» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
7.198

Samsung Galaxy Note 20 Ultra

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

E aqui temos ele: o mais poderoso smartphone lançado pela Samsung em 2020. O Galaxy Note 20 Ultra é o sucessor do Note 10 Plus e tenta conquistar o espaço que deveria ser do S20 Ultra. Ele chegou mais caro com a promessa de ser ainda mais premium do que antes. Será que vale os R$ 8 mil que a Samsung pediu nele no lançamento? Vamos conferir.

Acessórios

O Galaxy Note 20 Ultra vem em embalagem tradicional e incluiu uma quantia generosa de acessórios:

  • Carregador de 25W com suporte a carregamento acelerado
  • Cabo no padrão USB-C nas duas pontas
  • Fone de ouvido da AKG com conexão USB-C
  • Ponteiras para o fone em tamanhos diferentes
  • Manuais do usuário
  • Chavinha para abrir gaveta do cartão SIM
  • Película de proteção já aplicada na tela
Design e construção

Na geração passada tivemos dois modelos na linha Galaxy Note que eram quase idênticos, com a diferença apenas do tamanho. Nesta geração a Samsung foi mais radical e o Note 20 é muito inferior ao Note 20 Ultra. A começar pelo design e qualidade de construção. Este mais caro tem bordas curvas e acabamento de metal com vidro, enquanto o mais barato tem frente plana e traseira de plástico.

O Galaxy Note 20 Ultra é o primeiro a estrear a sétima geração do Gorilla Glass, também conhecido como Victus. Ele é muito mais resistente que o Gorilla Glass 6 e consegue resistir a mais quedas antes de quebrar. O modelo na cor cobre tem traseira com acabamento fosco, enquanto o preto e o branco têm finalização brilhante que acumula mais marca de dedos.

O novo phablet coreano está ainda maior e pesado devido ao aumento de tela e bateria. O design de câmeras segue o bloco saltado da linha S20, porém não chega a ser algo tão estranho como no S20 Ultra. É possível perceber vários refinamentos no design que deixam claro que o Note 20 Ultra é realmente mais premium que o Note 20 tradicional.

Tela e som

E isso também se aplica à tela. O Ultra vem com painel superior com 120 Hz e mais pixels. Ele tem uma das melhores telas que já vimos com brilho muito alto, excelente reprodução de cores e ângulo de visão amplo. Há suporte a HDR10+ que funciona muito bem com YouTube e serviços de streaming.

Sua tela de 120 Hz possui a mesma limitação da linha S20, ou seja, apenas é possível ter 120 fps na resolução Full HD. A diferença é que o Note 20 Ultra consegue alterar automaticamente a taxa de Hz de acordo com o conteúdo exibido. Quando você está visualizando uma foto a tela será atualizada apenas 10 vezes por segundo. Quando lê um texto ela sobe para 30 atualizações por segundo, chegando a 60 Hz em vídeos e 120 Hz em jogos. Isso ajuda a economizar bateria.

Há som estéreo como esperado de um celular top da Samsung. O alto-falante de chamadas serve como canal secundário e tem potência sonora um pouco inferior à saída de som ao lado da porta USB. O volume máximo não chega a superar o Note 10 Plus ou a linha S20, mas entrega som mais balanceado com agudos menos estridentes e graves mais presentes. O fone de ouvido incluído no pacote é o já conhecido modelo da AKG no padrão USB-C, entregando qualidade suficiente para quem não é um audiófilo muito exigente.

Desempenho

Se você ficou decepcionado com o S20 Ultra nacional por vir com Exynos 990, então pode esquecer o Note 20 Ultra. Temos o mesmo hardware de antes, e como esperado, o desempenho é similar tanto em nosso teste de velocidade padrão que mede o multitarefas como também em benchmarks.


Em jogos temos ótimo desempenho em qualquer título. Testamos desde títulos de corrida como Asphalt 9 e Mario Kart, até jogos de luta e tiro, como Mortal Kombat e Call of Duty. No PUBG foi possível jogar por muito tempo na qualidade máxima, incluído gráficos no modo cinema, sem notar aquecimento exagerado ou queda de fps, um avanço muito positivo quando comparamos com o S20 Ultra que possui a mesma plataforma e esquenta bem mais. A tela de 120 Hz do Note 20 Ultra permite que alguns jogos rodem a 120 fps, mas são poucos os títulos compatíveis.

Câmeras

O Galaxy Note 20 Ultra herda a câmera de 108 MP do S20 Ultra e também comprime nove pixels em um para resultar em fotos de 12 MP. Assim como no modelo anterior fica claro que não vale a pena usar a resolução máxima, você apenas ocupará mais espaço na memória a troco de alguns detalhes extras que só perceberá ao ampliar as fotos.

Quando o S20 Ultra foi lançado ele não entregava uma qualidade digna de sua poderosa câmera, mas depois de várias atualizações melhorou bastante. O Note 20 Ultra chega com software mais redondo e entrega mesma qualidade já ao sair da caixa. De dia terá fotos ricas em detalhes e cores saturadas.

12 MP | 108 MP



A maioria prefere assim com grama verde que parece neon e flores vermelhas que parecem sangrar. Comparado ao iPhone 11 Pro Max vemos a grande diferença na saturação. Vai a gosto de cada um já que os celulares da Apple adoram dar um tom amarelado às fotos.

Principal | Ultrawide



Zoom



Um ponto que a Samsung manda bem é na câmera ultra-wide que entrega brilho, contraste e cores próximos da câmera principal e mostra uma diferença bastante superior comparado ao iPhone, especialmente à noite. Já em cenários mais escuros o modelo da Maçã ainda se sai melhor com a principal. Mas se compararmos com o S20 Ultra vemos que a Samsung fez algumas melhorias.

A teleobjetiva tem zoom óptico de 5x e híbrido de 50x. Se você não abusar tanto do zoom terá imagens mais nítidas com o Note 20 Ultra, mas se pretende ir mais longe o S20 Ultra ainda é melhor nisso.

Selfie | Retrato



A frontal pode não ter os mesmos 40 MP do S20 Ultra, mas registra selfies com a mesma qualidade de dia e até melhores à noite. A Samsung ainda segue com sua mania de suavizar a pele para esconder imperfeições e nesse processo perdemos detalhes do rosto e cabelos que vemos em selfies tiradas com o iPhone.

Note 20 Ultra | S20 Ultra




Note 20 Ultra | iPhone 11 Pro Max




A filmadora grava em 8K a no máximo 24 fps, porém é melhor filmar em 4K. Você não apenas tem uma imagem mais fluida como a estabilização funciona melhor. Vale destacar que você possui a opção de gravar com efeito retrato tanto na frontal como na traseira, com direito a ajustar a profundidade e até mesmo aplicar alguns filtros artísticos. A frontal registra vídeos mais claros à noite em troca de mais ruídos. A captura de áudio é bastante limpa e superior aos rivais, lembrando que é possível escolher o foco do microfone para registrar melhor o áudio de acordo com o que se está filmando.

No geral, a câmera do Note 20 Ultra manda bem em fotos e vídeos, tem qualidade similar à do S20 Ultra e não traz um avanço significativo ao que já tínhamos com o Note 10 Plus.

Bateria

A bateria do Note 20 Ultra cresceu para dar conta da tela maior e seus 120 Hz, conseguindo dar conta do recado em nosso teste padronizado simulando uso real. Fizemos no modo adaptativo, que é o modo ativo por padrão, conseguindo durar 1h a menos que o antecessor. Se você for usar no modo 60 Hz terá autonomia igual ou até mesmo superior, isso significa o suficiente para um dia inteiro se não exigir demais do aparelho.


Pelo visto o ajuste automático da taxa de atualização funciona como deveria. Mas é claro que esperamos um gerenciamento ainda melhor em atualizações futuras, já que rivais como o OnePlus 8 Pro provaram que é possível ter ótima autonomia, mesmo com tela de 120 Hz.


Outro ponto positivo é o carregamento rápido, que exige menos de 1h para ir de 0 a 100%. Com 15 minutos na tomada terá um terço da bateria recuperada, passando de 60% com meia hora de carga.

Software

O Note 20 Ultra sai da caixa com Android 10 e One UI 2.5. Esta versão também vem sendo liberada para outros tops da Samsung. A coreana promete três grandes atualizações do sistema, o que garante updates até 2023 para o Android 13. É claro que aqui estão presentes todos os recursos já conhecidos da interface da coreana, tais como Tela Edge, Modo Noturno e etc.

