LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Zenfone 5Z com Android Pie sacrifica bateria por pontos em benchmarks

26 de janeiro de 2019 25

ASUS começou a cumprir sua promessa de atualizar a família Zenfone 5 entre o final de 2018 e início desde novo ano. O Android 9 Pie está chegando oficialmente para os brasileiros que compraram a variante intermediária, enquanto o 5Z está sendo contemplado inicialmente em outros mercados. Isso não nos impediu de realizar a atualização manual para já adiantar os testes.

Como será que a ZenUI renovada se sai no gerenciamento de autonomia? Para manter a carga de 3300 mAh pelo maior tempo possível, mesmo com todo o poder de processamento do Qualcomm Snapdragon 845 exigindo energia por trás.

Mais Notícias

Em nossa simulação de uso real utilizamos o dispositivo com uma lista de aplicativos com tempos predeterminados. Quando essa lista é completa, consideramos o fim de um ciclo, pausando o uso por 30 minutos até recomeçar.

Medimos o consumo com o auxílio do aplicativo GSam Battery Monitor, além da opção padrão nas configurações do sistema, buscando definir o tempo de uso e de tela, bem como detalhes como temperatura e apps que mais consomem a carga. Eis a lista, com os respectivos tempos de uso:

6 minutos de uso (cada) - WhatsApp, Youtube, MX Player, Spotify, PowerAmp (música offline) e Chrome;
1 minuto (cada) - Pokémon Go, Asphalt 8, Subway Surfers, Candy Crush, Modern Combat 5 e Injustice;
4 minutos de chamadas em 3G/4G;
2 minutos de uso (cada) - Facebook, Gmail e GMaps

Teste de velocidade

Iniciamos o nosso teste conferindo o desempenho do Android Pie na abertura de apps e jogos no Zenfone 5Z. Na primeira volta notamos que o Zenfone 5Z ficou um pouco mais rápido, levando 2 segundos a menos para carregar todos os apps e jogos.

Na segunda volta, no entanto, as animações atrasaram um pouco a reabertura dos aplicativos, o que fez com que o Zenfone 5Z levasse os mesmos 59 segundos de antes. No geral, a diferença na velocidade entre o Oreo e o Pie foi de milésimos de segundo.

Benchmarks

Se no tempo de abertura e carregamento de apps e jogos não vimos uma diferença notável com o Android Pie, na pontuação de benchmarks percebemos um pequeno incremento. A maior diferença vai para o AnTuTu, chegando a alcançar 30 mil pontos a mais do que antes.

Em testes gráficos também vimos um pequeno ganho no 3D Mark e GFX Bench, mostrando que a GPU do Zenfone 5Z está sendo melhor utilizada após esta atualização. Será que isso ajudará no desempenho real com jogos? Veremos logo mais.

  • AnTuTu: 300.274
  • GeekBench: 2.460/8.954 e 14.071
  • 3D Mark: 4.746 (OpenGL ES) e 3.813 (Vulkan)
  • GFX Bench: 53/61 fps (Manhattan) e 60/152 fps (T-Rex)
Jogos

O Zenfone 5Z continua com o mesmo ótimo desempenho em jogos de antes, rodando tudo de forma fluida dentro das limitações do Android – já que alguns jogos são travados para rodar a 30 fps, enquanto no iOS temos 60.

Em duração de bateria ao jogar, vimos uma pequena queda, mas ainda é possível ficar em média 5 horas longe de tomadas.

Jogo FPS CPU GPU Memória
Asphalt 8 30 3% - 625 MB
Clash Royale 60 4% - 427 MB
Injustice 2 30 5% - 830 MB
Modern Combat 5 60 5% - 642 MB
PUBG Mobile 30 6% - 747 MB
Subway Surfers 60 4% - 330 MB
Vainglory 60 4% - 914 MB

GameBench

Desenvolvedor: GameBench Ltd

Preço: grátis - oferece compras no app

Tamanho: Depende do dispositivo

Autonomia de bateria

Enquanto muitos esperam que a bateria dure mais com o Android Pie, aqui vai uma má notícia: o rendimento do Zenfone 5Z foi reduzido. Antes era possível tirá-lo da tomada no início da manhã e ter carga ainda no meio da noite em uso moderado.

Agora o smartphone da Asus acaba descarregando um pouco mais cedo, entregando uma autonomia de 1 a 2 horas a menos. Para ter carga para o dia inteiro terá que fazer um uso bastante leve.

