» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
529

Xiaomi Redmi 4a

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral
Introdução e unboxing

O Redmi 4A é o modelo mais básico dentro da linha de entrada da Xiaomi. Além dele, temos o Redmi 4, Redmi 4X e Redmi 4 Pro. O diferencial entre estes três está no acabamento feito em metal, enquanto o 4A aposta no bom e velho plástico para baratear a produção.

A caixa do Redmi 4A é totalmente branca e conta com o nome do aparelho no topo de forma discreta, que pode ser visto nitidamente apenas contra a luz. Na lateral temos o nome do aparelho mais uma vez, enquanto na traseira temos algumas especificações, como o chipset e quantidade de memória.

Além do smartphone, dentro da embalagem encontramos o carregador padrão internacional com 2A de saída, o cabo USB com conector microUSB, chave para abrir a gaveta do cartão SIM e microSD, além do guia de instruções. E como já esperado, o Redmi 4A não vem com fone de ouvido.

Design e tela

O Redmi 4A vem com corpo simples feito em plástico que ao primeiro olhar pode parecer de metal, mas não esconde a sua simplicidade. Isso nem chega a ser um problema, já que estamos falando de um aparelho lançado por menos de US$ 100.

O modelo analisado é na cor dourada com frente branca, mas ele pode ser encontrado em cinza claro, cinza escuro e também azul. Na lateral direita temos o botão de ligar/desligar e as teclas de controle do volume. Na lateral esquerda há a gaveta híbrida, que permite escolher usar dois chips de operadora ou um chip e um cartão microSD.

Na parte superior temos a entrada P2 para fones de ouvido, o infravermelho que permite usar o celular como controle remoto e um microfone. Na parte inferior temos a entrada micro USB e o microfone de chamadas. Por fim, na traseira encontramos o alto-falante do Redmi 4A.

Em tela, temos um painel IPS LCD de 5 polegadas, que em nossos testes apresentou ótimo nível de brilho, superando modelos até mais caros. Em teste externo o painel também ofereceu boa visibilidade. Em reprodução de cores, podemos escolher entre cores mais vívidas ou mais frias na tela do aparelho ao escolher entre três perfis de calibração na MIUI.

Desempenho e jogos

O aparelho da Xiaomi possui um chip Snapdragon 425 com quatro núcleos a até 1,4 GHz, GPU Adreno 308, 2 GB de RAM e 16 GB de espaço para o armazenamento interno, expansível via cartão microSD de até 256 GB, tudo isto precisando lidar com uma tela IPS LCD de 5 polegadas com resolução HD.

Em benchmarks tivemos resultados de um smartphone de entrada, com 35 mil pontos no AnTuTu ou até 1.800 pontos no GeekBench. Aqui não há muito o que comentar, o Redmi 4A está na faixa de outros aparelhos que custam de R$ 500 a R$ 700. No entanto, seu diferencial está em oferecer 2 GB, o que permite segurar mais apps rodando em segundo plano.

Resultados em benchmarks:

  • AnTuTu: 35 mil pontos
  • GeekBench: 686 no single-core e 1.803 no multi-core
  • 3D Mark: 55 pontos no SlingShot Extreme
  • GFX Bench: 6,1/2,8 FPS no Manhattan e 14/7,7 FPS no T-Rex

Em jogos usamos a ferramenta Gamebench para medir a taxa de quadros por segundo no Redmi 4A. Apesar de o smartphone da Xiaomi não ter alcançado a taxa ideal para uma boa jogabilidade, no geral ele agrada mais do que desagrada. Em jogos mais leves conseguimos ótima fluidez – algo que alguns smartphones básicos não conseguem.

Em um teste prático de velocidade, abrimos alguns apps para medir quanto tempo o Redmi 4A demora para abri-los e reabri-los. Na lista selecionada temos os apps de Câmera, Galeria e Configurações enquanto outros foram baixados, como Facebook, WhatsApp, Chrome, Netflix, Spotify, Photoshop, Pokémon Go e Asphalt 8.


A abertura foi realizada exatamente nesta ordem, contando o tempo a partir do momento em que o cronômetro foi iniciado e sendo feita uma marcação ao final do primeiro ciclo para vermos se a segunda etapa seria executada mais rapidamente, pois todos os apps e jogos teoricamente já estariam armazenados na RAM.

Neste teste, o Redmi 4A demonstrou o porquê da Xiaomi ser quase venerada pelos adeptos da importação, pois mesmo contando com especificações simples e um preço muito baixo o dispositivo conseguiu apresentar bons resultados, precisando de 1 minuto e 37 segundos para abrir todos os apps na primeira volta, e apenas 30 segundos para trazê-los de volta na segunda.

