LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

E3 2019: 'Watch Dogs: Legion' te permite jogar como qualquer um na Londres futurista pós-Brexit

10 de junho de 2019 2

A conferência da Ubisoft na E3 2019 começou com o pé direito: o anúncio do seu mais novo título da série Watch Dogs, como todos já estávamos prevendo após alguns vazamentos aqui e ali. A estreia mundial não deixou a desejar e conquistou ainda mais os vários fãs da saga, que agora já contam com uma grande quantidade de material para aumentar a ansiedade até o lançamento do game!

Watch Dogs: Legion se passará na Londres futurista pós-Brexit, onde agora militares privados controlam a cidade e o Estado oprime seus cidadãos com aparatos de vigilância ainda mais poderosos do que já vimos anteriormente no primeiro e segundo título, mas a grande novidade fica para a incrível mecânica do jogo.

Em Legion não vamos controlar apenas um personagem, mas sim dezenas! Tal ideia acabou dando muitas dores de cabeça aos desenvolvedores por conta da sua enorme complexidade, e isso fica provado no trailer e nos materiais publicitários divulgados pela Ubisoft.


Londres pós-Brexit afundada em vigilância e medo

No evento, Clint Hocking, diretor criativo da Ubisoft Toronto, subiu ao palco para revelar que o jogo se passa em Londres, "uma das maiores cidades do mundo e que tem uma influência massiva em toda nossa cultura por séculos." Ele falou sobre como é difícil saber o que pode reservar para o futuro da cidade, do país e do mundo após a decisão do Brexit, e que no futuro de Watch Dogs Legion, estaremos vendo o declínio de Londres.

"O Reino Unido se tornou um estado de vigilância e a liberdade foi substituída pelo medo. Drones armados patrulham as ruas, esquadrões de deportação tiram pessoas de suas casas e o avô usa criptografia para comprar um novo rim no mercado negro. Mas os londrinos nunca se rendem."

Hocking detalhou que em Legion, a missão dos usuários é criar uma resistência popular para lutar contra o regime totalitário da nova Londres. E para isso os usuários precisarão recrutar e jogar como qualquer um.


Jogue com todos os NPCs disponíveis

A nova mecânica permite que os jogadores controlem qualquer NPC. Sim: todas as pessoas que estão no jogo poderão ser jogados por você! Para isso, será necessário recrutar mais e mais pessoas para a causa do DecSec em Londres, e é preciso perfilar potenciais candidatos e buscar as melhores características para formar o seu grupo.

"Em nosso jogo, cada um dos londrinos são completamente simulados com vida persistente e relacionamentos, e todos eles, de toda a população, podem ser recrutados para o seu time."

O jogador terá que hackear os perfis que o interessem, jogar a missão de origem e conquistá-los para a causa da Resistência, cada um deles com características únicas, diferentes perspectivas, personalidades e passado, e completamente animados e dublados de forma específica.


Todas as cinemáticas do jogo serão diferentes dependendo de quem você esteja jogando no momento. "Quer formar um grupo de espiões britânicos clássicos? Sem problema. Quer formar uma equipe de crianças da Rua Savvy? Faça. De um concelho de hipsters, a grupos de modificação corporal, afropunk ou gangsters."

E ele ainda cita as mulheres de Bletchley Park, uma antiga instalação militar secreta onde 75% dos funcionários eram mulheres e que descobriram segredos de outros países e, consequentemente, como quebrar criptografias e hackear.


Algumas pistas

Na imagem oficial liberada pela Ubisoft, que você pode conferir acima em detalhes, vemos o centro de Londres e, ao fundo, uma torre alta onde é possível ler as letras "blum" e um logo muito semelhante ao que já vimos no decorrer do segundo game da se´rie.. Isso sugere que muito provavelmente a Blue Corporation desenvolveu o ctOS também para a cidade de Londres muitos anos após o final de Watch Dogs 2 que se passou em São Francisco com o ctOS 2.0.

Nas telas de propaganda podemos ler "afiliação ao DedSec" em parte final de uma notícia e o começo de outra com "A companhia de tecnologia F", mas sem grandes pistas, podendo ser alguma nova empresa de tecnologia atuando em Londres.

Infelizmente não há indícios até o momento sobre qual é a versão do ctOS que Londres está rodando para controlar a cidade inteligente, então teremos que aguardar mais detalhes oficiais, mais trailers ou talvez o jogo completo para saber de informações um pouco mais completas.

Watch Dogs Legion: trailer de gameplay legendado

Além do trailer oficial apresentado pela empresa durante a conferência, o início do evento foi marcado por ótimos dez minutos de duração de uma gameplay que exibe mecânicas do game como o recrutamento e a mudança de personagens durante o jogo. Caso alguém morra, o usuário não poderá retornar para um checkpoint e refazer a missão. Ao invés disso, o personagem será definido como PermaDeath (morte definitva) e ficará indisponível para uso.

Watch Dogs Legion: trailer oficial legendado

Num futuro próximo, Londres está enfrentando sua queda: as pessoas estão sendo oprimidas por um estado de vigilância que tudo vê, forças armadas privadas controlam as ruas e um poderoso sindicato do crime está atacando os vulneráveis. O destino de Londres está com você e sua capacidade de recrutar uma resistência e revidar.

Watch Dogs: Legion, terceiro título da franquia, chega às lojas oficialmente no dia 6 de março de 2020 para PC e consoles das famílias PlayStation 4 e Xbox One. O game já está disponível para pré-venda em todas as plataformas e também chegará ao serviço de streaming Google Stadia.

Reações na internet

O jogo foi muito bem recebido no Twitter, e um dos detalhes da apresentação de Legion foi para a Aposentada Engenheira da Polícia, Helen Dashwood, como você pode ver nos excelentes tweets abaixo.

No tweet abaixo: "Você pode jogar como qualquer um em Watch Dogs: Legion!"
Eu durante o jogo todo:

No tweet abaixo: "tem uma sub-narrativa sutil que está em desenvolvimento na E3 onde Jon Bernthal rouba o cachorro do John Wick."

Qual foi a sua reação durante o anúncio de Watch Dogs: Legion e durante o restante da conferência da Ubisoft na E3? Comente sua opinião nos comentários e se prepare, pois muitas novidades interessantes estão previstas para chegar em 2020.


2

Comentários

E3 2019: 'Watch Dogs: Legion' te permite jogar como qualquer um na Londres futurista pós-Brexit
Android

Melhores smartphones: TOP 5 do TudoCelular para você | Junho 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular