» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
1.119

Samsung Galaxy A30

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

Estamos aqui com o Galaxy A30, mais um intermediário simples da Samsung. Recentemente conferimos o A10 e A20, e ambos nos decepcionaram. Será que o A30 vai ser diferente? Abaixo você tem todos os detalhes em nossa análise completa.

Também vamos comparar com o M30, que é mais uma opção da Samsung na faixa de 1.200 reais e que, querendo ou não, acaba competindo com o A30.

Acessórios

A embalagem do Galaxy A30 é idêntica a dos demais modelos da linha M, o que muda é só a ilustração do aparelho na tampa. Além do celular, você receberá:

  • Carregador de 10W sem suporte a carregamento acelerado
  • Cabo USB no padrão C
  • Chavinha para abrir gaveta dos cartões SIM e microSD
  • Fone de ouvido básico
  • Guia do usuário

O A30 nacional não vem com capinha ou película de proteção na caixa. Por ser um celular simples já era esperado que os acessórios fossem apenas o essencial.

Design e construção

Ao olhar para esse intermediário da sul-coreana é impossível não sentir uma sensação de déja vu. Seu design é idêntico ao do A20 e ambos estão disponíveis nesse tom de cinza escuro que Samsung chama de preto. O que muda são as outras opções de cores: o A30 pode ser encontrado em azul e branco, enquanto o A20 tem tom mais escuro de azul e a opção em vermelho.

Comparado ao M30, a primeira diferença que você perceberá é que este tem uma câmera a menos na traseira. A qualidade de construção é a mesma: temos um celular todo feito de plástico com acabamento brilhante e que risca com facilidade. Faltou uma capinha protetora aqui no conjunto.

Ele é um celular grande com tela 6,4 polegadas. Suas bordas são finas graças à adoção de entalhe na parte superior. O leitor biométrico fica na traseira e pode ser desconfortável de usar por alguns por estar em posição muito alta, mas quando você acerta o dedo no local correto, a leitura da sua digital acontece de forma rápida.

Tela e som

A parte frontal do aparelho é quase inteiramente tomada por uma tela Super AMOLED, que entrega bom nível de brilho, cores vibrantes e ângulo de visão superior ao de rivais com tela LCD.

A qualidade é muito próxima à do M30 e supera modelos mais baratos da Samsung que trazem painel LCD simples. Uma vantagem desse modelo é que a calibração de cores está mais próxima do ideal e temos branco menos azulado.

Já a parte sonora não temos uma evolução esperada; é praticamente o mesmo som mono estridente do A20. Ao colocar no máximo os agudos são forçados para dar a impressão de maior potência sonora, mas os detalhes do áudio são sacrificados.

O fone que vem com ele é o mesmo dos modelos mais baratos. Fica claro que este é um ponto de economia na nova linha de celulares da Samsung e a qualidade sonora é fraca para um produto que chegou ao mercado em 2019.

Desempenho e jogos

Outro ponto que o A30 e M30 têm em comum é o hardware. Os dois trazem a plataforma Exynos 7904 com processador octa-core e 4 GB de RAM. E como esperado, o desempenho é praticamente o mesmo entre os dois. Comparado ao A20, esse aqui é muito mais rápido.

Os 4 GB de RAM são bem usados e você pode manter vários aplicativos abertos ao mesmo tempo. Em benchmarks, os resultados ficam dentro do esperado com pontuações próximas aos demais modelos da Samsung.

Em jogos o desempenho não chega a ser exemplar. A maioria dos títulos rodará sem engasgos no A30, mas notamos que em alguns jogos, como Asphalt 9, falta um pouco de fluidez comparado a outros na mesma faixa de preço.


Usamos a ferramenta Gamebench para medir o desempenho em jogos populares:

  • Asphalt 8: 30 fps
  • Asphalt 9: 23 fps
  • Injustice 2: 40 fps
  • Modern Combat 5: 59 fps
  • PUBG Mobile: 26 fps
  • Subway Surfers: 60 fps
  • Vainglory: 46 fps
Câmeras

Assim como os modelos mais baratos, o A30 também traz lente ultra-wide como câmera secundária, e diferente do M30, este não tem sensor de profundidade.

A câmera principal registra boas fotos em locais com forte iluminação, mas tende a exagerar na exposição e algumas vezes resulta em imagens muito claras.

Esse é o tipo de problema que não vemos com a ultra-wide. Além de registrar mais dos cenários, ainda há um melhor controle de luz. O lado ruim fica para fotos em ambiente interno ou à noite, que resulta em imagens mais escuras.

Para tirar fotos em cenários mal iluminados recomendamos sempre usar a câmera principal, que até captura imagens granuladas, mas dentro do aceitável para a categoria.