A S Pen está mais ágil do que antes graças à latência que foi reduzida para apenas 9ms. E sim, ela funciona melhor do que a canetinha que acompanha o Note 20 tradicional. Diversas melhorias foram feitas nos apps nativos para interação com a S Pen, como o Samsung Notes que agora permite exportar suas anotações como PDF ou arquivos do PowerPoint. Também há sincronização entre dispositivos incluindo até PCs com Windows 10.

O suporte a gestos foi ampliado para que você consiga fazer cada vez mais com o Galaxy Note sem precisar tocar a tela do aparelho. O poder de escrita foi ampliado e o Note 20 Ultra é capaz de entender garranchos e converter em texto legível.


O Samsung Dex também foi aprimorado e agora não precisa mais de um PC com Windows para funcionar. Você pode conectar seu Galaxy Note a uma TV com suporte a Miracast e ter a experiência desktop direto da sua sala via Wi-Fi. O serviço fica ainda melhor em TVs recentes da Samsung com suporte ao Smart View. Com direito até a transformar o celular em um console, com a ajuda de um controle conectado via bluetooth é possível aproveitar alguns jogos como Asphalt 9, sentado no sofá usando o Note 20 Ultra como mouse enquanto joga na telona.

Nesse ponto ficou um gostinho de quero mais, já que o Xbox Game Streaming anunciado como um dos destaques dos novos celulares Samsung ainda não chegou ao Brasil para permitir jogar os mais de 100 títulos disponíveis no Xbox Game Pass direto da nuvem na sua mão. Vamos torcer para a Microsoft mudar esse quadro o quanto antes.

Rivais

O Note 20 Ultra chega ao Brasil bem mais caro que o Note 10 Plus, especialmente quando comparamos com o preço atual encontrado no modelo mais antigo. O problema é que o novo não é tão superior ao antecessor. O Note 20 Ultra tem desempenho geral um pouco melhor e entregou autonomia um pouco menor, claro que é preciso considerar a tela levemente maior e a taxa de atualização superior. A câmera é muito boa, mas nada que compense a diferença de preço.

Escolher o Note 20 Ultra ou o S20 Ultra? O mais recente tem tela melhor e os extras da S Pen, mas sua bateria dura um pouco menos. Como os dois entregam experiência similar em desempenho e câmera, compre o mais barato, especialmente se você não se importa com a canetinha.

A Samsung consegue superar o iPhone de 2019? O 11 Pro Max ainda é o celular mais rápido que testamos em multitarefas e tem bateria muito melhor do que o Note 20 Ultra. Em câmera ele é melhor em uns pontos e pior em outros, mas podemos dizer que ficam no mesmo nível. Resta saber se a chegada do iPhone 12, em breve, deixará a situação complicada para o lado da coreana.

E se você é do tipo que usa o celular mais para jogar, apesar do bom conjunto da Samsung, nossa recomendação ainda segue com o ROG Phone 2 da Asus, que mesmo com o Snapdragon 855 Plus de geração passada, ainda consegue oferecer um ótimo pacote para os gamers de plantão.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Acabamento premium e vidro resistente
  • Excelente Tela Dynamic AMOLED de 120 Hz
  • Ótimo desempenho
  • Câmeras de qualidade
  • Extras interessantes

Pontos fracos

  • Celular grandalhão e pesado não é para todos
  • Poucos jogos tiram proveito dos 120 Hz
  • Bateria poderia durar mais pelo tamanho
  • Preço salgado
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

Preço salgado torna a compra complicada, mas parece que essa será a nova realidade dos modelos ultra premium

Embalagem e características

Embalagem vem completa com fone de ouvido, capinha de silicone e película para tela

Comodidade

Celular grande e de vidro não é uma boa combinação para quem é desastrado

Facilidade de uso

One UI é bastante modificada, mas tem interface intuitiva e tem suporte a vários gestos com a S Pen

Multimídia

Tela grande, brilho alto, excelente qualidade e som potente fazem do Note 20 Ultra ótimo para filmes e séries

Votação Geral

No geral ele é um bom celular, mas poderia ter desempenho e bateria melhores pelo alto preço a se pagar

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy Note 20 Ultra