» Anuncie » Envie uma dica Ei, voc um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
5.035

Samsung Galaxy S20 Ultra

Review
Custo - benefcio
Embalagem e caractersticas
Comodidade
Facilidade de uso
Multimdia
Votao Geral

No ano passado a Samsung apostou em uma versão mais básica para completar o seu trio de flagships. Em 2020, a coreana deixou de lado o aparelho mais fraco e decidiu apostar em um ainda mais poderoso que a variante Plus. Esta é a proposta do Galaxy S20 Ultra, um celular ainda mais top de linha. O seu grande destaque está na câmera de 108 MP aliada a um poderoso zoom de 100X. Mas será que este é seu único diferencial ou o Ultra entrega uma experiência melhor no geral? É isso que você confere nesta análise completa do TudoCelular.com.

Acessrios

O Galaxy S20 Ultra vem em embalagem tradicional e incluiu uma quantia generosa de acessórios:

  • Carregador de 25W com suporte a carregamento acelerado
  • Cabo no padrão USB-C nas duas pontas
  • Fone de ouvido da AKG com conexão USB-C
  • Ponteiras para o fone em tamanhos diferentes
  • Manuais do usuário
  • Chavinha para abrir gaveta do cartão SIM
  • Película de proteção já aplicada na tela
  • Capinha de silicone transparente
Design e construo

Se tem algo que chama a atenção no Ultra é o seu tamanho. Ele é ainda maior que o Galaxy Note 10 Plus. Tanto espaço foi necessário para incorporar o seu avançado conjunto de câmeras, que fica abrigado em um bloco enorme. E sem falar que este é o primeiro flagship da Samsung com imensa bateria de 5.000 milliamperes hora.

Junte a isso um smartphone com corpo de metal e traseira de vidro e terá um aparelho não apenas grande, mas também pesado. De frente ele é idêntico aos demais da linha, com um furo no centro para a câmera de selfies. Já a traseira veio apenas em uma opção de cor aqui no Brasil. Curte celular colorido? Então o S20 Ultra não é para você.

Usá-lo com apenas uma mão é algo complicado, e por ter traseira de vidro é preciso ter cuidado. Pelo menos a Samsung envia junto com o aparelho uma capinha de silicone, além de uma película já aplicada na tela.

Assim como os demais, o Ultra não tem entrada para fones de ouvido, mas traz slot para microSD, proteção contra água e carregamento sem fio. O leitor biométrico fica na própria tela e funciona igual aos modelos mais baratos. É um pouco lento, então precisa ter paciência no início até pegar o jeito.

Tela e som

A tela Dynamic AMOLED chega à sua segunda geração com brilho mais forte que o da linha anterior e também superando por pouco os mais baratos. A reprodução de cores é ótima, com tons bastante vívidos. Se você busca uma calibração perfeita, pode ficar um pouco decepcionado. Mesmo que mude para o perfil Natural nas configurações, não terá uma reprodução de cores tão perfeita quanto no S20.

A verdade é que muitos nem devem se incomodar com isso, dando mais atenção ao painel de 120 Hz que possibilita maior fluidez do sistema e também com jogos. Claro que o consumo de bateria será maior.

Outro ponto que também decepciona um pouco é que os alto-falantes do Ultra são inferiores aos modelos mais baratos. Não apenas na potência sonora, mas o perfil de áudio escolhido pela Samsung exagera muito nos graves e carece de boa reprodução dos agudos. O resultado é um som mais abafado. Já com o fone de ouvido da AKG a qualidade sonora é similar aos demais da linha.

Desempenho

O S20 Ultra nacional veio com Exynos 990, pois é, nada de Snapdragon 865 para o Brasil. Decepcionado? Não te culpamos. Em nossos testes com o S20 e S20 Plus vimos desempenho inferior ao da linha Note 10, e o mesmo se repete com o S20 Ultra. Pelo menos a diferença foi menor desta vez, deixando-o colado ao Note 10 Plus com apenas 1s de diferença em nosso teste de velocidade em multitarefas.

