» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
1.229

Samsung Galaxy A23 5G

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

O Galaxy A23 ganhou uma versão 5G que chegou ao mercado nacional no início de 2023. Ele vem com tela grande, Snapdragon 695, boa quantidade de memória, câmera de 50 MP e bateria com a promessa de render o dia todo. Nesta análise do TudoCelular você vai conferir tudo o que ele tem a oferecer e em que se diferencia da versão mais antiga.

Acessórios

O Galaxy A23 5G vem em caixa branca tradicional no mesmo estilo dos demais lançamentos da Samsung. Além do celular, você recebe:

  • Carregador de 15W de potência
  • Cabo USB no padrão A em uma ponta e C na outra
  • Chavinha da gaveta do SIM Card
  • Guia do usuário
Design e conectividade

O Galaxy A23 é visualmente idêntico em suas duas versões. Temos mesmo tamanho, espessura e peso. Até mesmo as opções de cores são iguais, estando disponíveis em azul, preto e branco. Essas semelhanças podem acabar confundindo os consumidores na hora da escolha.

Como o Galaxy A23 5G é um lançamento de 2022 que chegou ao Brasil apenas esse ano, ele ainda traz o design mais antigo da Samsung com bloco saltado que abriga todas as câmeras, diferente dos modelos mais atuais com as câmeras organizadas de forma independente na traseira.

O seu corpo é feito de plástico com acabamento fosco, o que torna o celular menos escorregadio, mas em troca acumula mais marcas de dedo, especialmente na cor preta. A traseira tem leve curvatura nas bordas, assim como as laterais. A parte frontal é composta por vidro plano com proteção Gorilla Glass 5 contra impactos e riscos.

O A23 não traz nenhuma proteção contra água e para quem busca tal resistência terá que investir no Galaxy A33 com certificação IP67. A qualidade de construção é boa para a categoria, enquanto as bordas, apesar de não serem das mais finas, estão dentro do esperado para o segmento. Há entalhe em formato de gota com borda inferior mais larga do que as demais.

A Samsung vem removendo a entrada para fones de ouvido em seus intermediários, mas como aqui ainda temos um projeto mais antigo, há o conector na parte inferior do aparelho. Na lateral esquerda temos uma gaveta tripla para uso de dois cartões SIM e um microSD ao mesmo tempo. O leitor biométrico fica integrado ao botão de energia e está sempre ativo para reconhecer a digital ao encostar o dedo.

Na parte de conectividade o que muda é que este traz suporte a redes móveis da nova geração e uma versão mais atual da tecnologia Bluetooth. Ainda temos Wi-Fi de quinta geração e NFC para completar o pacote do intermediário coreano.

Tela e som

O Galaxy A23 5G vem com tela de 6,6 polegadas com resolução Full HD+ e painel PLS LCD de 120 Hz. A taxa de atualização é o único avanço comparado ao modelo 4G com tela de 90 Hz. Isso garante maior fluidez de navegação no modelo mais recente, mas não espere ver os jogos aproveitando a taxa de atualização superior.

O nível de brilho não é dos mais altos, porém está na média do que vemos no segmento em celulares com tela LCD, como é padrão da Xiaomi e Motorola. É neste ponto que o A23 fica abaixo do A33 que traz painel AMOLED com brilho, contraste e ângulo de visão superiores. Ainda assim, o A23 apresenta contraste acima de outros do segmento com tela LCD.

A calibração nativa está bastante próxima do considerado ideal, com a exceção do branco ser levemente azulado. Não há as opções de calibração como temos em modelos mais caros da linha. A taxa de atualização vem em modo dinâmico por padrão que alterna a velocidade entre 60 e 120 Hz a depender da demanda. Há o modo padrão que trava o painel na velocidade inferior.

Há apenas uma saída de som na parte inferior do aparelho, o que limita a áudio mono. Apesar de frustrante ver a Samsung ainda lançando intermediários sem som estéreo, a potência sonora e o bom equilíbrio entre graves, médios e agudos acabam compensando.

Desempenho

O A23 vem equipado com o Snapdragon 695, um chip bastante popular entre celulares intermediários 5G. Aqui temos dois núcleos da série A78 com mais seis da linha A55 para um bom equilíbrio entre desempenho e consumo. O intermediário da Samsung traz 4 GB de RAM para lidar com o multitarefas, mas seu desempenho com vários apps abertos não é dos melhores.


O modelo 5G ficou um pouco acima da variante 4G em nosso teste de velocidade. Também vimos o mesmo acontecer em benchmarks com uma diferença de quase 100 mil pontos no AnTuTu. E nos jogos?

Como visto em outros com Snapdragon 695, este também roda com tranquilidade qualquer game disponível para Android. No PUBG é possível ter boa experiência na opção HD com extras ativados. No Call of Duty poderá deixar as configurações no muito alto e com demais recursos gráficos habilitados.

Bateria

O Galaxy A23 5G é mais um intermediário da Samsung com bateria de 5.000 mAh, mas acabou rendendo menos que os modelos A23 4G e o M23, que também possuem a mesma capacidade energética.


