» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
5.035

Asus ROG Phone 5s

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

O mercado nacional anda escasso de celulares para gamers e às vezes modelos mais antigos que chegaram por aqui ainda podem ser uma boa escolha para aqueles que priorizam a jogatina. O ROG Phone 5s foi lançado no Brasil no final de 2021 por quase R$ 7 mil, mas agora no começo de 2023 pode ser encontrado pela metade do preço, o que o torna uma compra bastante interessante. Mas será que ainda vale a pena? É isso que esta análise do TudoCelular vai ajudar a responder.

Acessórios

O ROG Phone 5s vem em embalagem escura com o logo pontilado no estilo da traseira do aparelho. Além do celular, você recebe os seguintes acessórios:

  • Carregador com 65W de potência
  • Cabo USB no padrão C
  • Adesivos ROG metalizados
  • Guia do usuário
  • Capinha de plástico rígido
  • Chavinha da gaveta do SIM Card
Design e conectividade

O ROG Phone 5s é uma versão turbinada do ROG Phone 5 que chegou primeiramente ao mercado. Os dois têm muito em comum, inclusive o design. Ele é um celular com acabamento caprichado feito com corpo de metal e traseira de vidro com Gorilla Glass 3.

O visual deste celular gamer da Asus não chega a ser muito excêntrico, especialmente na cor preta. Há o logo RGB na traseira formado por diversos pontos que acendem em ritmo e cores diferentes. É possível customizar a intensidade e o efeito para que o LED responda de acordo com o recebimento de chamadas e notificações. Também é possível fazer a sincronização com músicas e jogos.

Quanto ao restante do design não há nada de muito atrativo. O bloco de câmeras é estreito e alinhado na horizontal, diferente dos celulares tradicionais que temos no mercado. Há três sensores e um flash em LED que não ocupam muito espaço na traseira. Há algumas escritas com desenhos e setas para complementar o apelo gamer, além de pequenos pontos na pintura na parte inferior.

A parte frontal é mais tradicional e também foge do que temos em celulares populares. Aqui não há entalhe para a câmera frontal, seja gota ou furo, mas sim as tradicionais bordas que eram comuns em modelos mais antigos. Elas têm duas propostas: ajudar na pegada ao segurar o celular na hora de jogar e também dar mais espaço para um sistema mais robusto de som.

O destaque do ROG 5s fica para os gatilhos ultrassônicos na lateral direita do aparelho. Eles ficam próximos das bordas para garantir uma pegada confortável mesmo para quem possui mãos pequenas. Esses gatilhos funcionam como botões virtuais que respondem pelo sensor de toque na lateral e ajudam na jogabilidade, especialmente em games de tiro.

Na lateral esquerda do ROG temos a conexão proprietária para os acessórios e uma porta USB-C mais veloz que a principal na parte inferior do aparelho. Ela conta com DisplayPort 1.4 para transferência de vídeo e suporta resolução máxima Ultra HD a 30 Hz. O slot para dois chips fica mais abaixo tem cor diferente para se destacar. Do lado direito temos o botão de energia e de volume mais ao centro, enquanto o leitor biométrico fica na tela e responde bem.

O celular gamer da Asus é um aparelho com conectividade 5G com suporte a Wi-Fi 6e, Bluetooth 5.2 e NFC. Ele não possui nenhuma resistência contra água e nem traz carregamento sem fio.

Tela e som

O ROG 5s possui tela de 6,78 polegadas com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 144 Hz. O painel AMOLED adotado pela Asus entrega brilho forte, cores vibrantes e amplo ângulo de visão. Há suporte a HDR10+ e como o painel adotado é do tipo 10-bit, ele consegue reproduzir mais de 1 bilhão de cores diferentes.

A calibração de cores por padrão está próxima do ideal e há vários perfis e opções para você deixar a imagem do jeito que você gosta. O sensor de toque responde a 300 Hz para reduzir o tempo de resposta e aprimorar a experiência com jogos.

O celular gamer da Asus tem duas saídas frontais de som, o que deixa a experiência mais imersiva que aparelhos tradicionais com alto-falante na parte inferior. O áudio é limpo e potente, mas tende a exagerar nos graves por padrão. Como aqui temos alto-falantes maiores com amplificador dedicado, é possível sentir um grave mais cheio do que é normal ouvir em celulares comuns.