Tudo bem que ele supera todos os modelos da linha Galaxy S10, mas era esperado que este novo hardware da Samsung superasse o antigo do ano passado. Parte da culpa também está na One UI que carece de melhor gerenciamento de RAM. Afinal, é um smartphone com até 16 GB de memória que poderia usar de forma mais eficiente o sistema de cache da Samsung para agilizar o carregamento dos aplicativos mais usados.


Nos benchmarks ele é o que consegue a pontuação mais alta. Como isso é possível? O S20 Ultra é maior, o que garante mais espaço interno para o calor se dissipar, possibilitando manter a CPU em velocidade alta por mais tempo e assim alcançar números maiores no AnTuTu, por exemplo. Mas é claro que nada nos impede de imaginar que a Samsung poderia apenas limitar o desempenho bruto dos modelos menores para favorecer o mais caro.

E jogos, ter tela de 120 Hz realmente faz diferença? Até faz, mas não vá esperando que todos os games para Android vão rodar suaves a 120 fps. Além da falta de compatibilidade com muitos títulos, a GPU do Exynos é mais fraca que a do Snapdragon e isso também será um fator limitante aqui. De qualquer forma o S20 Ultra é um bom aparelho para jogar, ainda mais com sua tela gigante.

Cmera

S20 e S20 Plus possuem o mesmo conjunto de câmeras, mas o Ultra é diferente. A principal tem sensor de 108 MP com tecnologia Nonacell que comprime nove pixels em um só para entregar fotos com muito mais nitidez. As demais câmeras também são diferentes. Isso quer dizer que o Ultra entrega qualidade fotográfica superior? Bem, deveria.

A câmera do S20 Ultra registra boas fotos, mas peca em nitidez comparado aos demais modelos da linha S20. Como isso é possível? Parte da culpa pode estar no processador de imagens do Exynos 990, que não tem poder suficiente para lidar com um sensor de 108 MP.

Por outro lado, as texturas no Ultra são melhores devido à resolução muito mais alta. Isso fica evidente quando você amplia uma foto e consegue ver mais detalhes do que está distante. Já em termos de captura de cores, contraste e saturação, não há muita diferença do que os demais da linha registram.

Porém temos o mesmo problema do HDR ineficiente aqui. Em fotos tiradas com forte iluminação de fundo, o S20 Ultra sofre para balancear o brilho e temos fotos mais escuras que nos antigos flagships da marca. Pelo menos a tecnologia Nonacell ajuda a reduzir os ruídos, deixando as imagens mais limpas.

Principal | Ultra-wide


S20 Ultra | Note 10 Plus


O grande destaque do S20 Ultra é o zoom de 100x, muito além do S20 com zoom máximo de 30x. Com isso é possível registrar fotos de algo que está muito distante, mas a qualidade não é lá essas coisas. As fotos saem com ruídos, texturas de baixa qualidade e cores artificiais. Parece que você tem uma pintura a óleo e não uma foto tirada por um celular que custa tão caro.

Se você se limitar ao zoom híbrido de apenas 10x ou mesmo abusar do zoom digital até 30x terá melhores fotos que no S20 e S20 Plus. Já para macro, o Ultra chega a decepcionar. No lançamento ele sofria muito com foco ao fotografar de perto, mas uma atualização recente corrigiu isso. No entanto, já vimos resultados melhores em macro com celulares mais baratos.

A câmera ultra-wide do Ultra é idêntica aos demais e assim entrega mesma qualidade de fotos. A diferença não é grande comparado à câmera principal, e vale a pena ter uma lente mais ampla para pegar mais dos cenários. Já o sensor ToF não faz muita diferença e às vezes apresenta erros no recorte entre os planos da imagem.

S20 Ultra | S20


Fotos noturnas apresentam o mesmo comportamento: há menos ruídos, porém com nitidez inferior. O modo noturno também apresenta resultado similar aos mais baratos da linha, e isso já era esperado já que o software de câmera é o mesmo.

O destaque fica para a frontal com resolução quatro vezes superior, o que garante maior nitidez nas selfies e bem menos ruídos. À noite temos resultados ainda melhores no Ultra, que apresenta cores mais balanceadas e melhores selfies no geral.

A filmadora do Ultra grava em 8K a no máximo 24 fps. Se não faz questão de uma resolução tão alta, recomendamos deixar em 4K a 60 fps, que além de maior fluidez, tem estabilidade mais eficiente. O foco no Ultra é tão ágil quanto nos demais, mas ele grava com qualidade superior. Há menos granulado nos vídeos, especialmente à noite. A diferença fica ainda mais evidente ao filmar com a frontal. A captura de som também é ótima.

Bateria

Finalmente um flagship da Samsung com bateria generosa. Ter 5.000 mAh é suficiente para dois dias de uso sem recarregar? Infelizmente, estamos longe disso. O hardware é potente, mas consome muita energia, acompanhado da gigante tela AMOLED. Tudo isso tem seu preço cobrado na autonomia, e a falta de otimização da One UI só complica tudo.


O S20 menor é o que entrega a melhor autonomia dos três, mas a diferença é pouca para os demais. Do mais caro para o mais barato você ganha apenas uma hora a mais de bateria, mas ainda assim suficiente para um dia de uso sem se preocupar.


A diferença fica no tempo de recarga. Todos vêm com o mesmo carregador de 25W, mas o Ultra é o que passa menos tempo na tomada. Como isso é possível? Mais uma vez podemos supor que a Samsung favoreceu o mais caro. Ele leva menos de uma hora para recarregar, enquanto o Plus demora quase 15 minutos a mais com 500 mAh a menos.

Software

Se o Ultra promete uma experiência ainda mais completa que o S20 Plus, isso não se aplica no software. Você terá exatamente os mesmos recursos presentes nos modelos mais baratos, incluindo o painel Edge, DeX para transformar o celular em uma espécie de desktop, o Google Duo integrado ao discador e o Quick Share para envio rápido de arquivos entre dispositivos, dentre outros.

Boa parte disso será compartilhada com modelos mais antigos da marca que serão atualizados para a One UI 2.1. Mas no geral, é basicamente o que já tínhamos com a linha S10, ainda mais agora com a atualização para o Android 10.

Rivais

Agora fica aquela pergunta: vale pagar mais no Ultra ou é melhor economizar e comprar algum outro modelo da linha S20? A câmera de 108 MP não faz tanta diferença e o zoom de 100x é superestimado. Para quem é fã de selfies, realmente terá fotos melhores com o Ultra, mas se vale a pena pagar mais nele só por isso, aí é complicado responder positivamente. Tudo bem, a bateria dura um pouco mais e é o que entrega o melhor desempenho dos três, mas seu custo-benefício está muito longe do ideal.

O iPhone 11 Pro Max custa bem menos e é um celular mais rápido com bateria ainda melhor. Ele também tira ótima fotos, só não tem um zoom de longo alcance.

Pela metade do preço você já encontra o Galaxy Note 10 Plus. Ele tem desempenho similar, mas com bateria inferior. Os dois brigam em qualidade fotográfica, com o HDR sendo mais eficiente no modelo mais antigo. Já a filmadora é melhor no S20 Ultra.

E se o que te chamou a atenção foi a tela de 120hz que torna os jogos mais intensos, há o ROG Phone 2 da ASUS que entrega uma experiência gamer muito melhor e custando muito menos.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Bela tela AMOLED de 120 Hz
  • Bom desempenho
  • Recarrega rápido

Pontos fracos

  • Grande e pesado
  • Câmera de 108 MP não surpreende
  • Zoom de 100x tem baixa qualidade
  • Desempenho abaixo do Note 10 Plus
  • Bateria poderia durar mais
Avaliao final do Tudocelular
Custo - benefcio

Preo salgado torna a compra complicada, ainda mais quando o S10 Plus e Note 10 Plus so mais negcio.

Embalagem e caractersticas

Embalagem vem completa com fone de ouvido, capinha de silicone e pelcula para tela.

Comodidade

Celular grande e de vidro no uma boa combinao para quem desastrado.

Facilidade de uso

One UI bastante modificada, mas tem interface intuitiva e que facilita o uso com apenas uma mo.

Multimdia

Tela grande, brilho alto, excelente qualidade e som potente fazem do S20 Ultra timo para filmes e sries.

Votao Geral

No geral ele um bom celular, mas poderia ter desempenho e bateria melhores.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy S20 Ultra