Para ter a bateria completamente recarregada é preciso esperar mais de 1 hora e meia. Sendo um tempo um pouco maior do que antes. A autonomia de bateria também caiu em reprodução de vídeos. Se você assiste muito no celular, com o Android Pie o Zenfone 5Z acaba rendendo 2 horas a menos.

Curiosamente, em gravação de vídeos tivemos um pequeno ganho. A diferença não chega nem a 10 minutos, mas qualquer ganho é sempre bem-vindo. Já em videochamadas também tivemos uma redução na duração de bateria, mas a diferença foi de apenas 10 minutos.

Conclusão

O que vemos com essa atualização para o Android Pie, é que o Zenfone 5Z manteve o mesmo bom desempenho de antes, mas teve perda considerável em bateria. Em troca disso o aparelho consegue números maiores em benchmarks, mas isso será irrelevante para a maioria dos usuários.

Para quem deseja conferir as novidades da nova ZenUI, é interessante atualizar o aparelho, até mesmo para manter a segurança em dia. Mas para quem está preocupado apenas com o rendimento em desempenho e bateria, seria mais interessante continuar no Oreo por mais um tempo.

Transmissão encerrada!

10/1/2019 - 00.03

Obrigado pela companhia e até a próxima.

10/1/2019 - 00.02

No relatório final temos 12 horas e 31 minutos de tempo total após nove ciclos completos com quase seis horas e meia de tela ligada (a ZenUI mostrou dados diferentes, mas que não conferem com nosso registro manual e do GSam). A pauta será atualizada em breve com o vídeo e demais resultados dos testes gravados.

9/1/2019 - 23.53
9/1/2019 - 23.43

E o Zenfone 5Z acaba de desligar.

9/1/2019 - 23.11

Estamos agora nos momentos finais do teste.

9/1/2019 - 22.58

Tivemos um consumo maior agora neste ciclo e ficaram apenas 6% de carga que provavelmente não permitirá fechar o décimo ciclo, mas seguiremos para ver quanto tempo de tela teremos.

9/1/2019 - 22.41
9/1/2019 - 21.45

Com 19% ao final do oitavo ciclo, estamos agora com 18% para o nono.

9/1/2019 - 21.16
9/1/2019 - 20.19

E já estamos no oitavo ciclo do teste.

9/1/2019 - 20.09

Temos agora 31% de carga após fechar o sétimo ciclo com o Zenfone 5Z.

9/1/2019 - 19.57
9/1/2019 - 19.01

Já estamos rodando o sétimo ciclo.

9/1/2019 - 18.21

Temos agora 41% de carga após o sexto ciclo, apontando para 10 ciclos no total. O que você acha? MX Player e Youtube são os vilões da bateria.

9/1/2019 - 18.20
9/1/2019 - 17.40

Nós fechamos o quinto ciclo com 51% de carga, já pausamos e estamos agora no sexto ciclo.

9/1/2019 - 17.03
9/1/2019 - 16.14

O quinto ciclo já foi iniciado.

9/1/2019 - 15.36

Estamos em novo intervalo após encerrar o quarto ciclo com 63% de carga.

9/1/2019 - 15.27
9/1/2019 - 14.33

Iniciado o quarto ciclo com 71% de carga restante, mantendo a média de 1% a cada 30 minutos em stand-by.

9/1/2019 - 14.32

Estamos com 72% de carga para ir ao quarto ciclo.

9/1/2019 - 14.31
9/1/2019 - 13.26

O terceiro ciclo já está em andamento, tendo sido iniciado com 81% de carga.

9/1/2019 - 12.37

Com 82% de carga fechamos mais um ciclo.

9/1/2019 - 12.37
9/1/2019 - 11.45

Segundo ciclo iniciado com 90% de carga.

9/1/2019 - 11.13

Fechamos o primeiro ciclo com consumo de 8%. Voltaremos para a segunda rodada após 30 minutos de pausa.

9/1/2019 - 11.11
9/1/2019 - 10.19

Teste oficialmente iniciado.

9/1/2019 - 10.18
9/1/2019 - 10.14

Com um pouco de atraso, mas já estamos iniciando os testes com o Zenfone 5z atualizado para o Android Pie.

O Asus ZenFone 5Z está disponível na Carrefour por R$ 2.139. O custo-benefício é bom e esse é o melhor modelo nessa faixa de preço. Para ver as outras 57 ofertas clique aqui.
(atualizado em 24 de abril de 2019, às 18:52)

25

Comentários

Zenfone 5Z com Android Pie sacrifica bateria por pontos em benchmarks
Android

Melhores smartphones: TOP 10 do TudoCelular para você | Abril 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular