide ou usar o Super Steady. O foco é ágil seja de dia ou noite e a captura de áudio é muito boa. No geral, o S10 Lite é um bom celular para gravação de vídeos seja com as câmeras traseiras ou frontal.

Bateria

Os celulares top de linha da Samsung nunca impressionaram em bateria. Mesmo o S10 Plus com seus 4.100 mAh ou o Note 10 Plus com 4.300 mAh ficam atrás de modelos chineses com baterias menores. Este não é o caso do S10 Lite. Tudo bem que ele tem bateria maior, mas fica claro que o Snapdragon 855 ter maior eficiência energética que o Exynos da Samsung.


Em nosso teste sua bateria durou um dia e meio. Para aqueles que fazem uso leve é capaz de ter carga para dois dias facilmente. E mesmo quem é mais hardcore e não larga o telefone um minuto, terá bateria para o dia todo com folga.


A melhor parte é que o S10 leva pouco mais de 1 hora para recarregar. O mais curioso é que o Note 10 Lite tem exatamente mesma bateria e carregador e passa mais tempo na tomada. E comparado ao S10 Plus a diferença é ainda maior.

Software

O S10 Lite sai da caixa com Android 10 modificado pela One UI 2.0, o que deve garantir que ele receba pelo menos uma grande atualização para a próxima versão do robozinho. A experiência que tivemos é boa, apenas percebe-se pequenos engasgos nas animações.

Os recursos são os mesmos presentes em qualquer outro Galaxy com esta versão do software da Samsung, e isso inclui o tema noturno que ajuda a reduzir fadiga visual e economizar bateria, além do Tela Edge para adicionar vários atalhos que podem ser acessados de qualquer tela do sistema.

Rivais

O S10 Lite chegou por R$ 3.999. É um valor bastante caro se considerarmos que o S10 Plus já pode ser encontrado por menos que isso. Se ele custasse menos, poderíamos chamá-lo de o Pocophone da Samsung – um celular que fica perdido entre o segmento de intermediário e top de linha.

Ele tem suas qualidades, mas não vale o que pedem nele. Curtiu o S10 Lite? Então espere o preço cair para perto de R$ 2 mil... vai demorar um pouquinho, mas valerá a pena. Ele é melhor que o Note 10 Lite? Apenas a câmera fica um pouco abaixo, especialmente a ultra-wide. De resto o S10 Lite é melhor, seja tela, desempenho, bateria e tempo de recarga.

Se está com pressa e busca um bom celular com Snapdragon 855 há o Mi 9T Pro que custa metade. Ele tem a mesma câmera, porém é um pouco mais lento e sua bateria rende menos. Você troca o furo na tela por câmera pop-up, mas isso vai do que gosto de cada um.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Tela de qualidade
  • Bom desempenho
  • Bateria de ótima duração
  • Recarrega rápido
  • Boas câmeras

Pontos fracos

  • Acabamento poderia ser melhor
  • Falta entrada P2
  • Falta som estéreo
  • É grande para ser um modelo Lite
Avaliao final do Tudocelular
Custo - benefcio

O S10 Lite chegou muito caro e no vale os R$ 4 mil que Samsung pede nele; melhor esperar o preo cair pela metade

Embalagem e caractersticas

Embalagem vem com o essencial para usar o S10 Lite, mas faltou um adaptador para P2

Comodidade

O Galaxy S10 Lite um celular grande e que escorrega fcil da mo; pelo menos vem capinha na embalagem

Facilidade de uso

A One UI facilita o uso do aparelho com apenas uma mo, mas em um celular to grande quanto o S10 Lite no chega a ajudar muito

Multimdia

A tela Super AMOLED Plus tem tima qualidade, mas faltou um som estreo para uma melhor experincia multimdia

Votao Geral

O Galaxy S10 Lite um celular legal e at melhor que os demais da linha em bateria e tempo de recarga, mas perde algumas tecnologias

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy S10 Lite