» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
Aviso de preço Inscreva-se para saber
quando este aparelho
estiver disponível.

Redmi K40 Gaming

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

A Xiaomi lançou há alguns meses o K40 Gaming, o seu celular gamer mais acessível que serve como uma alternativa mais barata ao Black Shark. Ele não tem um design tão caprichado quanto outros modelos do segmento como o ROG Phone da Asus ou o Legion da Lenovo, mas foca apenas em entregar ótima experiência em jogos com conjunto bem equilibrado. Será uma boa aposta? Vamos descobrir.

Acessórios

O K40 Gaming vem em embalagem preta com detalhes em prata. Internamente há detalhes em amarelo que combinam com os acessórios do aparelho. Você recebe junto com o celular os seguintes acessórios:

  • Carregador de 67W
  • Cabo USB-C com ponta em forma de L
  • Chavinha da gaveta do SIM card
  • Capinha de silicone transparente
  • Manual do usuário
Design e conectividade

De cara, o K40 Gaming lembra outros celulares da Xiaomi. Ele é praticamente um Poco F3 modificado com apelo mais gamer. O conjunto de câmeras na traseira é parecido, mas neste temos um aro de metal com gravuras que fazem alusão à alta velocidade de processamento e ao poder de refrigeração do aparelho.

Além disso, há dois LEDs RGB que ficam escondidos discretamente ao redor das duas câmeras maiores. Eles acendem quando uma notificação é recebida e também servem para informar sobre a recarga da bateria. Não é nada elaborado como temos em outros celulares gamer, mas já é um diferencial que os modelos mais tradicionais da Xiaomi não possuem. O flash também ganhou destaque e tem o formato de um raio.

Enquanto o Redmi 40 tem corpo de plástico, a versão Gaming traz aro de metal com acabamento fosco que não apenas passa mais robustez como também ajuda na pegada. A traseira tem acabamento fosco com pequenas linhas nas bordas para melhorar a aderência e evitar que o celular escorregue quando suas mãos começarem a suar durante longas jogatinas.

O K40 Gaming foi lançado no mercado chinês em três opções de cores: as duas mais tradicionais são a branca e a preta que trazem o nome “Fighting” gravado no meio da traseira. Há também uma versão em amarelo em homenagem ao lutador Bruce Lee e vem gravado “rei do king fu”. Em todas as versões temos frente com bordas finas e entalhe em furo centralizado.

Nas laterais se destacam os gatilhos retráteis que lembram os do Black Shark 4. Há duas teclas para travar estes gatilhos e evitar toques acidentais. Do lado direito ainda temos o botão de energia com leitor biométrico integrado que funciona bem. Na lateral esquerda há a tecla de controle de volume e um microfone; no topo há outro microfone, uma saída de som e o emissor de infravermelho; na parte inferior temos entrada USB-C, segundo alto-falante, gaveta dupla do SIM card e mais um microfone.

O K40 Gaming vem com certificação IP53 para resistência a respingos e poeira, como é padrão nos modelos mais avançados da Xiaomi atualmente. Na parte de conectividade há Wi-Fi 6, Bluetooth 5.2, NFC e 5G.

Tela e som

Celulares gamer já trazem tela de 144 Hz e até mesmo alguns modelos mais tradicionais como o Edge 20 apostam em painel com essa velocidade. Aqui entra o primeiro fator de corte para reduzir o preço do K40 Gaming, ele tem tela de apenas 120 Hz, mas seu sensor de toque responde a 460 Hz para reduzir a latência ao jogar.

Sua tela de 6,67 polegadas com painel OLED e resolução Full HD+ garante brilho forte para boa visibilidade em qualquer situação. Há suporte a HDR10+ para extrair cores mais vibrantes de vídeos compatíveis em serviços de streaming. No geral, é uma boa tela para vídeos e jogos, apesar de não empolgar na fidelidade de cores.

Há dois alto-falantes certificados pela JBL para garantir uma experiência sonora superior aos demais celulares da linha Redmi. É bom lembrar que este não é o primeiro celular da Xiaomi com este tipo de alto-falante e já vimos o Poco X3 GT também com áudio da JBL.

A potência sonora é boa com áudio bem equilibrado entre graves, médios e agudos, sem apresentar distorção quando no máximo. O K40 Gaming não possui entrada para fones de ouvido e nem vem com adaptador na caixa.

Desempenho

Equipando o K40 Gaming temos a plataforma Dimensity 1200 da Mediatek aliada a 8 GB de RAM. Em nosso teste de velocidade tivemos ótimo resultado com o celular gamer da Xiaomi sendo ágil na abertura e carregamento de apps e jogos, além de conseguir mantê-los abertos em segundo plano.


Ele conseguiu ser mais rápido que o Poco F3, equipado com Snapdragon 870 e plataforma que rivaliza com a Dimensity 1200, mas em benchmarks acaba perdendo. No AnTuTu ficamos abaixo de 600 mil pontos, que é o mínimo esperado para um aparelho avançado com a promessa de muito poder de processamento.

Jogos são o ponto forte do K40 Gaming e isso é a obrigação dele. Todos que testamos entregam ótima fluidez mesmo em jogos mais exigentes como Call of Duty e PUBG na qualidade gráfica máxima com filtros ativados. Jogos que não apresentam trava rodam a 120 fps e o sistema avançado de dissipação térmica com resfriamento líquido por câmara de vapor garante que o celular não esquente ao passar horas jogando.

Bateria

O K40 Gaming tem bateria de 5.065 mAh e ela é capaz de entregar ótima autonomia. Em nosso teste padronizado até ficou abaixo do ROG Phone 5, mas o rival da Asus tem 1.000 mAh extras. Ele chega a superar o Poco F3 com bateria do mesmo tamanho, o que mostra que a Xiaomi não pecou na otimização do K40 e nem o hardware da Mediatek comprometeu a autonomia.


Ele vem com um carregador diferenciado na cor amarela e que possui conector no formato de ‘L’. É realmente algo diferente do que estamos acostumados a ver e talvez tenha esse propósito para ser usado enquanto você joga e não atrapalhe na jogatina.


O carregador tem potência máxima de 67W e demora apenas 45 minutos para encher totalmente a bateria. Com uma carga rápida de 15 minutos temos 40% recuperados e com 30 minutos na tomada temos 84% da bateria para usar.

Câmeras

O conjunto fotográfico do K40 Gaming é formado por três câmeras: a principal com sensor de 64 MP, a secundária de 8 MP com lente ultra-wide e uma terceira dedicada para macros com 5 MP. A frontal tem sensor de 16 MP.

Celulares voltados para jogos nunca surpreendem em câmera e o K40 Gaming segue esse caminho, apesar de não fazer feio. A principal registra boas fotos em locais bem iluminados capturando cores vibrantes e com tom de branco próximo do ideal.

Principal | Ultra-wide



A ultra-wide permite capturar mais dos cenários, mas o campo de visão é mais limitado do que aparelhos mais avançados. Pelo menos a perda na nitidez é sutil ao fotografar de dia e o equilíbrio entre tom de branco e cores segue o mesmo da câmera principal, exceto ao fotografar ao entardecer que o HDR mostra suas limitações e temos fotos mais azuladas.

Macro



Desfoque



A macro até captura boas fotos, mas a distância focal poderia ser menor para permitir chegar mais perto e registrar pequenos detalhes. Não há uma câmera de desfoque, então o efeito precisa ser feito via software. Ele apresenta falhas em cenários muito complexos com vegetação densa, mas pode funcionar bem com pessoas.

Noturno



O K40 Gaming registra fotos decentes à noite. As imagens não saem muito escuras e ele não sofre com ruídos. Você pode usar o flash para salvar os cantos mais escuros de onde for fotografar, já que o modo noturno é limitado. A ultra-wide sofre mais para lidar com pontos de luz e apresenta pontos estourados na foto, também por culpa do HDR limitado.

Selfies



A frontal registra boas selfies e tem efeito retrato mais convincente que o da câmera traseira. Em locais mais escuros é bom ficar próximo de alguma fonte de luz para evitar texturas de má qualidade e fotos muito granuladas.

A filmadora grava em 4K com a principal e Full HD com a ultra-wide e frontal. Há estabilização eletrônica que reduz bem os tremidos com a câmera traseira e a mais ampla. O foco é rápido, apesar de não ser dos mais ágeis. A captura de som é limpa e lida bem com os ruídos do ambiente.

Software

O software tem de especial apenas o Game Space, uma espécie de suíte para jogos que é ativada quando você ativa os gatilhos na lateral. Nela você tem acesso aos jogos instalados no celular e fica mais focado na jogatina transformando o K40 Gaming em um console de bolso.

Os gatilhos são diferentes do ROG Phone que usa tecnologia ultrassônica. Neste temos gatilhos físicos que agem como botões tradicionais e passam a sensação de clique convencional como são acionados. Eles possuem baixa latência e ajudam bastante na jogatina em games compatíveis, como o PUBG.

De resto, são os mesmos recursos presentes em outros celulares da linha Redmi com a MIUI 12.5. O Android é o 11 e deve ser atualizado em breve para a versão 12.

Rivais

Ficou claro que o K40 Gaming não chega a ser um celular gamer muito apelativo e isso já era esperado diante do seu foco em ser um celular acessível voltado para jogos. Ele é capaz de superar o ROG Phone 5? O da Asus é um pouco mais potente, tem design mais caprichado, tela superior, som mais poderoso e sua bateria dura mais. Em câmera temos uma boa disputa entre os dois. A vantagem do K40 é o seu preço que sai muito mais em conta ao ser importado.

A Lenovo é outra que investe neste segmento e o Legion Phone Duel é até hoje o celular Android mais rápido que passou pelo TudoCelular. Ele é mais ágil que o K40 Gaming e tem suíte de jogos mais completa com apelo visual mais gamer. Por outro lado, ele perde em bateria, tempo de recarga e câmeras.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes:

  • Bela tela AMOLED de 120 Hz
  • Som estéreo potente e equilibrado
  • Ótima autonomia de bateria
  • Rápido tempo de recarga
  • Boa câmera para fotos

Pontos fracos:

  • Extras para jogos são limitados
  • Câmera ultra-wide poderia ser melhor
  • Filmadora decepciona em locais escuros
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O K40 Gaming tem um custo-benefício interessante e sai mais em conta que rivais

Embalagem e características

Embalagem diferenciada traz acessórios coloridos e capinha de proteção; só faltou um adaptador para fone de ouvido

Comodidade

É um celular grande, mas não tão escorregadio; a capinha ajuda a protegê-lo

Facilidade de uso

É a mesma MIUI presente em outros da linha, com o extra da interface para jogos

Multimídia

Bela tela OLED com brilho forte e som estéreo potente garantem boa experiência multimídia

Votação Geral

O K40 Gaming é um bom celular gaming avançado com preço acessível

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Redmi K40 Gaming

Aviso de preço
Deixe-nos o seu e-mail e iremos notificá-lo quando este produto estará disponível online