Ainda assim terá autonomia para o dia todo com uso moderado. Caso jogue por horas ou use muito a câmera terá que fazer uma nova recarga no final do dia. O carregador que vem na caixa entrega até 15W de potência, apesar de o aparelho ter suporte oficial de no máximo 25W.


É basicamente o que foi visto na versão 4G do A23 e este também demora 1 hora e 40 minutos para ter sua bateria completamente recarregada. Com uma carga rápida de 15 minutos terá 17% recuperados e 34% com meia hora na tomada

Câmeras

O conjunto fotográfico do Galaxy A23 5G é o mesmo do modelo 4G. Temos câmera de 50 MP com estabilização óptica, ultra-wide de 5 MP e duas câmeras de 2 MP, sendo uma dedicada para macros e outra para desfoque de cenários. A frontal de 8 MP também é a mesma nos dois modelos.

A câmera do intermediário da Samsung registra boas fotos em dias ensolarados com cores sem saturação exagerada e contraste correto com ampla faixa dinâmica. O HDR funciona bem em fotos no fim de tarde com o sol de fundo e evita que a pessoa saia ofuscada, o que é comum em celulares desse segmento.

Principal | Ultra-wide



Há atalho para zoom 2x no app de câmera que faz apenas um corte na imagem padrão sem usar qualquer técnica avançada para reduzir a perda de qualidade. Ao aproximar algo que está distante terá imagens com baixa nitidez e praticamente descartáveis. O desfoque de fundo acerta, desde que evite ficar próximo à vegetação.

Zoom


A ultra-wide captura imagens com definição inferior por conta do sensor ser de baixa resolução. Ao ampliar uma foto verá que a mesma fica pixelada e as bordas apresentam suavidade excessiva. A qualidade cai ainda mais ao usar essa câmera à noite. Temos fotos escuras, borradas e tomadas por ruídos.

Desfoque


Macro


A câmera principal faz fotos decentes à noite sem sofrer muito com ruídos. O modo noturno ajuda a recuperar detalhes perdidos nos pontos mais escuros e ajusta cores e contraste para algo mais próximo da realidade. Em troca, os ruídos ficam mais aparentes, assim como as texturas mais distantes com qualidade inferior.

Noturno



Não espere muito da câmera macro, o sensor de baixa resolução e a falta de foco automático limitam os detalhes que podem ser capturados. A frontal registra selfies decentes e dentro do esperado quando há boa iluminação. À noite terá fotos escuras e com poucos detalhes, então tente ficar próximo de alguma fonte de luz.

Selfies



A filmadora grava em Full HD a no máximo 30 fps com a câmera principal, ultra-wide e frontal. Há estabilização óptica apenas na mais avançada, enquanto a mais ampla conta com estabilização eletrônica. Ambas as implementações conseguem reduzir bem os tremidos, o foco é ágil e a captura de som estéreo tem boa qualidade.

Software

O intermediário coreano foi lançado com Android 12 e recebeu a versão 13 do robozinho no começo do ano com a nova interface One UI da Samsung. No momento em que testamos, ele estava com pacote de segurança de janeiro, o que mostra um certo atraso por conta da Samsung Brasil.

O software reserva 4 GB do armazenamento para expandir a RAM e buscar melhorar o desempenho multitarefas. Como vimos em nosso teste, essa configuração não ajuda tanto e talvez por conta da má otimização de software não da quantidade de memória em si.

A One UI do A23 apresenta bom desempenho e está dentro do que se espera de um intermediário mais acessível. Há vários recursos para customização, mas não espere ver todos os extras da Samsung presentes nos modelos mais caros.

Rivais

O Galaxy A23 5G é mais uma boa opção de celular intermediário com suporte a redes da nova geração, mas a Samsung tem outras opções com preço similar que podem acabar valendo mais a pena, como é o caso do Galaxy M23 que tem o mesmo tamanho, traz processador mais potente, entrega melhor desempenho multitarefas, sua bateria dura mais e a câmera ultra-wide é melhor.

Da Motorola temos o Moto G53 como alternativa também com 5G. Ele é um celular mais compacto que também traz tela de 120 Hz. Seu hardware é um pouco inferior, mas se saiu melhor em nosso teste de velocidade focado no multitarefas. A bateria dura menos e também demora para recarregar. E para quem curte fotos com cores mais vibrantes, vai gostar da câmera do Moto G53.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Conectividade 5G a baixo custo
  • Tela de 120 Hz
  • Bom desempenho em jogos
  • Bateria para o dia todo
  • Câmera com estabilização óptica

Pontos fracos

  • Tela inferior aos concorrentes
  • Desempenho abaixo da média
  • Câmera ultra-wide fraca
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

Há opções melhores no mercado na mesma faixa de preço, mas pode ser interessante para quem faz questão do 5G

Embalagem e características

Embalagem traz apenas o básico, incluindo um carregador de 15W

Comodidade

O Galaxy A23 é um celular grande escorregadio; ele não vem com capinha na caixa

Facilidade de uso

É o mesmo Android de outros aparelhos, mas fica devendo alguns recursos comparado aos superiores da linha

Multimídia

Tela LCD tem brilho decente, mas peca na calibração de cores; o som tem boa qualidade, apesar de ser mono

Votação Geral

O Galaxy A23 5G é um bom celular acessível com a nova rede móvel

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy A23 5G