Câmera principal - Câmera secundária


Modo normal - modo retrato


O software tende a identificar os cenários para otimizar os ajustes. Notamos apenas uma pequena diferença ao fotografar flores, que apresentaram cores um pouco mais saturadas.

A câmera frontal registra boas fotos quando a iluminação está ao seu favor e aqui supera o M30 em nível de detalhes e qualidade das texturas.

O mesmo vale para o foco dinâmico que consegue separar bem você do plano de fundo e o resultado é um bom efeito retrato que não fica limitado apenas com pessoas.

A filmadora grava em Full HD tanto com a câmera traseira quanto com a frontal. A qualidade de gravação é decente e o áudio é mais limpo que os demais smartphones básicos da Samsung.

O foco é um pouco lerdo, mas o A30 controla bem a exposição mesmo quando há uma luz forte de fundo.

Bateria

Os seus 4.000 mAh rendem bem e você tem carga suficiente para passar o dia fora de casa sem se preocupar com o carregador. Em uso moderado é até possível sobrar um pouco de bateria para o dia seguinte.

Se você é viciado em jogar no celular, o A30 consegue entregar de 5 a 6 horas de jogatina antes de implorar por uma tomada.

Resumo dos nossos testes com o Galaxy A30:

  • Foram necessárias 17 horas e 54 minutos para o dispositivo desligar.
  • A tela permaneceu ligada por 8 horas e 59 minutos.
  • Realizamos 12 ciclos completos de testes, incluindo:
    • 72 minutos de navegação no Chrome;
    • 360 minutos de WhatsApp, Spotify, PowerAmp, MX Player e YouTube (72 minutos cada);
    • 72 minutos de jogos (Pokémon Go, Subway Surfers, Candy Crush, Injustice, Modern Combat 5 e Asphalt 8);
    • 72 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps (24 minutos cada);
    • 48 minutos de chamadas de voz via 3G/4G;
  • O app que mais consumiu foi o YouTube;
  • O app que menos consumiu foi o Modern Combat 5;
  • A temperatura ficou entre 23° e 31°C
  • O consumo em standby ficou em 1% por hora

Ele não passa tanto tempo na tomada como vimos em outros smartphones baratos que testamos recentemente. Para ir de 0 a 100% você precisa esperar menos de 2 horas.

Software

Diferente do M30 que veio ainda com o Android Oreo e versão antiga da interface da Samsung, esse já conta com o Pie assim que sai da caixa. A One UI também é outro ponto positivo por facilitar o uso do aparelho com apenas uma mão.

Os recursos são os mesmos presentes em outros smartphones da Samsung com a One UI. Temos o modo escuro que torna mais agradável usar o aparelho à noite e também reconhecimento fácil caso não curta o leitor de digitais do A30.

O diferencial deste modelo fica no suporte a TV digital em alta resolução. Com ele você pode assistir seus programas favoritos em qualquer lugar.

Rivais

E contra os seus rivais, o A30 é uma boa opção? Se velocidade é o mais importante para você em um smartphone, há alternativas mais rápidas nessa faixa de 1.200 reais, como o Moto G7 Plus ou Redmi Note 7.

No entanto, em bateria, ele supera os modelos da Motorola e Xiaomi que citamos, mas não é o melhor da Samsung quando o assunto é autonomia. O M30 tem 1.000 mAh a mais de bateria e consegue passar dois dias tranquilamente longe de tomadas.

Se você está em dúvida entre os dois modelos da Samsung vamos resumir de forma simples: valoriza mais desempenho e bateria? Vá de M30. Agora se câmera é mais importante para você, então escolha o A30 que não fica atrás do que o G7 Plus e Redmi Note 7 entregam em fotos e vídeos.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Bela tela Super AMOLED
  • Desempenho com vários apps
  • Boas fotos de dia
  • Bateria dura dia todo

Pontos fracos

  • Qualidade sonora e fone de ouvido
  • Câmera decepciona à noite
  • Desempenho em jogos
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O Galaxy A30 rivaliza com seu irmão M30. O primeiro tem melhor câmera, enquanto o segundo é mais rápido e sua bateria dura mais.

Embalagem e características

Modelo nacional não acompanha capa de proteção como é visto em alguns países.

Comodidade

O Galaxy A30 é um celular grande, como os demais recentes lançamentos da Samsung, mas a One UI facilita o uso com apenas uma mão.

Facilidade de uso

One UI pode não ter fluidez impecável, mas tem vários recursos úteis que não encontramos no Android padrão.

Multimídia

Tela Super AMOLED entrega boa imagem, mas som poderia ser melhor.

Votação Geral

O Galaxy A30 é um celular bacana, mas há opções mais interessantes na mesma faixa de preço.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy A30