Câmera

Câmera nunca foi o forte da Xiaomi e no Redmi 4A não temos nada de espetacular. No entanto, o aparelho faz o básico e faz bem quando há boa iluminação. Na traseira temos um sensor de 13 megapixels com abertura f/2.2 e capacidade de gravação de vídeos em Full HD. Na parte frontal há uma câmera de 5 megapixels com a mesma abertura f/2.2 mas limitada à resolução HD em vídeos.

O software de câmera é o mesmo presente em outros smartphones da linha Redmi 4. Temos HDR, modo de embelezamento de rosto, timer, modo de cena, panorama, HHT e manual. Este último, no entanto, só oferece controle de ISO (100 a 3200) e balanço de branco com quatro opções de escolha além do automático.

Em vídeos temos uma qualidade razoável quando gravados durante o dia, enquanto à noite a câmera apesar de capturar imagens claras, sofre com queda constante de quadros, o que deixa o vídeo meio instável. A pior parte, no entanto, está no microfone de péssima qualidade, que captura um som muito baixo e abafado.

Bateria

A bateria de 3.120 mAh aguenta um dia inteiro de uso, chegando ao início da noite com um pouco de carga. Em nossos testes, usando o carregador padrão de 2A fornecido com o aparelho, foram necessárias 2 horas e 06 minutos para encher totalmente a bateria; após 1 hora conectado à tomada você consegue aproximadamente 59% de carga.

Em nosso teste foi possível usar o aparelho por 17 horas e 47 minutos quando o mesmo entrou em modo de economia de energia ao atingir 5% de carga restante, sendo o suficiente para você correr até uma tomada. Durante o teste o Redmi 4A permaneceu com a tela ligada por 8 horas e 31 minutos.

Realizamos 10 ciclos de testes que incluíram:

  • 60 minutos de navegação no Chrome;
  • 300 minutos de WhatsApp, Spotify, Music Player, Video Player e YouTube (60 minutos cada);
  • 60 minutos de jogos (Pokémon Go, Subway Surfers, Injustice, Asphalt 8, Modern Combat 5 e Candy Crush Saga);
  • 60 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps (20 minutos cada);
  • 40 minutos de chamadas de voz via 3G/4G;
  • A temperatura permaneceu entre 24 e 32°C.
  • O consumo em standby ficou próximo a 2% a cada hora percorrida
MIUI 8

O Redmi 4A vem com Android 6.0.1 Marshmallow com interface MIUI 8.5.1. Neste momento em que este review foi feito, o aparelho testado estava com pacote de segurança referente ao mês de maio. Possivelmente veremos o Android Nougat sendo lançado para o dispositivo, assim como a MIUI 9 até o final do ano, mas por enquanto não há uma data concreta.

Aqui temos os mesmos recursos encontrados em outros aparelhos com MIUI, como os temas, clonagem de apps, tela separada, entre outros. O desempenho geral é razoável, mas está acima do que as rivais oferecem.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Tela IPS LCD de boa qualidade
  • Bom desempenho
  • Ótima autonomia de bateria
  • Boas fotos em ambientes iluminados
  • Relação custo-benefício

Pontos fracos

  • Gaveta híbrida
  • Falta iluminação nos botões
  • Tela sem proteção contra riscos
  • Gravação de áudio
  • Fotos e vídeos noturnos
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O Redmi 4A oferece ótimo custo-benefício, ainda mais se for importado e você tiver a sorte de não ser taxado. No Brasil ele pode ser encontrado por valor razoável.

Embalagem e características

Embalagem é bastante simples e não oferece fone de ouvido, mas pelo preço cobrado pela fabricante não há muito o que esperar aqui.

Comodidade

O Redmi 4A é um aparelho compacto e confortável de ser usado. Apesar de traseira em plástico lisa, ele não escorrega com facilidade.

Facilidade de uso

A MIUI é uma interface bastante modificada, o que pode complicar a vida de quem nunca teve um smartphone da Xiaomi antes.

Multimídia

O Redmi 4A apresenta tela IPS LCD de boa qualidade e ótima autonomia de bateria, mas o som de baixa qualidade e falta de fone de ouvido podem incomodar.

Votação Geral

O Redmi 4A pode não ser um smartphone que empolga, mas ele entrega mais que os rivais na mesma faixa preço, o resulta em ótimo custo-benefício.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Xiaomi Redmi 4a