Se você busca uma experiência sonora mais equilibrada e menos forçada para os graves, poderá usar o equalizador de 10 bandas que dará muitas opções para deixar ao seu gosto. Além disso, o sistema de vibração consegue usar ondas sonoras como resposta tátil em games compatíveis para ampliar a imersão.

É bom ver um celular top de linha com entrada para fones de ouvido. O conector P2 do ROG é especial e conta com amplificador dedicado para extrair a máxima qualidade de fones profissionais. Além disso, ele traz melhorias para reduzir a latência de áudio com som via Bluetooth.

Desempenho

Até aqui nada de diferente comparado ao ROG Phone 5. O grande destaque para o 5s fica para o hardware mais potente. Este vem equipado com o Snapdragon 888 Plus, uma versão turbinada do Snapdragon 888 presente no outro modelo. O processador é mais veloz, enquanto a GPU é a mesma. A Asus implementou um sistema de dissipação mais eficiente para garantir que este modelo não esquente mais que o outro.

Esperávamos ver desempenho multitarefas ainda melhor devido ao processador mais veloz, mas aconteceu justamente o contrário. O ROG 5s não foi apenas mais lento para abrir e carregar os aplicativos, como acabou recarregando alguns. É bom lembrar que quando testamos o ROG Phone 5, ele estava com Android 11 e o novo está na versão 12. Será que a Asus falhou na otimização de software?


O rendimento em alguns benchmarks também está menor neste modelo, como é o caso do AnTuTu que ficou 50 mil pontos abaixo. Pelo menos não vimos o desempenho nos jogos ser comprometido, já que este é o foco do ROG Phone 5s. Ele rodou PUBG e Call of Duty na qualidade máxima com tudo ativado e de forma suave.

Os gatilhos podem ser configurados como os botões virtuais dos jogos. Fica mais confortável jogar games de tiro e também programar macros de atalhos importantes.

Bateria

O ROG Phone 5s vem com os mesmos 6.000 mAh de bateria do outro modelo e apresentou bom rendimento em nosso teste padronizado. A parte decepcionante é que acabou durando menos, o que mais uma vez reforça que o software do 5s não está bem otimizado.


É bom lembrar que o teste foi realizado no modo de uso dinâmico como vem por padrão. O ROG Phone possui um Modo X que aprimora o desempenho para extrair mais do seu hardware e consequentemente vai fazer a bateria durar menos.


O celular top da Asus vem com carregador de 65W e levou 1 hora e 16 minutos para ter sua bateria completamente cheia. Aqui também fica abaixo do outro modelo que vem com mesmo carregador. Uma carga rápida de 15 minutos recupera 25% e chega a 50% com meia hora na tomada.

Câmeras

Câmera nunca é o forte de celulares do tipo gamer, mas será que o ROG Phone 5s é diferente? Aqui temos um sensor principal de 64 MP com abertura focal f/1.8, ultra-wide de 13 MP com abertura focal f/2.4 e uma terceira para macros com resolução máxima de 5 MP.

Se o novo software comprometeu o desempenho e autonomia de bateria, pelo menos em câmera vimos um avanço comparado ao ROG Phone 5 testado anteriormente. O software de controle de ruídos está menos agressivo e não mata os pequenos detalhes dos cenários e sombras.

Principal | Ultra-wide



O HDR ainda não é totalmente efetivo, mas agora faz um melhor balanço entre as partes mais claras e escuras. É possível fotografar ao final de tarde com o sol de fundo sem você sair completamente ofuscado na foto.

O desempenho fotográfico à noite também evoluiu. Ele não chega a competir com os melhores das outras marcas e ainda sofre com queda de nitidez e excesso de ruídos. No entanto, está melhor do que vimos no ROG 5 e consegue superar outros celulares focados em jogos.

Desfoque


Zoom


A ultra-wide registra fotos mais escuras por conta da menor abertura focal e perde mais detalhes em cenários com alta vegetação. Pelo menos as cores estão a par da câmera principal e o HDR funciona bem com esta câmera, não sofrendo com luz de fundo. As fotos noturnas apresentam mais ruídos, mas não chega a ser inutilizável como acontece com alguns celulares chineses.

