» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
1.248

Samsung Galaxy M23

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

O Galaxy M23 foi lançado no Brasil ainda no início de 2022 juntamente com o Galaxy M53 e traz mais uma opção acessível da Samsung para quem está em busca de celular 5G. Entre os detalhes do aparelho temos tela de 120 Hz, boa quantidade de memória e câmera de 50 MP para garantir uma boa experiência sem precisar pagar muito. Será que o Galaxy M23 vale a pena? Vamos conferir.

Acessórios

O Galaxy M23 vem em embalagem tradicional na cor branca com a imagem do aparelho estampada na parte frontal. Além do celular, você recebe os seguinte acessórios:

  • Carregador de 15W de potência
  • Cabo USB no padrão C
  • Guia do usuário
  • Chavinha da gaveta do SIM card
Design e conectividade

O Galaxy M23 é um celular maior do que o seu antecessor; a Samsung decidiu aumentar a tela enquanto manteve a largura das bordas de antes. A espessura não teve mudança, enquanto o peso aumentou por mais que a bateria tenha a mesma capacidade da geração passada.

Em termos de design não temos novidades na parte frontal. O entalhe no topo ainda é do tipo gota. A borda inferior tem o dobro da espessura das demais. A traseira, por outro lado, foi repaginada e agora tem visual de aparelho mais moderno. O bloco de câmeras está retangular e próximo do que é visto nos modelos mais caros da marca, mas acabou perdendo uma das câmeras.

O Galaxy M23 pode ser encontrado nas cores azul, verde e cobre no mercado nacional. Em todas temos um celular com acabamento em plástico liso com pintura metálica. As laterais também são de plástico com visual que imita metal. Há curvatura suave de todos os lados para tornar a pegada confortável.

O leitor biométrico fica em boa posição na lateral direita. Ele reconhece a digital rapidamente e apresenta poucas falhas. Do mesmo lado ainda temos a tecla de controle do volume, enquanto do lado oposto há gaveta que acomoda dois chips e um microSD ao mesmo tempo, sendo possível usar cartões de até 1 TB.

Há entrada para fones de ouvido na parte inferior, assim como conexão USB-C, o microfone de chamadas e o único alto-falante do aparelho. No topo do Galaxy M23 temos apenas um segundo microfone para permitir a captura de áudio estéreo nas filmagens.

Em conectividade temos Wi-Fi AC para redes em 5 GHz, Bluetooth 5.0, NFC e 5G.

Tela e som

A tela apresenta algumas evoluções e retrocessos comparado ao antecessor. A Samsung trocou o painel AMOLED de 90 Hz para um LCD de 120 Hz. Essa mudança é boa por oferecer maior fluidez, mas em troca temos ângulo de visão mais limitado, contraste inferior e cores menos vibrantes do que antes.

O nível de brilho é decente e consegue entregar boa visibilidade em locais abertos, mas não diretamente sob luz forte. A resolução subiu de HD+ para Full HD+, o que garante maior nitidez com uma densidade de pixels superior.

Há apenas um alto-falante na parte inferior do Galaxy M23. O som fica limitado a áudio mono e entrega boa potência para a categoria, mas o som é desbalanceado. Quando o volume está no máximo há excesso de agudos, os graves são fracos e os médios praticamente inexistentes.

Desempenho

A Samsung trocou o Helio G80 por um Snapdragon 750G. Assim temos um processador mais veloz e GPU mais potente no novo intermediário coreano. Também houve um aumento de RAM passando para 6 GB e tudo isso ajudou bastante no multitarefas. O Galaxy M23 se mostrou ágil em nosso teste de velocidade e manteve os apps abertos em segundo plano.


Será que a troca do Helio G80 pelo Snapdragon 750G faz muita diferença em benchmarks? Em todos os testes que rodamos no novo intermediário da Samsung, vimos um salto considerável nas pontuações, seja na CPU ou GPU. No AnTuTu conseguimos alcançar o dobro de pontos.

A GPU Adreno 619 do Galaxy M23 tem força para rodar PUBG na qualidade HD com taxa de quadros no alto, além de recursos extras ativados. No Call of Duty foi possível jogar na qualidade gráfica Muito Alta, mas aqui sem ter os extras ativados, além do anti-aliasing. Jogos mais leves rodam suave neste intermediário da Samsung.

Bateria

A bateria segue com os 5.000 mAh de antes, o que teoricamente deveria garantir a mesma duração, mas como o hardware da MediaTek foi trocado pelo o da Qualcomm e a tela cresceu e a resolução subiu, a autonomia acabou sendo sacrificada.


O Galaxy M23 consegue passar o dia todo longe de tomadas. Ele se saiu muito bem em nosso teste padronizado e chegou perto das 30 horas de autonomia mesmo com alguns jogos na lista. Em uso mais leve será capaz de entregar bateria para dois dias.


O M23 tem suporte a carregador de 25W, mas assim como o seu antecessor ainda traz na caixa um modelo de 15W. O tempo de recarga segue tão demorado quanto antes e temos que esperar duas horas para ter a bateria completamente cheia. Uma carga rápida de 15 minutos recupera 15% e chega a 29% em meia hora na tomada.

Câmeras

O sensor de 48 MP foi substituído por um mais atual de 50 MP e traz lente com maior abertura focal para registrar fotos mais claras à noite. A câmera ultra-wide de 8 MP e a macro de 2 MP são as mesmas do Galaxy M22, enquanto a de desfoque de fundo foi abolida nesta geração.

O Galaxy M23 é aquele típico celular que faz bem o básico quando o assunto é fotografia. Em dias ensolarados terá boas fotos com cores não muito saturadas, contraste próximo do ideal e nitidez aceitável para o segmento.

Principal | Ultra-wide



É bom ver que ele não sofre para lidar ao fotografar no fim de tarde com o sol de fundo. O HDR consegue balancear bem as partes claras e escuras sem destruir os detalhes das sombras. Mesmo se usar o efeito de desfoque não verá o fundo das fotos estourado.

Por falar no modo retrato, por mais que a Samsung tenha removido a câmera dedicada, o Galaxy M23 faz um efeito tão bom quanto o do seu antecessor, o que mostra que ter uma câmera a mais para isso não faz diferença. A macro, por outro, é a mais fraca do conjunto e raramente consegue capturar uma imagem nítida.

Desfoque



Macro


A ultra-wide apresenta fotos com nitidez inferior, especialmente nas bordas onde vemos borrões acentuados. A diferença na qualidade para a câmera principal fica ainda maior em fotos noturnas. Aliás, o Galaxy M23 até possui um modo especial para fotografar à noite, apesar de gerar melhores resultados com a câmera principal.

Noturno



A câmera frontal teve a resolução reduzida de 13 para 8 MP, enquanto manteve a abertura focal de antes. Como isso impacta na qualidade das selfies? O Galaxy M23 consegue registrar boas fotos em dias ensolarados e acerta no desfoque de fundo com pequenas falhas que passam despercebidas. Em locais escuros nota-se uma perda no contraste e as imagens ficam granuladas, mas não a ponto de arruinar as fotos.

Selfies



A filmadora evoluiu com a troca do hardware e do sensor principal e agora é capaz de gravar vídeos na resolução 4K a 30 fps, pelo menos em filmagens diurnas, já que em locais escuros há uma pequena queda na fluidez. A qualidade dos vídeos fica próximo ao que é visto nas fotos, mas não espere por boa estabilização na resolução máxima. O foco é ágil e a captura de som em estéreo apresenta boa qualidade.

A câmera frontal continua limitada a Full HD diante do novo sensor ser ainda mais simples. É possível capturar bons vídeos em locais claros, porém à noite terá filmagens com muitos ruídos.

Software

O Galaxy M23 vem com Android 12 modificado pela One UI 4.1. No momento em que testamos o intermediário coreano, ele estava com pacote de segurança três meses atrasados. É bom lembrar que ele faz parte da lista de celulares da Samsung que serão atualizados para a One UI 5.0 baseada no Android 13.

O sistema apresenta boa fluidez e vem por padrão com o RAM Plus configurado para 4 GB, o que acaba roubando essa quantidade do armazenamento para aprimorar o multitarefas. É possível reduzir para 2 GB ou aumentar para 6 GB.

Há a Tela Edge, aquele clássico menu lateral com atalhos para os aplicativos mais usados. Também é possível configurar para abrir rapidamente a câmera quando se pressiona duas vezes o botão de energia. A tela vem por padrão no modo adaptável que regula a velocidade a depender da necessidade, mas é possível travar em 60 Hz para economia de bateria.

Rivais

Quais alternativas de celulares 5G temos na mesma faixa de preço atualmente?

Talvez o primeiro que venha à nossa mente seja o Moto G62. Ele é equipado com Snapdragon 480 Plus, apesar de também garantir conectividade da nova geração, não entrega o mesmo desempenho do Galaxy M23. Ele também fica um pouco abaixo em bateria e autonomia, enquanto em multimídia fica empatado em tela, mas se destaca em som por ter áudio estéreo. O intermediário da Motorola possui boas câmeras e se destaca em locais escuros, enquanto ao fotografar de dia temos pequena vantagem para o Galaxy.

A Samsung tem o Galaxy A23 com preço próximo ao do M23 e isso pode gerar dúvidas na hora da compra. O que muda entre eles? O modelo da linha A não traz conectividade 5G devido ao seu Snapdragon 680. Ele foi mais lento em nosso teste de velocidade focado no multitarefas, mas entrega a mesma autonomia de bateria. Temos qualidade fotográfica similar entre os dois, com o A23 se destacando por ter uma câmera dedicada para macros.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes:

  • Tela de 120 Hz
  • Ótima autonomia de bateria
  • Boas câmeras
  • Bom custo-benefício em celular 5G

Pontos fracos:

  • Câmera macro quase inútil
  • Som mono desequilibrado
  • Tempo de recarga
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O Galaxy M23 entrega bom custo-benefício para o segmento de celulares 5G

Embalagem e características

Embalagem traz apenas o essencial, sem fone de ouvido ou capinha

Comodidade

O Galaxy M23 é um celular grande e escorregadio; não vem com capinha na caixa

Facilidade de uso

Ele vem com One UI completa e apresenta boa fluidez

Multimídia

A tela de 120 Hz garante alta fluidez, mas poderia ter brilho mais forte e melhores cores; o som é mono e desbalanceado

Votação Geral

O Galaxy M23 é um bom celular 5G que entrega desempenho na média e bateria para o dia todo

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy M23