» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
3.599

Samsung Galaxy S23 Plus

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

Depois de analisarmos o Galaxy S23 e o S23 Ultra, chegou a hora de conferir o modelo do meio que promete entregar o melhor custo-benefício dos três. Nesta geração temos poucas diferenças para o modelo menor da linha. Mas será que a escolha deve ser feita apenas pela preferência de tamanho? É isso que vamos descobrir nesta análise do TudoCelular.

Acessórios

O Galaxy S23 Plus vem em embalagem escura com uma ilustração na cor do aparelho que você escolheu. A Samsung alega que toda a embalagem é feita de material 100% reciclado e o modelo nacional traz carregador na caixa. Além do celular, você recebe os seguintes acessórios:

  • Carregador de 25W
  • Cabo USB no padrão C em ambas as pontas
  • Chavinha da gaveta do cartão SIM
  • Guia do usuário
Design e conectividade

Começamos pelo design e aqui temos poucas mudanças. Basicamente, a primeira coisa que você vai reparar é que o bloco de câmeras foi removido e agora temos os três sensores alinhados verticalmente de forma independente, como é visto no S23 Ultra.

O corpo de metal foi reforçado e agora suporta mais impactos. As peças traseira e frontal de vidro também foram aprimoradas para a geração Gorilla Glass Victus 2, tudo isso sem interferir na espessura e no peso do aparelho. A certificação IP68 continua presente para proteção contra água e poeira.

A parte frontal continua plana com bordas finas e furo central para a câmera de selfies. As laterais são levemente curvadas e com aspecto brilhante que combina com a cor da traseira do aparelho. O Galaxy S23 Plus está disponível nas mesmas cores do S23 e incluem violeta, preto, creme e verde. Há também outras tonalidades disponíveis exclusivamente pela loja da Samsung.

O sensor biométrico continua incorporado à tela e usa tecnologia ultrassônica para fazer a leitura da digital e reconhece rapidamente o dedo cadastrado. Os botões de energia e volume ficam na lateral direita. No topo do aparelho temos apenas um microfone, enquanto na parte inferior temos mais dois microfones, a entrada USB-C, a gaveta para dois chips e o alto-falante principal.

Em conectividade temos 5G, Wi-Fi de sexta geração, NFC e Bluetooth 5.3. Não foi dessa vez que a Samsung aprimorou o carregamento sem fio que continua limitado a 15W de potência. A recarga reversa na traseira do aparelho também possui a mesma limitação de 4,5W de antes.

Tela e som

O Galaxy S23 Plus mantém a tela de 6,6 polegadas com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz. Por mais que o painel adotado ainda seja o Dynamic AMOLED 2x, a Samsung aprimorou os materiais de construção para reduzir o consumo de energia. Será que tal mudança realmente impacta na autonomia de bateria? Veremos logo mais.

O nível de brilho é o mesmo da geração passada e garante ótima visibilidade em qualquer tipo de cenário. A tecnologia Vision Booster chega à segunda geração e traz otimização superior de contraste para garantir uma imagem mais nítida mesmo sob luz solar direta.

A taxa de atualização não teve mudanças e o painel continua alternando entre 48 e 120 Hz. Diferente do S23 Ultra que possui painel LTPO para melhor controle da taxa de atualização, o S23 Plus faz esse ajuste apenas via software, mas até que reduz rapidamente a velocidade quando você fica alguns segundos sem tocar na tela para ajudar a economizar bateria.

A parte sonora não teve evolução em potência e ainda fica abaixo do modelo mais caro da linha. De qualquer forma, o S23 Plus garante ótima experiência com filmes, jogos e músicas com áudio bem equilibrado entre graves, médios e agudos. O alto-falante de chamadas entrega potência similar ao alto-falante inferior para uma experiência equilibrada. Há equalizador com suporte a Dolby Atmos que oferece vários perfis de customização.

Desempenho

O Galaxy S23 Plus vem com a plataforma Snapdragon 8 Gen 2 customizada pela Samsung. Ela traz processador e GPU mais rápidos comparado a outros celulares com o mesmo hardware da Qualcomm. A decepção fica para a quantidade de RAM, sendo os mesmos 8 GB da geração passada. Apenas o Ultra possui 12 GB e será a escolha daqueles que usam muitos apps ao mesmo tempo


Mas será que é preciso ter muita memória para uma boa experiência? Em nosso teste padronizado de velocidade focado no multitarefas vimos que o Galaxy S23 Plus consegue segurar tranquilamente muitos apps abertos ao mesmo tempo e foi consideravelmente superior ao seu antecessor. No AnTuTu tivemos um ganho de quase 500 mil pontos, o que mostra um belo salto entre gerações.

A Samsung também aprimorou o sistema de dissipação que agora traz uma câmara de vapor maior para lidar com o aquecimento. Com isso temos melhor desempenho em jogos em longas jogatinas e menor queda de desempenho em benchmarks. Todos os jogos que testamos no S23 Plus rodaram suave na qualidade máxima e com todos os extras gráficos ativados.

Bateria

A bateria cresceu 200 mAh nessa geração, assim como aconteceu com o Galaxy S23. Pode parecer pouco, mas a tela mais econômica e o Snapdragon mais atual garantem uma autonomia de bateria muito maior e deixa o S23 Plus entre os melhores que testamos e muito próximo do S23 Ultra com 5.000 mAh.


O tempo de recarga ainda decepciona e leva mais de 1 hora para encher totalmente a bateria. O S23 Plus tem suporte a carregamento de até 45W, mas vem com carregador de apenas 25W na caixa. Enquanto isso, celulares da Motorola e Xiaomi levam metade do tempo para ter a bateria completamente cheia.


Se você estiver com pressa e fizer uma carga rápida de 15 minutos terá menos de 30% recuperados. Com meia na hora na tomada terá pouco mais da metade da bateria, o que já é suficiente para mais de 10 horas de uso moderado.

Câmeras

O conjunto fotográfico traseiro do S23 Plus é o mesmo do modelo menor e também herda os sensores e conjunto de lentes do seu antecessor. Temos uma câmera de 50 MP com sensor ISOCELL da Samsung com abertura focal f/1.8 e estabilização óptica, ultra-wide de 12 MP com sensor Sony IMX 564 com campo de visão de 120 graus e uma teleobjetiva com resolução de 10 MP e zoom óptico de 3x.

A qualidade das fotos capturadas é similar à da geração passada e isso já era esperado por conta do hardware reaproveitado pela Samsung. No entanto, pequenos ajustes no software mostram alguns avanços. O S23 Plus tem um sistema de controle de ruídos menos agressivo, o que não chega a destruir os detalhes das sombras como antes, mas por outro lado há granulação nas partes mais escuras das fotos.

Principal | Ultra-wide



Assim como visto no S23, o Plus também registra imagens nítidas com cores vibrantes e contraste na medida. O HDR funciona bem e ajuda a balancear as partes mais claras com as mais escuras para evitar que o que você deseja fotografar seja ofuscado pelo sol de fundo.

A câmera teleobjetiva ainda segue fazendo upscale nas imagens como na geração passada para termos fotos na mesma resolução da principal. A boa notícia é que isso não impacta na qualidade das fotos e temos imagens bastante nítidas. O zoom máximo, no entanto, já mostra uma queda considerável na qualidade.

Zoom



A ultra-wide não mostra avanços, mas também continua registrando ótimas fotos. As bordas apresentam um pouco de suavidade e as cores saem um pouco mais frias comparado ao que temos na câmera principal. O modo noturno ajuda a compensar a menor abertura focal dessa câmera e não temos fotos tão escuras como é padrão em muitos celulares.

Macro


Por falar em modo noturno, a Samsung vem promovendo a linha Galaxy S23 como o maior salto já visto em termos de fotografia noturna. Realmente dá para perceber que o novo top de linha coreano registra imagens mais limpas em locais com pouca luz. Não apenas isso, mas agora é preciso esperar menos tempo para que o celular processe a imagem e faça as melhorias devidas.

Noturno



A única novidade em câmera fica para a frontal que agora traz sensor de 12 MP, o mesmo presente nos demais da linha. Entre as novidades há HDR aprimorado para selfies com cores mais vibrantes, melhor controle de luz de fundo e redução de ruídos em locais com baixa luz. É notável o salto de qualidade comparado ao S22 Plus, especialmente em locais com pouca luz. Só o modo retrato que às vezes resulta em fotos borradas.

Selfies



A filmadora traz de novidade a possibilidade de gravar vídeos em 8K a 30 fps com a principal. As demais câmeras seguem com filmagens em 4K a 60 fps. Há estabilização eficiente para lidar com os tremidos, o foco é ágil e a captura de som é limpa e lida bem com ruídos de vento. Nesse ponto, o S23 Plus fica bastante próximo do Ultra.

Software

Assim como os demais membros da linha, o Galaxy S23 Plus também sai da caixa com Android 13 modificado pela One UI 5.1. No momento em que estamos, o aparelho estava com pacote de segurança defasado e atrás do S22 Plus aqui no Brasil.

O sistema é o mesmo de outros que receberam a One UI e apresenta alta fluidez com ótimo tempo de resposta. Há muitos recursos para aprimorar a usabilidade e alto poder de customização, especialmente se você usar o Good Lock com seus vários módulos. O Samsung Dex está presente para transformar o celular em PC ao seu conectado em monitor ou TV via Wi-Fi.

Por padrão, o sistema alterna a velocidade da tela de forma automática, mas você pode travar em 60 Hz se não se importa com fluidez e prefere que a bateria dure mais. Também é possível ampliar a RAM usando parte do armazenamento e o aparelho até reserva 4 GB por padrão. Você pode expandir para 8 GB se acha que precisa usar muitos apps pesados ao mesmo tempo.

Rivais

O Galaxy S23 Plus é melhor do que o iPhone 14 Plus? O modelo da Maçã tem tela de apenas 60 Hz, mas supera o Galaxy em potência sonora. O iPhone também é mais rápido no multitarefas e sua bateria dura o mesmo, mas acaba demorando mais para recarregar. Em câmeras, podemos dizer que os dois ficam próximos com o Galaxy levando vantagem por conjunto mais completo.

O Edge 30 Pro também é um forte concorrente. Ele possui tela com taxa de atualização superior e fica empatado com o Galaxy em velocidade, mas acaba perdendo em bateria. Pelo menos o top da Motorola vem com carregador mais potente que leva menos tempo para encher a bateria. Em câmeras é o Galaxy que leva vantagem com melhores fotos e vídeos.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Design mais moderno
  • Tela com brilho forte
  • Som estéreo equilibrado
  • Ótima autonomia de bateria
  • Boas câmeras

Pontos fracos

  • Tempo de recarga poderia ser melhor
  • Modo retrato sofre em locais escuros
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

Custo-benefício pode ser mais interessante comparado aos demais da linha

Embalagem e características

Caixa traz carregador de 25W como único extra

Comodidade

Ele é maior e mais escorregadio do que o Galaxy S23 e não vem com capinha na caixa

Facilidade de uso

Mesma One UI 5.1 presente nos lançamentos recentes com diversos extras e alto poder de customização

Multimídia

Tela tem o mesmo brilho de antes; som não teve ganho em potência, porém tem melhor qualidade

Votação Geral

O Galaxy S23 Plus traz pequenas melhorias comparado ao antecessor e se torna uma escolha ainda mais sólida

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy S23 Plus