O zoom é apenas digital. Você até consegue aproximar bastante sem uma perda considerável de qualidade. A macro captura boas fotos, só poderia ter foco automático para permitir chegar mais perto e registrar mais detalhes. O desfoque é feito via software e apresenta poucas falhas, mas acaba desativando o HDR e deixa as fotos mais escuras.

Noturno



A frontal também acaba desativando o HDR quando o modo retrato é usado e isso pode resultar em fotos com fundo estourado. No geral, a qualidade é boa em selfies diurnas e apenas decente à noite. A câmera frontal sofre com bastante ruídos em locais com pouca luz e o modo retrato só piora a situação; então é bom ficar próximo de uma boa fonte de luz.

Selfies



A filmadora é capaz de gravar até 8K a 30 fps com a câmera principal, mas se quiser ter a melhor estabilização e fluidez é melhor reduzir a resolução para 4K, sendo também possível gravar nesta resolução com a ultra-wide. O foco é ágil, apesar de não ser dos mais rápidos, e a qualidade dos vídeos está dentro do esperado. A frontal grava em Full HD e não sofre tanto à noite, enquanto a captura de som estéreo tem boa qualidade e lida bem com os ruídos de vento.

Software

O ROG 5s foi lançado com Android 11 e atualmente está com a versão 12 do robozinho. No momento em que analisamos o aparelho, ele estava com o pacote de segurança dois meses atrasado. A Asus não é das mais ágeis em atualizações de software, então não espere pelo Android 13 nele tão cedo.

O software é bastante recheado de recursos e traz diversas opções de customização da interface. Por padrão, ela vem com tema escuro que ajuda a economizar energia e combina com os efeitos luminosos quando o Modo X é ativado.

Há várias opções de customização para gestos, gatilhos, captura de tela e controle de consumo da bateria. O menu lateral Game Genie traz atalhos para bloquear notificações, travar o brilho de tela, controlar a taxa de Hz, configurar os gatilhos e muito mais. Esse menu surge sempre que você abre um jogo e pode configurar quais informações serão exibidas.

Por fim, temos o Armoury Crate, a suíte onde fica toda a parte gamer do ROG. É aqui onde você encontra a biblioteca com todos os seus jogos instalados. Cada game é exibido em forma de card e aqui você terá um perfil para cada um para configurar a velocidade da tela, sensibilidade do toque e qualidade gráfica dos jogos.

Rivais

Quais alternativas temos ao ROG Phone no mercado atualmente?

O Poco F4 GT não chega a ser um celular gamer com tantos recursos como o da Asus. Ele seria um meio termo para quem busca um celular com foco em jogos, mas não tão exótico. Ele também possui gatilhos dedicados para aprimorar a jogatina; neste caso são físicos e não ultrassônicos, mas fazem o mesmo efeito. Sua tela é de apenas 120 Hz, enquanto o desempenho é superior e a bateria dura menos. Em câmeras ele acaba perdendo para o da Asus em fotos e vídeos.

Não é preciso investir em celular gamer para ter uma tela com alta taxa de atualização. O Edge 30 Pro também traz painel de 144 Hz e tem hardware mais atual e potente que entrega desempenho superior aos modelos citados. Sua bateria dura menos do que a do ROG, mas assim como o da Xiaomi também recarrega mais rápido. O Edge 30 Pro pode não ter gatilhos para jogos ou outros extras bacanas, mas compensa com melhores câmeras.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Ótima tela AMOLED 144 Hz
  • Som potente com graves intensos
  • Gatilhos fazem diferença nos jogos
  • Bateria dura bem

Pontos fracos

  • Celular grandalhão não é para todos
  • Desempenho no multitarefas poderia ser melhor
  • Tempo de recarga inferior ao ROG Phone 5
  • Suporte a atualizações de software
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O custo-benefício do ROG Phone 5s era ruim no lançamento, mas agora em 2023 é um ótimo negócio

Embalagem e características

Embalagem caprichada traz capinha, mas faltou fone de ouvido

Comodidade

É um celular grande e escorregadio, mas pelo menos vem com capinha

Facilidade de uso

Interface é cheia de extras para jogos e pode exigir um certo tempo para aprender a usar tudo

Multimídia

Tela AMOLED de qualidade e som estéreo potente garantem ótima experiência multimídia

Votação Geral

O ROG Phone 5s seria uma versão turbinada no ROG tradicional, mas foi mais lento em nosso teste de velocidade e perde em bateria

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Asus ROG Phone 5s