LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

GPT-4o vs Projeto Astra: veja diferenças entre soluções de IA da OpenAI e Google | Detetive TC

14 de maio de 2024 0

No começo desta semana, a OpenAI anunciou o seu novo GPT-4o como versão aprimorada da IA generativa. Para responder a esse avanço, o Google apresentou o futuro do modelo Gemini, juntamente com um assistente de Inteligência Artificial, que recebeu o nome de Projeto Astra.

Afinal, o que cada um tem de características principais? Como as ferramentas se diferenciam entre si? O Detetive TudoCelular foi atrás das informações e explica a você nesta coluna.

Interação por vídeo

Uma das principais novidades em cada um dos recursos recém-lançados, está a possibilidade de interação por meio de vídeo. Em outras palavras, você abre a câmera do seu celular, para dar uma nova fonte de dados ao assistente.

No entanto, há suas diferenças. De acordo com o site Fortune, neste primeiro momento, o GPT-4o apenas é capaz de processar imagens estáticas. Ou seja, é como se ele fizesse “capturas de tela” no que é exibido na câmera para realizar a compreensão.

Por sua vez, o Astra consegue lidar com o movimento em si do vídeo. Ou seja, eventuais variações em tempo real são processadas para um entendimento fluido do que é registrado pela câmera do seu celular.

A companhia de Mountain View deu alguns detalhes para fazer essa tarefa, por meio de codificação contínua de frames de vídeo, ao combinar a entrada da filmagem e a fala em uma espécie de linha do tempo de eventos, com armazenamento das informações em cache.

Menos latência

Como, em ambos os casos, a iniciativa tem um foco na implantação de um assistente virtual com as capacidades de IA generativa, é necessário pensar em uma agilidade para o funcionamento desse tipo de ferramenta.

Tanto OpenAI quanto Google destacaram o baixo tempo de resposta durante as interações com o GPT-4o e o Astra, respectivamente. Em outras palavras, a intenção é manter uma conversa o mais fluida possível com a IA, a fim de deixar a utilização mais informal.

Até o momento, ainda não detalhes suficientes para saber qual é o tempo de latência de cada um nem qual deles se mostra o mais rápido da dupla na hora de fornecer respostas em tempo real. Algo que apenas o tempo dirá.

Casos de uso

Um dos pontos importantes está na lista de tipos de uso que cada uma destas IAs generativas tem capacidade de fazer. No caso da OpenAI, as utilizações neste primeiro momento são mais voltadas ao entretenimento e educação.

O GPT-4o demonstrou, nos vídeos já divulgados pela sua desenvolvedora, ações que vão desde ser o “narrador” de jogo de pedra-papel-e-tesoura, até ensinamentos de matemática e intérprete universal.

Por sua vez, o Google, com o Projeto Astra, quer mudar a visão dos assistentes de voz para a função de “agentes”. Ou seja, ferramentas que poderão executar tarefas pelos usuários, como realizar compras online de mercado, fazer reservas de viagem e outras funções proativas.

No entanto, não há qualquer informação até o momento se a empresa pretende substituir o seu atual Google Assistente pelo Projeto Astra baseado no Gemini para o futuro, ou se o plano está em manter os dois serviços separadamente.

Por sua vez, já existe a informação de que a OpenAI tem planos para aprimorar a sua IA generativa com uma ferramenta de pesquisa, algo que poderá levar a solução dela a competir com o Google em outra frente: na Busca.

Disponibilidade

A OpenAI anunciou o GPT-4o com disponibilidade imediata nos recursos de texto e áudio aos assinantes dos planos ChatGPT Plus ou ChatGPT Team. A intenção é levá-lo no futuro também ao acesso gratuito, contudo com limitações na quantidade de interações possíveis – como já ocorre com o GPT-4.

Do outro lado, o Google ainda não tem uma data específica divulgada para disponibilizar as funções do Astra aos seus usuários. A intenção é integrar as novas funcionalidades ainda este ano, também com prioridade para os clientes pagantes, mas de maneira incerta até o momento sobre por onde os consumidores terão acesso.

Qual é a sua avaliação sobre as diferenças entre o GPT-4o e o Projeto Astra aprimorado com o Gemini? Há algum que atenda melhor às suas preferências? Participe conosco!


0

Comentários

GPT-4o vs Projeto Astra: veja diferenças entre soluções de IA da OpenAI e Google | Detetive TC
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos

Economia e mercado

Vídeo gravado por passageiro mostra interior de aeronave após acidente no Japão; assista